Domínio de Sangue

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ir em baixo

Domínio de Sangue - Página 2 Empty Re: Domínio de Sangue

Mensagem por Fox em Qui Jul 04, 2019 6:17 pm

Rian

Aquele homem de meia idade e bigode volumoso sorri. De uma forma estranha era um pouco incômodo para o Gangrel conversar com alguém cuja aparência real não era aquela à sua frente. Mas ainda assim era possível "ver" o Barão por trás daquele disfarce e ele parecia satisfeito com a aceitação da proposta. Para Rian, aquilo significava sua vida, um fechamento para os traumas do passado, respostas para as perguntas que perduraram por décadas e uma garantia de segurança momentânea para ele e Claire. Coisas demais para ele recusar. Para Gutenheimer, quem sabe?

- Primeiro, devo salientar que esse acordo não se relaciona com as condições que destaquei anteriormente sobre a situação da sua irmã. Caso você queira reencontrá-la, obrigando-me a remover meu suporte, as exigências deste trato ainda se aplicam. Sendo assim, esclarecidos os termos, declaro minha cooperação em troca das condições a serem apresentadas. Que a honra de minha palavra e este aperto de mão simbolize o nosso pacto. - ele estende a mão.

- Bem, então creio que seja meu momento de contar certas coisas. Começarei pelos símbolos. Depois de minha incursão e das poucas pistas que encontrei, resolvi pesquisar pela origem dessas marcas. Não me admira você não ter encontrado nada a respeito, pois trata-se de uma língua proibida. Mesmo uma biblioteca de ocultismo seria singular entre as demais se possuísse um único tomo que citasse essa escrita. Por sorte, eu tinha acesso a uma destas. Não sei se você está a par desse tipo de conhecimento, mas é sabido entre os estudiosos do oculto que o nosso mundo não é o único que há. Alguns universos existem além do nosso plano, alguns deles um reflexo do que nós vemos aqui. Esses... lugares, se é que é correto colocar dessa forma, possuem seres que os habitam, os quais possuem cultura e comunicação própria. Essas línguas, no entanto, são denominadas proibidas por uma razão que não é apenas a restrição de seu conhecimento. A aplicação dessa linguagem requer um domínio perfeito e o poder que ela carrega pode resultar em catástrofe com um simples erro. Os membros marcados que encontrei faziam parte de um ritual simples, porém seu verdadeiro potencial é bem maior.

- Esse tipo de aplicação de conhecimento é perigosa demais para ser desprezada, portanto apresento-lhe sua parte da barganha. Darei-lhe as informações necessárias para que você possa recuperar o medalhão e todos os artefatos e informações associados a essa língua proibida, e trazê-los a mim. Imagino que com isso, você também consiga cumprir objetivos próprios e achar as respostas que procura. Caso descubra em sua empreitada que o seu Progenitor ainda está vivo e em posse do item, advogue em meu favor para que o mesmo ceda a guarda do objeto.

_________________
Conheça seus propósitos, lute suas batalhas. Arme-se e prepare-se, pois as noites de outrora são brandas comparadas às que estão para chegar.
Fox
Fox

Data de inscrição : 10/03/2010
Idade : 25
Localização : Natal - RN

Voltar ao Topo Ir em baixo

Domínio de Sangue - Página 2 Empty Re: Domínio de Sangue

Mensagem por Papa Paradise em Qua Jul 10, 2019 9:20 pm

"- Parabéns Múmia, pela sua rápida ascensão. Eu sou Yarn. Então, pra que precisa de minha ajuda?"

- Ola! Obrigado, apesar de que não tenho pressa em subir. Afinal, quanto mais alto maior a queda, não é isso que dizem?- Papa esboça um sorriso.

- É um prazer conhece-lo Yarn. O barão me enviou para que com sua ajuda, pudesse investigar algo que possa estar ocorrendo de errado com as ninhadas. Eu necessito de alguém com poderes capazes de interagir com os animais, acho que você entra ai. Posso contar com sua colaboração?

- Muito bem, então pode começar me contando tupo que sabe sobre as ninhadas. Importância, manejo, se é que existe algum, pessoas envolvidas.


_________________
Domínio de Sangue - Página 2 Eleison_bronzeDomínio de Sangue - Página 2 Madrecita_cronicaDomínio de Sangue - Página 2 Papaparadise_prata
Domínio de Sangue - Página 2 Papapa10
Rolador online: http://warleiramos.com/rolador/
Papa Paradise
Papa Paradise

Data de inscrição : 11/08/2011
Localização : São paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Domínio de Sangue - Página 2 Empty Re: Domínio de Sangue

Mensagem por Rian em Qui Jul 11, 2019 10:25 am

Rian fitava fixamente Gutenheimer e então selava o trato apertando a mão do nosferatu. A partir daquele momento eles iriam trabalhar juntos para desenrolar aquele novelo, sem saber onde tudo aquilo iria levar.
A primeira revelação do rato sobre o que ele havia descoberto levava Rian a pensar sobre duas possibilidades. Aquelas pessoas poderiam ou ser habitantes desta realidade paralela da qual o vampiro falava ou então indivíduos que estavam em busca desse “poder proibido.” De qualquer forma, depois de tudo o que o vampiro já havia visto ele não se surpreendia com a possibilidade de existência de uma realidade paralela.
Em seguida Gutenheimer expunha as partes de cada um no acordo.

“- Bem... analisando cruamente a situação Gutenheimer teria muito mais a ganhar nesse acordo. Em tese ele precisa de um cachorro que late alto e morde forte para coletar esses itens e levá-los a ele enquanto ele aguarda tranquilamente em seu seguro refúgio itens que lhe darão o que todos procuram. Poder. Mas acontece que de certa forma eu não estou me importando com o poder desses objetos. Talvez eu esteja sendo ingênuo ao ignorar o poder que esses objetos possam oferecer e entregá-los em uma bandeja ao nosferatu. Mas de fato, a segurança de minha irmã está acima disso.”

- Certo. Para mim parece bom! Não me interessa o que você fará com essas coisas. Posso dizer que eu me sinto pronto para começar. Talvez posso ir ao refúgio do Velho Andarilho, a começar por lá...
Rian
Rian

Data de inscrição : 30/09/2014
Idade : 35
Localização : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Domínio de Sangue - Página 2 Empty Re: Domínio de Sangue

Mensagem por Fox em Sab Jul 13, 2019 4:10 pm

Papa Paradise

Múmia se dirige a Yarn com sua usual cordialidade, porém era possível ver que esse Nosferatu não possuía a classe de seu Primógeno. Seu próprio visual revelava isso através dos detalhes, mas ainda assim ele demonstrava respeito para com o Samedi, afinal era alguém de posição diferenciada.

- Ahh, então é sobre isso. - ele esfrega as mãos em um movimento quase que involuntário - Claro, claro, claro. Já lidei com eles em primeira mão. Não é uma sensação muito boa quando a Habilidade que você usa há anos não funciona de uma hora pra outra.

Naquela câmara escura, Yarn caminha de um lado para o outro após ouvir o pedido de Paradise. Era como se tentasse lembrar e colocar os pensamentos em ordem ao mesmo tempo.


- É, isso está causando muito problema lá embaixo. O Novembro... err, digo, o norte dos esgotos tá quase todo tomado... Bem, antes disso as ninhadas eram controladas por grupos, levavam informações de uma zona a outra e serviam de vigias em entradas e lugares onde o acesso era mais difícil. Alguns grupos tinham tonéis de vitae pra alimentação deles, uma estratégia boa para manter a lealdade dos bichinhos sem ter que perder muito tempo. Hehehe. Só que há umas semanas atrás, algumas ninhadas deixaram de voltar pros tonéis. Zorek e os Ratos do Norte foram os primeiros a notar a falta, mas quando eles reencontraram os bichinhos o Controle já não funcionava mais. Eles tiveram que abandonar o domínio deles e se abrigar em outros lugares porque os bichinhos agora estavam agressivos. Cruel. A partir daí, outras ninhadas também começaram a fazer a mesma coisa, só que essas mais recentes ainda não reapareceram. Os ratos mais solitários ainda parecem reagir normalmente às Habilidades, mas a utilidade deles e a chance de servirem de comida por muito tempo é bem pequena.



_________________
Conheça seus propósitos, lute suas batalhas. Arme-se e prepare-se, pois as noites de outrora são brandas comparadas às que estão para chegar.
Fox
Fox

Data de inscrição : 10/03/2010
Idade : 25
Localização : Natal - RN

Voltar ao Topo Ir em baixo

Domínio de Sangue - Página 2 Empty Re: Domínio de Sangue

Mensagem por Fox em Dom Jul 14, 2019 1:40 pm

Rian

O acordo estava selado e Rian se preparava para partir em busca de sua parte da barganha. Por dentro, algo lhe dizia que ele estava se pondo em uma situação desfavorável. Talvez uma sensação de se sentir usado. Mas se as palavras de Gutenheimer eram verdadeiras, era melhor que todo aquele poder estivesse com o Nosferatu do que com um grupo nefasto com objetivos ocultos. De toda forma, não é como se o Gangrel não ganhasse nada com isso. Por anos, o desejo de vingança havia ocupado seus pensamentos e agora, enfim, ele conseguia algo concreto que relaciona-se com essa meta e quem sabe o leve mais próximo de um ponto final. O medalhão, as figuras assustadoras naquela noite na caravana, as inscrições de uma língua indecifrável, tudo parecia se conectar e quem sabe Rian torcesse para que o parecer fosse fato.

- Temo que já não haja mais nada lá que possa ser de alguma utilidade em sua busca, pois está tudo destruído. Tive que fazê-lo por precaução. No entanto há outra trilha que pode ser seguida. Ao fazer minhas pesquisas sobre a língua proibida e constatar o quão restrito era esse tipo de conhecimento, resolvi procurar pelas fontes disponíveis, afinal, se esses usuários são Mortais ou mesmo Membros, o mais sensato de se assumir é que eles teriam conseguido a informação através de uma forma convencional. A princípio não obtive frutos nessa busca, no entanto, recentemente chegaram aos meus ouvidos notícias reanimadoras. Um indivíduo recém residente das imediações de Vegas teria posses que supostamente se encaixam no nosso objeto de busca. Infelizmente não pude confirmar a total veracidade dessas informação, porém não construí minha influência acreditando em coincidências, então creio que seria sábio dar atenção a isto. O Membro em questão atende pelo nome de Abramo Giovanni e denomina-se um dos embaixadores do Clã de Veneza.

- Confesso que em minha posição, estou impossibilitado de agir abertamente em prol do nosso objetivo, no entanto ninguém suspeitará de um agente neutro. Poderei lhe fornecer auxílio, claro, até certo ponto , portanto sua abordagem deve ser bem planejada. Já possuo o endereço de um dos refúgios de Abramo e de outros empreendimentos que estão sob seu controle. Está tudo salvo nesse aparelho telefônico. O número de contato de Claire também está registrado, assim como o local de sua casa. Confio essas informações ao seu julgamento. O que mais estiver ao meu alcance, basta solicitar-me.


Gutenheimer tira do casaco um celular de design flip e põe sobre a mesa. Seu olhar é sério, pois ele sabia das implicações de tudo que envolvia esse acordo. O que havia sido proposto era perigoso: confrontar um dos Clãs mais influentes de Las Vegas. Não como um todo, pois isso seria suicídio, mas ainda assim na figura de um representante, o que podia ser igualmente inconsequente. Rian sabia que dependendo da abordagem, isso colocaria sua não-vida em cheque. Será que o risco valia a conquista?

_________________
Conheça seus propósitos, lute suas batalhas. Arme-se e prepare-se, pois as noites de outrora são brandas comparadas às que estão para chegar.
Fox
Fox

Data de inscrição : 10/03/2010
Idade : 25
Localização : Natal - RN

Voltar ao Topo Ir em baixo

Domínio de Sangue - Página 2 Empty Re: Domínio de Sangue

Mensagem por Rian em Qua Jul 17, 2019 11:35 am

- Abramo Giovanni... “Mas que droga hein! Tinha que ser justo um Giovanni!” Pensava o Gangrel após repetir o nome do Membro para si mesmo.

Rian apanha o celular sobre a mesa, pensativo. Se o nosferatu estava se colocando em uma posição de risco, ele próprio também o faria, talvez de forma até mesmo mais arriscada.
- Uma abordagem diplomática pode ser eficiente. No entanto Abramo está entre os possíveis autores do ataque ao Velho Andarilho. Se esta hipótese for um fato, ao abordá-lo diplomaticamente atrás de informações, tornar-me-ei o próximo alvo e, em desvantagem, uma vez que desconheço os poderes dos Giovannis e já não terei mais o fator surpresa caso a escala evolua para um confronto direto ou indireto.

Era como se o Gangrel estivesse pensando em voz alta.

Rian passavas mãos sobre os cabelos, enquanto estalava seu pescoço para o lado direito.

- Por outro lado, um ataque direto, bruto, com força total, pode ser eficiente, ao mesmo tempo que mina as possibilidades de colher informações e despertará a atenção de todo o clã Giovanni. Merda... Lamentava o Gangrel.
- Alguma sugestão, barão? Você tem muito mais conhecimento sobre esses misteriosos Membros do que eu. Talvez até mesmo uma pequena aula sobre eles me ajudará no melhor caminho a tomar...
Rian tenta colher qual a sugestão o nosferatu acharia mais viável antes de decidir o que fazer. De certa forma ele pensava em tomar algum preparativo antes de dirigir-se ao necromante.
Rian
Rian

Data de inscrição : 30/09/2014
Idade : 35
Localização : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Domínio de Sangue - Página 2 Empty Re: Domínio de Sangue

Mensagem por Fox em Sab Jul 20, 2019 5:44 pm

Rian

Rian decide analisar sua situação com calma. Qualquer ramo de ação que tomasse teria seus próprios desafios e consequências. O Gangrel, claro, tentava pesar o menos arriscado e com as maiores probabilidades de sucesso. Mesmo alguém seguro de si como ele sabia que havia um limite entre confiança e imprudência. Para sua sorte, ele contava com um Ancião de sabedoria singular bem à sua frente que podia auxiliar na decisão.

- Suas observações estão corretas. O Clã Giovanni é difícil de se lidar como inimigo, seja lá qual seja a abordagem. Seu poder aquisitivo lhes dá acesso a equipamento de ponta. Vigilância, armamento, equipes treinadas, tudo isso está ao alcance deles com um simples rabiscar em um talão de cheques. Além disso, eles possuem um conhecimento restrito a poucos Membros: a capacidade de se comunicarem com os mortos. A princípio não parece algo tão amedrontador, mas unindo isso à sua força bruta eles se tornam terrivelmente mortais. E se por algum motivo, você se encontrar pessoalmente com Abramo, evite olhar em seus olhos. Com um pequeno descuido, os Giovanni conseguem sobrepujar sua mente e controlar suas ações ao seu bel prazer.

O Barão Gutenheimer pondera por alguns momentos. Suas mão se cruzam, procurando uma posição confortável para a conjectura. Seus olhos aparentemente humanos fitam o vazio.

- Bem, falando objetivamente, posso compartilhar algumas observações. Abramo é um homem inflexível, sempre sai na vantagem em suas negociações. Se não agir com cuidado, em um encontro diplomático, é possível que ele descubra mais sobre você do que o inverso. Além disso, ao tentar usar essa abordagem, ele pode acabar ficando mais cuidadoso e, caso esteja envolvido diretamente com nossa investigação, vamos acabar perdendo a dianteira. Apesar de preferir algo menos arriscado para você, no qual eu poderia fornecer informações para serem usadas como moeda de troca, temo que isso nos dê baixas chances de sucesso. Por outro lado, uma abordagem direta pode ser mais proveitosa. Se tudo sair bem, pode ser que Abramo nem precise se confrontado diretamente. O local que acredito que seja seu refúgio possui o dobro de segurança dos outros locais, o que basicamente diz que há algo valioso a ser protegido. Se for possível contornar a segurança, você poderá investigar a mansão ou interrogar o próprio Abramo se necessário. Planta baixa, esquema de segurança, quantidade de pessoal envolvido, tudo isso pode ser obtido. O quanto você está disposto a arriscar? - o Barão imediatamente se retrata - Perdão caro Rian, essas últimas palavras podem parecer uma dúvida ao seu comprometimento, mas não foi essa minha intenção. Apenas quis pontuar que os ganhos parecem aumentar com os riscos, mas não se afobe. O plano de ação não precisa ser definido imediatamente, temos tempo. Posso providenciar as informações necessárias para uma decisão melhor embasada.

_________________
Conheça seus propósitos, lute suas batalhas. Arme-se e prepare-se, pois as noites de outrora são brandas comparadas às que estão para chegar.
Fox
Fox

Data de inscrição : 10/03/2010
Idade : 25
Localização : Natal - RN

Voltar ao Topo Ir em baixo

Domínio de Sangue - Página 2 Empty Re: Domínio de Sangue

Mensagem por Rian em Qui Jul 25, 2019 4:32 pm

- Suas observações estão corretas. O Clã Giovanni é difícil de se lidar como inimigo, seja lá qual seja a abordagem. Seu poder aquisitivo lhes dá acesso a equipamento de ponta. Vigilância, armamento, equipes treinadas, tudo isso está ao alcance deles com um simples rabiscar em um talão de cheques. Além disso, eles possuem um conhecimento restrito a poucos Membros: a capacidade de se comunicarem com os mortos. A princípio não parece algo tão amedrontador, mas unindo isso à sua força bruta eles se tornam terrivelmente mortais. E se por algum motivo, você se encontrar pessoalmente com Abramo, evite olhar em seus olhos. Com um pequeno descuido, os Giovanni conseguem sobrepujar sua mente e controlar suas ações ao seu bel prazer.

“Isso limita bastante as minhas opções...”
Rian ainda tinha muito o que aprender, ao menos disso ele já sabia. Sabia que havia mais coisas lá fora do que havia aprendido. Sabia que apesar de ter entrado em contato com algumas facetas do sobrenatural ainda havia muitos segredos guardados nas vestes da noite e que ignorar as possibilidades que esses segredos reservavam era flertar com a morte. Por sorte Gutenheimer poderia lhe fornecer um pequeno feixe de luz naquela imensidão de trevas que eram os segredos sombrios do mundo das trevas.

- Falar com os mortos? Quer dizer que se eu assassinar Abramo, os demais de seu clã poderão falar com ele e descobrir quem foi o autor? Além disso devo tomar cuidado com o domínio da mente em se tratando de uma conversa direta... Bem, isso eu já imaginava que poderia esperar, agora falar com os mortos é novidade para mim. De que outras maneiras ele poderia usar essa habilidade de falar com os mortos a nosso desfavor?

- Bem, falando objetivamente, posso compartilhar algumas observações. Abramo é um homem inflexível, sempre sai na vantagem em suas negociações. Se não agir com cuidado, em um encontro diplomático, é possível que ele descubra mais sobre você do que o inverso. Além disso, ao tentar usar essa abordagem, ele pode acabar ficando mais cuidadoso e, caso esteja envolvido diretamente com nossa investigação, vamos acabar perdendo a dianteira. Apesar de preferir algo menos arriscado para você, no qual eu poderia fornecer informações para serem usadas como moeda de troca, temo que isso nos dê baixas chances de sucesso. Por outro lado, uma abordagem direta pode ser mais proveitosa. Se tudo sair bem, pode ser que Abramo nem precise se confrontado diretamente. O local que acredito que seja seu refúgio possui o dobro de segurança dos outros locais, o que basicamente diz que há algo valioso a ser protegido. Se for possível contornar a segurança, você poderá investigar a mansão ou interrogar o próprio Abramo se necessário. Planta baixa, esquema de segurança, quantidade de pessoal envolvido, tudo isso pode ser obtido. O quanto você está disposto a arriscar? - o Barão imediatamente se retrata - Perdão caro Rian, essas últimas palavras podem parecer uma dúvida ao seu comprometimento, mas não foi essa minha intenção. Apenas quis pontuar que os ganhos parecem aumentar com os riscos, mas não se afobe. O plano de ação não precisa ser definido imediatamente, temos tempo. Posso providenciar as informações necessárias para uma decisão melhor embasada.

Rian reflete sobre as palavras do ancião. Infelizmente o Nosferatu parecia ter razão. Uma abordagem diplomática, embora menos arriscada, certamente seria pouco eficiente, principalmente pelo fato de que o Gangrel não era o melhor articulador do mundo. As chances dele cair nas teias do Giovani eram infinitamente maior do que a de coletar as informações que eles necessitavam.
- Caro barão, acredito que “podemos” sim passar pela segurança de Abramo.
Rian usava o verbo podemos de modo apenas a sinalizar que eles estavam no mesmo barco, embora sabia que quem estaria em campo seria o Gangrel e que esse trabalho dependeria quase que unicamente dele.
- Mas eu preciso mesmo saber tudo que o senhor sabe sobre esse poder dos Giovanis falarem com os mortos. Digamos que eu consiga passar desapercebido pela segurança... ainda assim eu poderia ser pego por esta habilidade? E haveria alguma forma de passar desapercebido por algum “morto” que ele tenha pedido para vigiar seu refúgio?
Rian
Rian

Data de inscrição : 30/09/2014
Idade : 35
Localização : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Domínio de Sangue - Página 2 Empty Re: Domínio de Sangue

Mensagem por Fox em Sab Jul 27, 2019 4:12 pm

Rian

Rian reconhecia sua ignorância. Uma atitude louvável no conceito de muitos Membros antigos, que estavam cansados de ver a prepotência dos Neófitos que acabavam sendo engolidos por seu próprio ego. O Gangrel agia de outra forma, tentava aproveitar a situação para aprender o que quer que o Barão tivesse de informação. Era uma oportunidade de ouro, além de que sua não-vida estava dependendo disso. Infelizmente, quanto mais ele absorvia, mais certeza ele tinha de a situação era extremamente desfavorável.

- Temo que sua primeira teoria seja uma possibilidade, portanto é necessário que você use algum disfarce. Há histórias sobre membros da famiglia Giovanni que os servem tanto em vida quanto em morte, no entanto não tenho certeza de como esses poderes afetam os Membros especificamente. De toda forma, é preciso prevenir-se. Eu não tenho certeza das capacidades de Abramo no ramo da Necromancia, como a maioria costuma denominar, então é possível que ele ainda não seja tão desenvolvido. No entanto precisamos assumir que existem, no mínimo, alguns pares de olhos a mais vigiando sua mansão. Essas entidades podem não ter a capacidade de interagir diretamente com o nosso mundo, mas com certeza representarão uma ameaça se lhe encontrarem. São fantasmas, então não podem ser atingidos nem vistos e esse é o maior problema, pois evitá-los é a única forma de conseguir de fato passar despercebido. Pelo pouco que sei, presumo que eles devam se concentrar onde o sistema de segurança mundano é menos efetivo, ou seja, locais mais internos. Mas isso é só uma hipótese.

O Barão para por alguns instantes, como se procurasse em sua mente uma solução para o problema. Para Rian, essa solução não existia. Pelo menos não de forma simples.

- Podemos tentar agir contra o Giovanni quando ele estiver fora de seu refúgio. Seria uma ação ainda mais direta, mas assim eliminamos os Poderes Necromânticos do tabuleiro. Porém, essa não é uma abordagem que me agrada muito. Muitos efeitos colaterais, além de ser uma aposta sem retorno direto, uma vez que teríamos Abramo e não o que estamos em busca. O risco é bem mais alto... Eu poderia estudar as inscrições que você me deu, tentar encontrar algo nos livros que nos auxilie de alguma forma, porém, com meu conhecimento limitado, lidar com a língua proibida pode ser até mais perigoso. Mas pelo menos é uma possibilidade que podemos explorar. Posso assumir os riscos disto.

_________________
Conheça seus propósitos, lute suas batalhas. Arme-se e prepare-se, pois as noites de outrora são brandas comparadas às que estão para chegar.
Fox
Fox

Data de inscrição : 10/03/2010
Idade : 25
Localização : Natal - RN

Voltar ao Topo Ir em baixo

Domínio de Sangue - Página 2 Empty Re: Domínio de Sangue

Mensagem por Rian em Dom Jul 28, 2019 1:58 pm

Rian pensava sobre o que o ancião acabara de falar. Aquelas informações seriam de vital importância para seus próximos passos. Analisando cuidadosamente ele decidia que por hora era suficiente e que era necessário iniciar logo os preparativos.

- A necromancia é mesmo uma disciplina terrível. Eu agradeço muito por compartilhar seus conhecimentos comigo, barão. O fato é que não tem como sabermos se dará certo se não tentarmos. Tentarei fazer um reconhecimento de campo, coletar informações e a partir daí decidir para onde seguir. Se o senhor obtiver progressos com a runas e eu em campo, com certeza seria um avanço e tanto.

Rian guardava o celular entregue pelo nosferatu enquanto pensativo pedia mais uma informação a Gutenheimer.
- Eu tenho um plano em mente, mas preciso antes de duas coisas. Uma quantia em dinheiro, o que puder me disponibilizar e segundo, apenas uma informação. Há em Vegas, algum cassino, banco ou empresa que guarde uma grande quantia em dinheiro e que não seja influência sua, nem dos Giovanni e nem de nenhum Membro que o senhor se importe? Pretendo fazer um "saque", se é que me entende... e não quero mais problemas com outro Giovanni. Por muito tempo vivi sem a necessidade do dinheiro. Mas foi um erro ignorar o poder que o dinheiro oferece. O dinheiro controla o mundo dos homens... Mas uma pequena quantia que o senhor puder me emprestar já será suficiente para fazer um anúncio e contratar uma maquiadora, assim poderemos dar início ao plano sem que seja necessário esperar pelo "saque"...


O Gangrel fazia uma pausa e então concluia:

Bom, de minha parte por enquanto é só. Se surgir outras dúvidas em outra oportunidade conversamos. De qualquer forma sei que é necessário discrição, especialmente ao entrar em contato com o senhor.


O vampiro por fim, com um semblante de gratidão dizia: - E obrigado por proteger minha irmã e me informar sobre possíveis interessados nela. Não esquecerei esse favor. De qualquer modo não acho justo que continue a "bancar" essa situação. Assumirei esse assunto de agora para frente.

Apesar da sinceridade, de qualquer modo que seja, Rian não deixaria sua irmã aos cuidados de outro membro, mesmo que fosse ele um aliado como o Barão. Sua irmã era sua responsabilidade e um assunto particularmente seu. Certamente o barão até esperava que Rian iria entrar em contato com ela.
Se Gutenheimer não houvesse mais nada para tratar Rian aguardaria ele sair e então desaparecia nas sombras da noite (Ofuscação 2). Seu destino ao sair dali dependeria das respostas dada pelo nosferatu.
Rian
Rian

Data de inscrição : 30/09/2014
Idade : 35
Localização : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Domínio de Sangue - Página 2 Empty Re: Domínio de Sangue

Mensagem por Fox em Qua Jul 31, 2019 8:06 pm

Rian

Rian declarava-se satisfeito com o que havia conseguido até então. Não havia dúvida de que o diálogo com Gutenheimer tinha sido proveitoso, no entanto também havia ficado claro que ainda faltava muito para eles terem um plano sólido. A partir daquele momento, os dois Membros teriam que trabalhar em prol do mesmo objetivo para obterem sucesso. A amizade antiga, o acordo selado e os mistérios do passado agora os uniam, mesmo que por tempo limitado.

- Não precisa agradecer, meu caro Rian. Afinal, o conhecimento que compartilho com você também trabalha a meu favor. Agradeço eu pela sua sinceridade e espero que as coisas estejam ao nosso favor daqui para frente. Tentarei estar disponível nas próximas noites, mas de toda forma contate-me apenas quando for necessário. Há um número registrado nesse celular. Eu não atenderei ligações, mas mande uma mensagem de voz com hora e lugar de encontro se realmente precisar de minha assistência. Eu farei o mesmo.

O Barão levanta-se e prepara-se para fazer sua saída. Sua aparência mundana lhe dá um ar de satisfeito ou confiante, difícil de definir exatamente qual dos dois.

- Bem, sua ambição é perigosa, mas dada sua atual situação creio que os riscos não sejam tão altos assim. O Riviera é um alvo em potencial que se encaixa em suas especificações. Não sei exatamente quem mantém controle dele, mas posso afirmar que não é nenhum desta lista. O lugar é um cassino hotel, passou por reformas nas últimas décadas e vem tentando se reerguer desde então. A segurança não é tão elevada, mas cautela ainda assim é necessária. Bem, quanto ao seu segundo pedido, creio que posso conseguir eu mesmo alguém que lhe proporcione um disfarce adequado, mas de toda forma, este é todo dinheiro que possuo no momento. Não costumo precisar disto.

Gutenheimer tira 200 dólares do bolso e coloca sobre a mesa. A quantia era pequena, mas pelo menos um dos requerimentos de Rian iria ser resolvido a custo zero.

- Não se preocupe com esses pormenores. Acredito que em breve você poderá retribuir os favores que lhe prestei. A propósito, este lugar ficará vago por um tempo. Use-o como refúgio se precisar, há um acesso para o porão no banheiro. Boa noite, caro Rian. Nos veremos em breve.


O Barão sai pela porta noite afora. O vento forte balança seu sobretudo e gravata, enquanto os passos se distanciam do casebre. Por ora, o Gangrel estava só. Ele toma um tempo para processar tudo que absorvera nesse curto espaço de tempo antes de fazer sua própria saída.

_________________
Conheça seus propósitos, lute suas batalhas. Arme-se e prepare-se, pois as noites de outrora são brandas comparadas às que estão para chegar.
Fox
Fox

Data de inscrição : 10/03/2010
Idade : 25
Localização : Natal - RN

Voltar ao Topo Ir em baixo

Domínio de Sangue - Página 2 Empty Re: Domínio de Sangue

Mensagem por Papa Paradise em Qua Jul 31, 2019 9:53 pm

Papa agora entende o problema. Não necessariamente a questão das ninhadas, pois o correto seria simplesmente exterminar os atuais e começar outra ninhada em um local diferente, pelo que ele sabia esses animais se multiplicam rapidamente em grande quantidade. Mas obviamente não foi para isso que ele foi enviado ali. O barão queria entender o motivo pelo qual os fatos ocorriam.

- Muito bem Yarn. Nossa missão é chegar a uma conclusão quanto ao que desencadeou tal perturbação nos animais. Primeiro quero que saiba que não existe ação sem reação, sua ajuda sera lembrada. Em seguida, assumindo que você é conhecedor do mapa local e do comportamento dos roedores, preciso que você seja meu guia. Sabemos que pode ser perigoso avançar sem um plano e sermos atacados por milhares de roedores, o que poderíamos fazer caso nos encontrássemos em uma situação como esta? Porém, acredito que devemos encontrar alguns animais confiáveis e usa-los como batedores e seguir até os locais onde o as primeiras manifestações ocorreram. Quero uma lista e também quero toda informação sobre os responsáveis pelas áreas. Talvez começar pela zona norte...Que me diz? Talvez seja mais seguro seguirmos pela superfície até a saída norte, vamos?

_________________
Domínio de Sangue - Página 2 Eleison_bronzeDomínio de Sangue - Página 2 Madrecita_cronicaDomínio de Sangue - Página 2 Papaparadise_prata
Domínio de Sangue - Página 2 Papapa10
Rolador online: http://warleiramos.com/rolador/
Papa Paradise
Papa Paradise

Data de inscrição : 11/08/2011
Localização : São paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Domínio de Sangue - Página 2 Empty Re: Domínio de Sangue

Mensagem por Rian em Qui Ago 01, 2019 9:24 am

Rian agradecia ao Barão pelo dinheiro e pelo disfarce que logo seria disponibilizado. Antes que o nosferatu se retirasse ele ainda pedia o endereço onde estava localizada a sua irmã e por fim agradecia pelo refúgio improvisado que aquele lugar poderia ser usado.

Logo depois que o Barão ia embora o Gangrel saía, fechava o lugar e desaparecia nas sombras da noite dirigindo-se ao encontro de sua irmã (ofuscação durante o trajeto). Faria uma aproximação segura e se certificaria se havia suspeitos na área antes de chegar. Seria a primeira vez em muito tempo que ele reencontraria Claire.
Rian
Rian

Data de inscrição : 30/09/2014
Idade : 35
Localização : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Domínio de Sangue - Página 2 Empty Re: Domínio de Sangue

Mensagem por Fox em Qui Ago 01, 2019 3:10 pm

Papa Paradise

A câmara escura servia de palco para o diálogo entre os dois supostos Nosferatu. Yarn, com seu visual semi punk, fornecia a Múmia as informações requeridas como um bom subordinado. O Samedi, por sua vez, deixava claro que o Rato de Esgoto seria recompensado, o que lhe tira um sorriso de dentes pontiagudos. Assim, os dois planejavam um curso de ação para resolver o problema.

- Ah guia... claro, para isso estou aqui. Bem, nem eu seria tão louco de me aventurar pelos túneis às cegas, mas por sorte sei de algumas rotas que estão seguras por enquanto. A ideia dos batedores é boa, se der certo não seremos encurralados, mas se formos, sugiro que você corra como um Toreador. Hehehehe. Err, os bichinhos tem um nariz muito bom, então sugiro que se livre de roupas chiques ou coisa parecida. Eles são treinados para farejar qualquer coisa da superfície. Tirando isso, podemos fazer um caminho mais longo, ficando perto das saídas pra superfície, caso algo dê errado.

Yarn coça a base de seu moicano loiro. Novamente, ele parece tentar recordar de algo, enquanto formula palavras, mexendo os lábios sem produzir nenhum som antes de continuar.

- Certo, certo, os cabeças... O Zorek lidera os Ratos do Norte. Era o maior grupo, com o maior território. Um pessoal bem forte, mas foram pegos de surpresa pelas ninhadas enfurecidas. Soube que um deles até encontrou seu Fim. Agora eles estão abrigados com o Dricks, numa zona próxima daqui. O Dricks não tem um grupo, prefere ficar sozinho. Ele é meio rabugento e controla uma zona mais central, pequena. Parece ter amolecido quando soube que o pessoal do norte tava sem casa e deixou eles ficarem por um tempo. Depois deles... os Quartas, é um grupo novo, pequeno e sem líder aparente. Eles ficam mais a oeste e os ratos de lá já começaram a desaparecer, só que os malucos não querem debandar. O resto dos Ratos de Vegas não gosta deles, pois falta união com o Clã. Por parte deles, claro. Um grupo assim não dura muito tempo. Certo, fora isso, tem as Crias que dividem os outros territórios livres. Eles não cuidam de nada realmente, só vagueiam por onde tem comida e nenhum cara mais forte pra encrencar. Uns são mais espertos que outros, esses ainda servem de alguma coisa pro Clã. Err, mais alguma coisa eu conto no caminho.

- E então, ruas ou esgotos? Devo dizer que não me sinto confortável com esse primeiro.

_________________
Conheça seus propósitos, lute suas batalhas. Arme-se e prepare-se, pois as noites de outrora são brandas comparadas às que estão para chegar.
Fox
Fox

Data de inscrição : 10/03/2010
Idade : 25
Localização : Natal - RN

Voltar ao Topo Ir em baixo

Domínio de Sangue - Página 2 Empty Re: Domínio de Sangue

Mensagem por HaSSaM em Dom Ago 04, 2019 6:32 pm

Sou apenas um refém
A besta o algoz.
Eu me renego,
me violento,
me sacio em sangue e trapaças.
Noites agitadas.
Me torno tão abstrato quanto um sonho distante.
Sonambulo e inquieto.
Uma nevoa na escuridão.
Esquecida
Solitaria
Quanto tempo se passou?
Valores tão miseraveis!
Perderei essa guerra
Mas eu persisto
Incansavelmente.
É perigoso,
e Eu gosto disso.

Las Vegas pulsa desenfreadamente, cambaleando noite apos noite, uma dança macabra onde apenas alguns conseguem acompanhar seus passos. Tão sedutora quanto uma meretriz enlouquecida de tesão, oferecendo todos os tipos de prazeres imagináveis com juras do impossível. Aflorando seu libido, sua ganancia, seu ego. As vezes o preço é alto demais. Você não esta disposto a pagar, e ela não da a minima para o que você quer. É no meio de suas curvas voce encontra o perigo . Silencioso. Vulgar e cruel. Tolos são devorados todos os dias na cidade do pecado. Impérios caem todas as noites, apenas porque alguém em algum lugar com um pouco mais de inteligencia do que você decidiu que seria assim, ou talvez apenas um golpe de sorte, como na situação de Jack Hunter. Key foi estupido, tentou envolver Jack num conluio particular sem tomar as devidas precauções. Tentou utiliza-lo como uma bucha de canhão sem conhecer seu verdadeiro potencial para as intrigas e jogos de poder. Fora fácil demais tomar aquela espelunca, nem chegava a se tornar um grande mérito, mas isso não impedia de Jack aproveitar sua nova aquisição. E era isso que ele fazia aquela noite. Key teve o fim que merecia. Foi justo. Ninguem poderia culpa-lo, mas mesmo assim o faziam. É um fantástico mundo de merda. Passou algum tempo correndo atrás de Muslin e James Hollond, pelo que parecia ambos estavam fazendo negócios no Exterior. Mas foi uma busca infrutífera. E lá estava novamente Jack em seu casa, seu domínio, seu território. Mas até quando ? Essa resposta envolvia muitas gente, muitos planos. Jack seguraria o máximo de tempo e levaria o máximo de desgraçados com ele antes de deixar que alguém metesse o nariz em seus negócios.

Jack perambula por entre os turistas bêbados, as prostitutas e o Jazz. O cheiro dos perfumes atiça sua já saciada fome. A sede estava sempre presente. A besta controlada, mas vigilante em busca de apenas uma brecha. Um vacilo. Um pequeno momento de fraqueza. Jack beberica seu Wisk, Apenas uma maneira de manter as aparências, o gado se sente mais confortável. Seus olhos prescrutam o local a procura de qualquer predador que estivesse em busca de mais do que apenas uma mulher atraente para passar a noite. sempre aparecia um paria, era normal. Alguns eram tolerados, outros, eram surrados no beco dos fundos apenas para se lembrarem de que não eram imortais. Uma simples lição da cadeia alimentar aos jovens. Seu olhar para em Candy, ela queria lhe contar algo, mas não havia tempo, momento mais oportunos surgiriam antes do raiar do dia. Ela segue em frente fazendo seu trabalho. Jack a saúda com o copo na mão antes de caminhar para seu escritório.

Olhos puxados, couros e silicone. A mulher ganha a atenção de Jack sem qualquer esforço.

- Se a diversão não pode ser deixada para outro momento, talvez o assunto não seja tão urgente. - Jack Sorrir. "Quando foi que 2 pares de peitões deixou de ser minha prioridade?" - Infelizmente não converso com clientes sem hora marcada. Procure a Candy, ela agendará uma reunião comigo.

_________________
A ressurreição de uma lenda.

Domínio de Sangue - Página 2 2euqvih
HaSSaM
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 27
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Domínio de Sangue - Página 2 Empty Re: Domínio de Sangue

Mensagem por Fox em Qui Ago 08, 2019 5:56 pm

Rian

Rian encontra no celular entregue a ele pelo Barão o endereço da casa onde Claire reside atualmente. Ele já esteve em Vegas em um recente passado conturbado, por isso não é difícil de imaginar onde seja o local. Ficava no limiar do centro, há alguns quilômetros de onde se encontrava agora. O Gangrel não perde tempo, tranca a pequena casa e parte com o vento noturno às suas costas.

O caminho solitário até uma parada de ônibus dá tempo para Rian pensar em como suas ações o tinham levado a esse momento. Ele ponderava sobre suas escolhas, principalmente aquelas que o levaram a algum infortúnio. Talvez sua viagem até a Europa tivesse sido um erro, deixando Claire desprotegida quando ele mesmo sabia dos perigos que permeiam o Mundo das Trevas. Além disso, ele não havia voltado de lá a mesma pessoa, carregava marcas, as quais não podiam ser chamadas de agradáveis. Tudo isso consequência de suas próprias decisões. Por outro lado, esses mesmos erros, além daqueles cometidos no passado, levaram-no a conhecer Gutenheimer e a ter uma chance de encontrar respostas para os mistérios antigos. Era uma esperança que erguia-se de uma tragédia. Agora só cabia ao Gangrel pesar entre ganhos e perdas, enquanto faz o caminho para a cidade onde essas duas palavras significam tudo.

_________________________________

Las Vegas, Nevada


À medida que o subúrbio de Henderson é deixado para trás, a noite começa a se tornar dia. Não no sentido literal, como os Cainitas tanto temem, mas de uma maneira que poucas cidades proporcionam com tanto esplendor. O céu noturno começa a ganhar vida, no momento em que luzes e holofotes passam a colorir o ambiente. Para uma criatura da noite, é comum ver as ruas limpas conforme a noite avança, no entanto a Cidade do Pecado gabava-se por fazer o oposto. Pessoas, carros, limousines, hotéis, tudo esbanja glamour, embora o Gangrel nem tivesse chegado ao centro ainda. As ruas das duas cidades mesclam-se  de uma forma que Rian mal percebe quando entra propriamente em Vegas, apenas se dá por si quando seu destino está próximo. Ele faz questão de descer algumas quadras antes, por precaução, entrando por um beco escuro logo em seguida.

Rian era um homem procurado ali. Seja Mortal ou Imortal, sua interação ou aparição devia ser cautelosamente pensada. Por esse motivo, o Dom da Ofuscação era seu aliado, talvez mais que qualquer outro no momento. Ele se envolve em sombras e oculta a sua presença de olhares alheios, percorrendo as ruas incógnito. Apesar de ser uma zona residencial, o caminho percorrido não é menos agitado. Pessoas vem e vão, desviando o foco do Gangrel conforme o cruzam. O local enfim é achado, uma espécie de conjunto residencial. Um muro cerca um pequeno grupo de apartamentos voltados para um jardim central com árvores, bancos, postes e flores. O portão que dá acesso ao local está entreaberto e ocasionalmente há movimento de moradores. Com tantos Mortais, é difícil para Rian identificar de fato algum suspeito. O local de moradia de Claire estava a poucos passos.

_________________
Conheça seus propósitos, lute suas batalhas. Arme-se e prepare-se, pois as noites de outrora são brandas comparadas às que estão para chegar.
Fox
Fox

Data de inscrição : 10/03/2010
Idade : 25
Localização : Natal - RN

Voltar ao Topo Ir em baixo

Domínio de Sangue - Página 2 Empty Re: Domínio de Sangue

Mensagem por Fox em Sab Ago 10, 2019 10:26 am

Jack Hunter

A face da mulher muda de expressão, parecendo se sentir insultada quando Jack tenta se livrar dela. Seu sorriso lascivo some, dando lugar a um olhar penetrantemente intimidador. Mesmo com a aparência frágil, não parece um blefe. As duas prostitutas não parecem ter notado a mudança do clima e permanecem fiéis ao seu trabalho.

- Como queira. Imagino que quando eu marcar o horário com essa tal de Candy esse lugar já esteja fechado. Então boa sorte.

Ela coloca de volta os braços em volta das garotas, mas continua fitando Jack como se analisasse todas suas reações.

_________________
Conheça seus propósitos, lute suas batalhas. Arme-se e prepare-se, pois as noites de outrora são brandas comparadas às que estão para chegar.
Fox
Fox

Data de inscrição : 10/03/2010
Idade : 25
Localização : Natal - RN

Voltar ao Topo Ir em baixo

Domínio de Sangue - Página 2 Empty Re: Domínio de Sangue

Mensagem por Rian em Seg Ago 12, 2019 9:46 am



Rian preferiria um lugar calmo e com ar interiorano àquela opulência e agitação de Vegas. Mas negócios são negócios e ele precisava estar ali naquela cidade. Primeiro apenas para resgatar Claire e, depois, para por um fim às chamas do passado.

A medida que ele se aproximava da residência de Claire, seu coração  morto palpitava como se quisesse bater mais forte e ele ficava excitado. Criava expectativa e sua mente conjecturava como seria o encontro entre eles tanto tempo depois sem se verem. A sua mente fazia parecer que ele ainda era um mortal, fazia ele sentir sensações como se seu coração ainda batesse e que sua boca secasse a saliva. Essa apreensão aumentava a medida que ele se aproximava.

Caminhava até a frente do apartamento da irmã. Parava. Olhava para os lados e ajeitava a sua roupa como se quisesse ficar mais bonito para ela. Dava  um sorriso sem graça e então lembrava-se das marcas em seu rosto... O sorriso se desfazia aos poucos. A realidade talvez não seria tão bela como em suas expectativas fantasiadas por sua mente. Ele não era mais o mesmo e talvez até Claire não fosse mais a mesma. "Engolia seco", pigarreava com a mão fechada na frente da boca e então batia na porta se afastando dois passos, ainda oculto nas sombras esperando para ver Claire abrindo a porta antes de se revelar.
Rian
Rian

Data de inscrição : 30/09/2014
Idade : 35
Localização : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Domínio de Sangue - Página 2 Empty Re: Domínio de Sangue

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum