Emmanuelle Cousteau - Filhas da Cacofonia - Camarilla

Ir em baixo

Emmanuelle Cousteau - Filhas da Cacofonia - Camarilla Empty Emmanuelle Cousteau - Filhas da Cacofonia - Camarilla

Mensagem por Mr.V em Seg Jul 01, 2019 10:28 pm

. Dados

Nome: Mr. V
Personagem: Emmanuelle Cousteau
Clã: Ventrue
Natureza: Visionário
Comportamento: Galante
Geração: 10°
Refúgio: Clube Noturno
Conceito: Anfitrião

Saldo de XP: 0/0

________________________________________

2. Atributos

Físicos
- Força: 1+1
- Destreza: 1+1
- Vigor: 1+1

Sociais
- Carisma: 1+2
- Manipulação:1+2
- Aparência: 1+3 (graça)

Mentais
- Percepção: 1+2
- Inteligência: 1+1
- Raciocínio: 1+2

________________________________________

3. Habilidades

Talentos
- Prontidão:
- Esportes:
- Briga:
- Esquiva:
- Empatia: 2
- Expressão: 1
- Intimidação: 2
- Liderança: 2
- Manha:
- Lábia: 2

Perícias
- Empatia c/ Animais:
- Ofícios:
- Condução: 1
- Etiqueta: 1
- Armas de Fogo:
- Armas Brancas:
- Performance: 5 (4pt bônus) Canto e Harpa
- Segurança:
- Furtividade:
- Sobrevivência:

Conhecimentos
- Acadêmicos: 3
- Computador: 1
- Finanças: 3
- Investigação:
- Direito: 1
- Linguística: 1 (Francês Natural e Inglês)
- Medicina: 1
- Ocultismo: 1
- Política: 2
- Ciências:

________________________________________

4. Vantagens

Antecedentes
- Fama: 1 (Círculo Social de milionários)
- Geração: 3
- Recursos: 5 (4pt bônus)
- Rebanho: 1 (1pt bônus) [Irmãos de uma família nobre e milionária, clientes do clube]
- Status: 1 (1pt bônus)
- Contatos: 3 (3pt bônus) [ Traficante em ascensão conhecedor do submundo de armas, padre enriquecido através de corrupção na principal catedral da cidade e secretária do promotor de polícia com acesso ao seu computador.]

Disciplinas

- Presença 3


________________________________________

5. Virtudes

Virtudes
- Consciência: 1+1
- Autocontrole: 1+2
- Coragem: 1+4

Humanidade: 5 (1 pt bônus)

Força de Vontade: 6 (1 pt bônus)

________________________________________

Qualidades e Defeitos

- Voz Encantadora (2)
- Frequentador de Elísio (1)
- Fobia (-2) (Ratos)
- Toque do Congelamento (-1)

Observações
- Idade antes do abraço: 26
- Idade atual: 100
- Data Nascimento: 14/06/1919
- Aparência: Jovem loira, de uma palidez graciosa e presença arrebatadora
- Fraqueza de Clã: Homens Ricos
________________________________________

6. Prelúdio

Emmanuelle foi em vida uma socialite dita como “a anfitriã dentre as anfitriãs”. Sua graciosidade era comparada a de uma deusa e ainda sim, tão seleta era sua aparição. Apenas os mais ricos vislumbravam todo seu esplendor e sua imensurável aptidão para o canto e harpa. Poucos privilegiados foram aqueles que a viram no palco em seu ápice. Após a morte de seu marido, Edmond Cousteau, ela diminuiu a frequência de bailes e aparições em público, até que fora dada como morta dez anos depois. A causa: Um outro “amor”.

Nascida nos campos de Champagne em 1916, Emmanuelle teve uma infância privilegiada. Seu pai era empresário, lidava com exportações de vinhos/champanhes, enquanto sua mãe negociava com mercadores nacionais. O produto deles era da melhor qualidade do país e logo caiu nas graças de milionários, políticos e infames negociadores. Todo esse patrimônio viria a ser um dia de Emmanuelle, no entanto, ela sempre teve uma queda por música e apresentações.

Durante a juventude se dedicou a inúmeras apresentações nos grandes bailes oferecidos pela família dela, mas logo sua mãe viria adoecer e falecer de uma doença incurável o que fez com que Emmanuelle, tomasse o lugar da mãe nos negócios, mesmo contra o gosto dela. Foi nesse cargo que ela desenvolveu suas habilidades em negociação, persuasão e finanças.

Com o mercado em expansão, seu pai, um homem perspicaz enviou sua filha para a universidade de Paris para estudar, mas se ele era visionário, Emmanuelle era muito mais. Ela tinha planos para se tornar uma cantora renomada, mas na época isso não era muito bem visto. Uma mulher tocando harpa no teatro, não era direito e logo ela foi expulsa de cada comitiva da cidade, até encontrar Edmond, seu futuro marido e cliente dos negócios de seu pai.

Edmond decidiu comprar uma das mais badaladas casas de shows de Paris. A mais cara delas, onde apenas um grupo restrito de celebridades se encontravam, longe do assédio do público. Foi ali, que Emmanuelle fez seu nome e se tornou uma estrela da casa. Logo seu nome soaria nas mais elegantes casas da nobreza parisiense. E ela não desapontou seu pai, se formou em finanças, estudou artes, história, aprendeu sobre política e direito com nobres, aprendeu inglês com um poeta famoso e seu status permitia lidar com questões empáticas e até manipuladoras.

Não demorou para Edmond pedir sua mão em casamento e foi uma festança no casarão da família. Logo Edmond se associou ao sogro e tomou posse da administração. Aquilo tudo era muito bom e parecia um conto de fadas, mas o homem que havia possibilitado tanta coisa a Emmanuelle, se consumia de ciúmes e passou a privá-la de algumas apresentações. Logo vieram as brigas e com as brigas, vieram um propósito.

Emmanuelle era uma jovem ambiciosa, talentosa, dotada de uma beleza inigualável e mais que tudo, ela tinha um propósito que homem nenhum a faria parar, nem seu marido e nem seu pai. Ela enxergava muito à frente do seu tempo, queria atingir o pináculo da evolução artística e em um pequeno momento revelador, ela percebeu que havia na sociedade aqueles que realmente compreendia a arte dentro da arte, e foi através dessas pessoas que ela conheceu o cainita mais carismático que ela já viu.

Ele era sedutor e confiante e com ele, Emmanuelle teve um caso que culminou na descoberta, por parte do seu marido. Naquele dia, acontecera uma tragédia. Edmond fora morto pelo amante e para Emanuelle, foi confiado um destino atormentador. Ele a transformou e a ensinou tudo que ela sabe atualmente sobre os membros.

Após semanas no clube trancada recebendo informações e alimentação, ela volta ao casarão onde residia seu pai e em uma reunião a noite, tentava convencer o velho homem a se aposentar e vender o grande conglomerado de vinícolas. Na ausência do falecido Edmond, ele era incapaz de manter a estrutura funcionando. E assim ele o fez.

Poucos anos após os últimos episódios, o pai de Emmanuelle morreu a deixando ainda mais milionária, visto que seu clube era um sucesso, inclusive entre membros, únicos privilegiados a presenciarem ao seu show particular noturno.

Atualmente dada como morta (esquema realizado entre Emmanuella e alguns contatos do seu senhor, anos depois da morte de seu pai), ela ainda vive no mesmo clube, restruturado e ampliado com o tempo sob a alcunha de Mrs. V. Na época de juventude apenas os mais ricos a conheciam bem e eles já haviam morrido, dando a possibilidade de ela se apresentar sem ser reconhecida. Sua fortuna foi capaz de comprar muitos favores na sociedade que mantiveram seu segredo e sua história apagada dos livros.

Emmanuelle continua a se apresentar divinamente para alguns seletos membros que podem pagar e para alguns milionários que chega na cidade. Não tem notícias de Varg, seu senhor, a mais de 3 décadas e isso nunca a impediu de continuar tentando sempre atingir seu objetivo.
________________________________________


Última edição por Mr.V em Ter Jul 02, 2019 4:43 pm, editado 3 vez(es)
Mr.V
Mr.V

Data de inscrição : 01/07/2019

Voltar ao Topo Ir em baixo

Emmanuelle Cousteau - Filhas da Cacofonia - Camarilla Empty Re: Emmanuelle Cousteau - Filhas da Cacofonia - Camarilla

Mensagem por Rian em Ter Jul 02, 2019 1:06 pm

Olá! Seja muito bem vindo ao fórum! A princípio, serei o avaliador da sua ficha.

- Há duas mudanças necessárias a serem feitas em sua ficha. A primeira, gostaria de pedir que fosse seguido o padrão de ficha do fórum, usando números ao invés das bolinhas, conforme no exemplo do link:

http://vampiros-a-mascara.forumeiros.com/t3474-modelo-de-criacao-de-ficha-instrutivo

- Em segundo lugar, o clã Filhas da Cacofonia é restrito para personagens com experiência de Ancilae (75exp, no mínimo). Portanto você deverá acumular pelo menos 75exp jogando com um clã aceito por fichas neófitos para jogar com Filhas da Cacofonia, caso assim desejar. Embora esta regra está dentro da descrição do referido clã, aqui mesmo no fórum, conforme ilustrei para você:

Emmanuelle Cousteau - Filhas da Cacofonia - Camarilla Filhas10

Aguardo a escolha do novo clã. Obrigado!


Rian
Rian

Data de inscrição : 30/09/2014
Idade : 35
Localização : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Emmanuelle Cousteau - Filhas da Cacofonia - Camarilla Empty Re: Emmanuelle Cousteau - Filhas da Cacofonia - Camarilla

Mensagem por Mr.V em Ter Jul 02, 2019 2:11 pm

Clã modificado e template padronizado ! Valeu.

Caro avaliador, para mim, o conceito geral e prelúdio do personagem é mais importante que o clã em si, logo peço que se este novo clã escolhido for incompatível, me sugira algum aceitável.
Mr.V
Mr.V

Data de inscrição : 01/07/2019

Voltar ao Topo Ir em baixo

Emmanuelle Cousteau - Filhas da Cacofonia - Camarilla Empty Re: Emmanuelle Cousteau - Filhas da Cacofonia - Camarilla

Mensagem por Rian em Ter Jul 02, 2019 3:58 pm

Ok, vamos lá.

- A idade total da personagem está em 103 anos. Personagens neófitos tem no máximo 100 anos. Uma pequena alteração a se fazer;

- Disciplinas: Você tem 3 pontos em disciplinas. Faça a distribuição dos pontos.

- Contatos: Deve-se explicar nitidamente a fonte do Contato (EX: um morador de rua que conhece o que acontece nelas). Não será necessário a criação de um ficha. Portanto, 3 pontos são 3 contatos que devem ser explicados.

- Rebanho: explicar quem é o grupo de mortais de quem Emmanuelle Cousteau se alimenta (em se tratando de Ventrue é importante que eles estejam dentro de sua dieta) (ex.: admiradores/ frequentadores do clube noturno);

- Fraqueza de clã: O gosto dos Ventrue é exigente a ponto da exclusividade, e cada Sangue Azul só pode se alimentar de um tipo de sangue mortal. Este tipo deve ser escolhido quando da criação do personagem. Por exemplo, um Ventrue em particular pode se alimentar exclusivamente do sangue de virgens, homens loiros, crianças nuas ou do clero;

- Coragem está com 6 pontos "(1+5)";

- Linguística: Especificar idioma nativo e o idioma adquirido. Ex.: Francês nativo e Inglês.

Feito essas correções iremos comparar prelúdio com a distribuição dos pontos.
Rian
Rian

Data de inscrição : 30/09/2014
Idade : 35
Localização : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Emmanuelle Cousteau - Filhas da Cacofonia - Camarilla Empty Re: Emmanuelle Cousteau - Filhas da Cacofonia - Camarilla

Mensagem por Mr.V em Ter Jul 02, 2019 4:44 pm

Feita as alterações solicitadas.
Mr.V
Mr.V

Data de inscrição : 01/07/2019

Voltar ao Topo Ir em baixo

Emmanuelle Cousteau - Filhas da Cacofonia - Camarilla Empty Re: Emmanuelle Cousteau - Filhas da Cacofonia - Camarilla

Mensagem por Rian em Ter Jul 02, 2019 7:04 pm

Certo. Gostaria que, desta vez, repostasse sua ficha em "responder" ao invés de "editar", adicionando informações básicas como:
-  (primário, secundário e terciário 7-5-3 para atributos e 13-9-5, primários, secundários e terciários para habilidades) para melhor visualização do narrador que for narrar para você, conforme no modelo de ficha postado no link da primeira resposta que enviei.
Rian
Rian

Data de inscrição : 30/09/2014
Idade : 35
Localização : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Emmanuelle Cousteau - Filhas da Cacofonia - Camarilla Empty Re: Emmanuelle Cousteau - Filhas da Cacofonia - Camarilla

Mensagem por Mr.V em Ter Jul 02, 2019 7:22 pm

Dados

Nome: Mr. V
Personagem: Emmanuelle Cousteau
Clã: Ventrue
Natureza: Visionário
Comportamento: Galante
Geração: 10°
Refúgio: Clube Noturno
Conceito: Anfitrião

Saldo de XP: 0/0

________________________________________

2. Atributos

Físicos (Terciário 3)
- Força: 1+1
- Destreza: 1+1
- Vigor: 1+1

Sociais  (Primário 7)
- Carisma: 1+2
- Manipulação:1+2
- Aparência: 1+3 (graça)

Mentais (Secundário 5)
- Percepção: 1+2
- Inteligência: 1+1
- Raciocínio: 1+2

________________________________________

3. Habilidades

Talentos (Secundária 9)
- Prontidão:
- Esportes:
- Briga:
- Esquiva:
- Empatia: 2
- Expressão: 1
- Intimidação: 2
- Liderança: 2
- Manha:
- Lábia: 2

Perícias (Terciária 5)
- Empatia c/ Animais:
- Ofícios:
- Condução: 1
- Etiqueta: 1
- Armas de Fogo:
- Armas Brancas:
- Performance: 5 (4pt bônus) Canto e Harpa
- Segurança:
- Furtividade:
- Sobrevivência:

Conhecimentos  (Primária 13)
- Acadêmicos: 3
- Computador: 1
- Finanças: 3
- Investigação:
- Direito: 1
- Linguística: 1 (Francês Natural e Inglês)
- Medicina: 1
- Ocultismo: 1
- Política: 2
- Ciências:

________________________________________

4. Vantagens

Antecedentes
- Fama: 1 (Círculo Social de milionários)
- Geração: 3
- Recursos: 5 (4pt bônus)
- Rebanho: 1 (1pt bônus) [Irmãos de uma família nobre e milionária, clientes do clube]
- Status: 1 (1pt bônus)
- Contatos: 3 (3pt bônus) [ Traficante em ascensão conhecedor do submundo de armas, padre enriquecido através de corrupção na principal catedral da cidade e secretária do promotor de polícia.]

Disciplinas

- Presença 3


________________________________________

5. Virtudes

Virtudes
- Consciência: 1+1
- Autocontrole: 1+2
- Coragem: 1+4

Humanidade: 5 (1 pt bônus)

Força de Vontade: 6 (1 pt bônus)

________________________________________

Qualidades e Defeitos

- Voz Encantadora (2)
- Frequentador de Elísio (1)
- Fobia (-2) (Ratos)
- Toque do Congelamento (-1)

Observações
- Idade antes do abraço: 26
- Idade atual: 100
- Data Nascimento: 14/06/1919
- Aparência: Jovem loira, de uma palidez graciosa e presença arrebatadora
- Fraqueza de Clã: Homens Ricos
________________________________________

6. Prelúdio

Emmanuelle foi em vida uma socialite dita como “a anfitriã dentre as anfitriãs”. Sua graciosidade era comparada a de uma deusa e ainda sim, tão seleta era sua aparição. Apenas os mais ricos vislumbravam todo seu esplendor e sua imensurável aptidão para o canto e harpa. Poucos privilegiados foram aqueles que a viram no palco em seu ápice. Após a morte de seu marido, Edmond Cousteau, ela diminuiu a frequência de bailes e aparições em público, até que fora dada como morta dez anos depois. A causa: Um outro “amor”.

Nascida nos campos de Champagne em 1916, Emmanuelle teve uma infância privilegiada. Seu pai era empresário, lidava com exportações de vinhos/champanhes, enquanto sua mãe negociava com mercadores nacionais. O produto deles era da melhor qualidade do país e logo caiu nas graças de milionários, políticos e infames negociadores. Todo esse patrimônio viria a ser um dia de Emmanuelle, no entanto, ela sempre teve uma queda por música e apresentações.

Durante a juventude se dedicou a inúmeras apresentações nos grandes bailes oferecidos pela família dela, mas logo sua mãe viria adoecer e falecer de uma doença incurável o que fez com que Emmanuelle, tomasse o lugar da mãe nos negócios, mesmo contra o gosto dela. Foi nesse cargo que ela desenvolveu suas habilidades em negociação, persuasão e finanças.

Com o mercado em expansão, seu pai, um homem perspicaz enviou sua filha para a universidade de Paris para estudar, mas se ele era visionário, Emmanuelle era muito mais. Ela tinha planos para se tornar uma cantora renomada, mas na época isso não era muito bem visto. Uma mulher tocando harpa no teatro, não era direito e logo ela foi expulsa de cada comitiva da cidade, até encontrar Edmond, seu futuro marido e cliente dos negócios de seu pai.

Edmond decidiu comprar uma das mais badaladas casas de shows de Paris. A mais cara delas, onde apenas um grupo restrito de celebridades se encontravam, longe do assédio do público. Foi ali, que Emmanuelle fez seu nome e se tornou uma estrela da casa. Logo seu nome soaria nas mais elegantes casas da nobreza parisiense. E ela não desapontou seu pai, se formou em finanças, estudou artes, história, aprendeu sobre política e direito com nobres, aprendeu inglês com um poeta famoso e seu status permitia lidar com questões empáticas e até manipuladoras.

Não demorou para Edmond pedir sua mão em casamento e foi uma festança no casarão da família. Logo Edmond se associou ao sogro e tomou posse da administração. Aquilo tudo era muito bom e parecia um conto de fadas, mas o homem que havia possibilitado tanta coisa a Emmanuelle, se consumia de ciúmes e passou a privá-la de algumas apresentações. Logo vieram as brigas e com as brigas, vieram um propósito.

Emmanuelle era uma jovem ambiciosa, talentosa, dotada de uma beleza inigualável e mais que tudo, ela tinha um propósito que homem nenhum a faria parar, nem seu marido e nem seu pai. Ela enxergava muito à frente do seu tempo, queria atingir o pináculo da evolução artística e em um pequeno momento revelador, ela percebeu que havia na sociedade aqueles que realmente compreendia a arte dentro da arte, e foi através dessas pessoas que ela conheceu o cainita mais carismático que ela já viu.

Ele era sedutor e confiante e com ele, Emmanuelle teve um caso que culminou na descoberta, por parte do seu marido. Naquele dia, acontecera uma tragédia. Edmond fora morto pelo amante e para Emanuelle, foi confiado um destino atormentador. Ele a transformou e a ensinou tudo que ela sabe atualmente sobre os membros.

Após semanas no clube trancada recebendo informações e alimentação, ela volta ao casarão onde residia seu pai e em uma reunião a noite, tentava convencer o velho homem a se aposentar e vender o grande conglomerado de vinícolas. Na ausência do falecido Edmond, ele era incapaz de manter a estrutura funcionando. E assim ele o fez.

Poucos anos após os últimos episódios, o pai de Emmanuelle morreu a deixando ainda mais milionária, visto que seu clube era um sucesso, inclusive entre membros, únicos privilegiados a presenciarem ao seu show particular noturno.

Atualmente dada como morta (esquema realizado entre Emmanuella e alguns contatos do seu senhor, anos depois da morte de seu pai), ela ainda vive no mesmo clube, restruturado e ampliado com o tempo sob a alcunha de Mrs. V. Na época de juventude apenas os mais ricos a conheciam bem e eles já haviam morrido, dando a possibilidade de ela se apresentar sem ser reconhecida. Sua fortuna foi capaz de comprar muitos favores na sociedade que mantiveram seu segredo e sua história apagada dos livros.

Emmanuelle continua a se apresentar divinamente para alguns seletos membros que podem pagar e para alguns milionários que chega na cidade. Não tem notícias de Varg, seu senhor, a mais de 3 décadas e isso nunca a impediu de continuar tentando sempre atingir seu objetivo.


Última edição por Mr.V em Ter Jul 02, 2019 9:38 pm, editado 1 vez(es)
Mr.V
Mr.V

Data de inscrição : 01/07/2019

Voltar ao Topo Ir em baixo

Emmanuelle Cousteau - Filhas da Cacofonia - Camarilla Empty Re: Emmanuelle Cousteau - Filhas da Cacofonia - Camarilla

Mensagem por Rian em Ter Jul 02, 2019 7:27 pm

Um último detalhe que eu havia esquecido. A descrição do contato deve se limitar apenas quem é o seu informante, sendo desncessário a informação "com acesso ao seu computador".
Rian
Rian

Data de inscrição : 30/09/2014
Idade : 35
Localização : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Emmanuelle Cousteau - Filhas da Cacofonia - Camarilla Empty Re: Emmanuelle Cousteau - Filhas da Cacofonia - Camarilla

Mensagem por Mr.V em Ter Jul 02, 2019 9:40 pm

Obrigado Rian! No aguardo do próximo avaliador.
Mr.V
Mr.V

Data de inscrição : 01/07/2019

Voltar ao Topo Ir em baixo

Emmanuelle Cousteau - Filhas da Cacofonia - Camarilla Empty Re: Emmanuelle Cousteau - Filhas da Cacofonia - Camarilla

Mensagem por Padre Judas em Qua Jul 03, 2019 10:33 pm

Boa noite! Seja bem-vindo(a) ao Fórum! Primeiramente gostaria de parabenizar pelo personagem. Dá pra notar que você tem familiaridade com o sistema e conseguiu dar personalidade à Emmanuelle. Entretanto, ainda há alguns pontinhos essenciais que precisamos ajeitar pra ficha ficar rodando legal. Sem mais delongas:

- Humanidade - Pelo seu nível de Consciência + Autocontrole e mais o gasto de 1 ponto bônus, o nível seria 6.

- Contatos - Como Emmanuelle adquiriu esses contatos? Senti falta dessa explicação no prelúdio.

Perguntas importantes:

- O Senhor de Emmanuelle é um vampiro de 9ª geração, o que por si só já denota ser um vampiro de pelo menos um ou dois séculos de idade. Não bastasse, é também um Ventrue, o que enrobustece a ideia de que seria alguém bastante criterioso ao Abraçar uma nova cria. Apesar da personagem nascer em berço de ouro e demonstrar bom traquejo social, é reforçado várias vezes que sua paixão é a arte e que não tem interesse em seguir o negócio da família. Os Ventrue costumam mergulhar em jogos de poder e se orgulham de mostrar que fizeram a escolha certa com um novo aprendiz aos outros Membros do Clã. Varg era diferente? Qual foi o motivo do Abraço da personagem? Ele viu qualidades raras em Emmanuelle? Ele se apaixonou? Eu diria que é bastante raro um vampiro antigo se apaixonar por uma mortal. Dê-nos mais detalhes.

- Nascida em 1919 (No prelúdio ainda consta 1916, por favor conserte isso) e Abraçada aos 26 anos, em 1945. A partir daí a história é retomada na atualidade, mais de 70 anos depois. Não precisa se estender muito, mas o que a personagem ficou fazendo durante todo esse tempo? Todo esse tempo trancada na casa de shows? Quais são os objetivos dela? Como ela conheceu os Contatos? Qual o motivo do Status dela na seita? Tenha em mente que esse antecedente é dado para os Membros de prestígio e esse prestígio nunca é dado, mas conquistado. Nos conte como isso aconteceu.

_________________
Emmanuelle Cousteau - Filhas da Cacofonia - Camarilla Bispo_altobello_menor
Emmanuelle Cousteau - Filhas da Cacofonia - Camarilla Roiran_ouro
Emmanuelle Cousteau - Filhas da Cacofonia - Camarilla Iluminatttttttttti
Padre Judas
Padre Judas
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 08/03/2010
Idade : 25
Localização : Brasília - DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Emmanuelle Cousteau - Filhas da Cacofonia - Camarilla Empty Re: Emmanuelle Cousteau - Filhas da Cacofonia - Camarilla

Mensagem por Mr.V em Qui Jul 04, 2019 8:37 pm

Dados

Nome: Mr. V
Personagem: Emmanuelle Cousteau
Clã: Ventrue
Natureza: Visionário
Comportamento: Galante
Geração: 10°
Refúgio: Clube Noturno
Conceito: Anfitrião

Saldo de XP: 0/0

________________________________________

2. Atributos

Físicos
- Força: 1+1
- Destreza: 1+1
- Vigor: 1+1

Sociais
- Carisma: 1+2
- Manipulação:1+2
- Aparência: 1+3 (graça)

Mentais
- Percepção: 1+2
- Inteligência: 1+1
- Raciocínio: 1+2

________________________________________

3. Habilidades

Talentos
- Prontidão:
- Esportes:
- Briga:
- Esquiva:
- Empatia: 2
- Expressão: 1
- Intimidação: 2
- Liderança: 2
- Manha:
- Lábia: 2

Perícias
- Empatia c/ Animais:
- Ofícios:
- Condução: 1
- Etiqueta: 1
- Armas de Fogo:
- Armas Brancas:
- Performance: 5 (4pt bônus) Canto e Harpa
- Segurança:
- Furtividade:
- Sobrevivência:

Conhecimentos
- Acadêmicos: 3
- Computador: 1
- Finanças: 3
- Investigação:
- Direito: 1
- Linguística: 1 (Francês Natural e Inglês)
- Medicina: 1
- Ocultismo: 1
- Política: 2
- Ciências:

________________________________________

4. Vantagens

Antecedentes
- Fama: 1 (Círculo Social de milionários)
- Geração: 3
- Recursos: 5 (4pt bônus)
- Rebanho: 1 (1pt bônus) [Irmãos de uma família nobre e milionária, clientes do clube]
- Status: 1 (1pt bônus)
- Contatos: 3 (3pt bônus) [ Traficante em ascensão conhecedor do submundo de armas, padre enriquecido através de corrupção na principal catedral da cidade e secretária do promotor de polícia com acesso ao seu computador.]

Disciplinas

- Presença 3


________________________________________

5. Virtudes

Virtudes
- Consciência: 1+1
- Autocontrole: 1+2
- Coragem: 1+4

Humanidade: 6 (1 pt bônus)

Força de Vontade: 6 (1 pt bônus)

________________________________________

Qualidades e Defeitos

- Voz Encantadora (2)
- Frequentador de Elísio (1)
- Fobia (-2) (Ratos)
- Toque do Congelamento (-1)

Observações
- Idade antes do abraço: 26
- Idade atual: 100
- Data Nascimento: 14/06/1919
- Aparência: Jovem loira, de uma palidez graciosa e presença arrebatadora
- Fraqueza de Clã: Homens Ricos
________________________________________

6. Prelúdio

Emmanuelle foi em vida uma socialite dita como “a anfitriã dentre as anfitriãs”. Sua graciosidade era comparada a de uma deusa e ainda sim, tão seleta era sua aparição. Apenas os mais ricos vislumbravam todo seu esplendor e sua imensurável aptidão para o canto e harpa. Poucos privilegiados foram aqueles que a viram no palco em seu ápice. Após a morte de seu marido, Edmond Cousteau, ela diminuiu a frequência de bailes e aparições em público, até que fora dada como morta dez anos depois. A causa: Um outro “amor”.

Nascida nos campos de Champagne em 1919, Emmanuelle teve uma infância privilegiada. Seu pai era empresário, lidava com exportações de vinhos/champanhes, enquanto sua mãe negociava com mercadores nacionais. O produto deles era da melhor qualidade do país e logo caiu nas graças de milionários, políticos e infames negociadores. Todo esse patrimônio viria a ser um dia de Emmanuelle, no entanto, ela sempre teve uma queda por música e apresentações.

Durante a juventude se dedicou a inúmeras apresentações nos grandes bailes oferecidos pela família dela, mas logo sua mãe viria adoecer e falecer de uma doença incurável o que fez com que Emmanuelle, tomasse o lugar da mãe nos negócios, mesmo contra o gosto dela. Foi nesse cargo que ela desenvolveu suas habilidades em negociação, persuasão e finanças.

Com o mercado em expansão, seu pai, um homem perspicaz enviou sua filha para a universidade de Paris para estudar, mas se ele era visionário, Emmanuelle era muito mais. Ela tinha planos para se tornar uma cantora renomada, mas na época isso não era muito bem visto. Uma mulher tocando harpa no teatro, não era direito e logo ela foi expulsa de cada comitiva da cidade, até encontrar Edmond, seu futuro marido e cliente dos negócios de seu pai.

Edmond decidiu comprar uma das mais badaladas casas de shows de Paris. A mais cara delas, onde apenas um grupo restrito de celebridades se encontravam, longe do assédio do público. Foi ali, que Emmanuelle fez seu nome e se tornou uma estrela da casa. Logo seu nome soaria nas mais elegantes casas da nobreza parisiense. E ela não desapontou seu pai, se formou em finanças, estudou artes, história, aprendeu sobre política e direito com nobres, aprendeu inglês com um poeta famoso e seu status permitia lidar com questões empáticas e até manipuladoras.

Não demorou para Edmond pedir sua mão em casamento e foi uma festança no casarão da família. Logo Edmond se associou ao sogro e tomou posse da administração. Aquilo tudo era muito bom e parecia um conto de fadas, mas o homem que havia possibilitado tanta coisa a Emmanuelle, se consumia de ciúmes e passou a privá-la de algumas apresentações. Logo vieram as brigas e com as brigas, vieram um propósito.

Emmanuelle era uma jovem ambiciosa, talentosa, dotada de uma beleza inigualável e mais que tudo, ela tinha um propósito que homem nenhum a faria parar, nem seu marido e nem seu pai. Ela enxergava muito à frente do seu tempo, queria atingir o pináculo da evolução artística e em um pequeno momento revelador, ela percebeu que havia na sociedade aqueles que realmente compreendia a arte dentro da arte, e foi através dessas pessoas que ela conheceu o cainita mais carismático que ela já viu.

Ele era sedutor e confiante e com ele, Emmanuelle teve um caso que culminou na descoberta, por parte do seu marido. Naquele dia, acontecera uma tragédia. Edmond fora morto pelo amante e para Emanuelle, foi confiado um destino atormentador. Ele a transformou e a ensinou tudo que ela sabe atualmente sobre os membros.

Após semanas no clube trancada recebendo informações e alimentação, ela volta ao casarão onde residia seu pai e em uma reunião a noite, tentava convencer o velho homem a se aposentar e vender o grande conglomerado de vinícolas. Na ausência do falecido Edmond, ele era incapaz de manter a estrutura funcionando. E assim ele o fez.

Varg,, era um legítimo homem de negócios que havia chegado na França com fortes ambições internacionais. Suas conexões o levaram o clube, a procura de Emmanuelle, a fim de tratar de negócios, mas ele não esperava encontrar alguém com fortes vínculos com a nobreza local e um vocabulário empreendedor de alto nível. Poucos dias após o primeiro encontro, ele já tinha um propósito definido em mente.  A ideia de vender os negócios da família veio dele. O que ele não disse, a princípio era que ele seria o comprador original, por trás dos panos. Ele mataria dois coelhos com uma cajadada só. Obteria com êxito o vínculo internacional que ansiava e tornaria multimilionária a herdeira e futura cria de sucesso, que no futuro poderia vir a ser de grande ajuda  e obviamente espalharia esse grande feito multicultural em todo elísio que entrasse pela frente.

Poucos anos após os últimos episódios, o pai de Emmanuelle morreu a deixando ainda mais milionária, visto que seu clube era um sucesso, inclusive entre membros, únicos privilegiados a presenciarem ao seu show particular noturno. Ninguém jamais soube se Varg esteve envolvido na morte do velho.

Atualmente dada como morta (esquema realizado entre Emanuelle e alguns contatos do seu senhor, anos depois da morte de seu pai), ela ainda vive no mesmo clube, restruturado e ampliado com o tempo sob a alcunha de Mrs. V. Na época de juventude apenas os mais ricos a conheciam bem e eles já haviam morrido, dando a possibilidade de ela se apresentar sem ser reconhecida. Sua fortuna foi capaz de comprar muitos favores na sociedade que mantiveram seu segredo e sua história apagada dos livros.  

Durante todos esses anos, Emmanuelle buscou aprimoramento intelectual e artístico, seu objetivo nunca fora não claro: Para atingir verdadeiramente o espirito de um ser, é necessário ser a melhor e para ela a melhor forma de arte sempre foi o canto. Atingir o pináculo da evolução musical significaria imbuir verdadeiras sensações em qualquer ser, mas não qualquer um, somente aqueles que compreendiam a infinita magnitude da arte e do prazer.

Seu caminho, incluiu viagens internacionais, onde conheceu todo tipo de pessoas, fez contatos com outros membros, com várias histórias, algumas verídicas e muitas falsas. Ela aprendeu a lidar com qualquer um, conseguiu se firmar na mudança de uma era, com a inserção de novas tecnologias, ela nunca parou. Foram anos refinando a perspicácia e maturando o conhecimento. Durante esse tempo, se envolveu com muitas pessoas, chegou a salvar três irmãos de uma família parisiense, que mais tarde viria a serem seu rebanho, por onde ela ande.
O passar dos anos, também proporcionou elos na sociedade, aliados vieram e se foram, favores foram creditados e debitados, e de alguns contatos sobraram três que proporcionam informações a Emmanuelle em troca de dinheiro ou mesmo de favores.

Um traficante foi crucial no resgate do rebanho, quando ouve um atentado contra eles, por parte de bandidos do submundo, interessados na fortuna de Emmanuelle. Apesar de apenas se comunicarem por telefone, Le Giche, sempre atendeu às dúvidas dela. De forma similar, A Alicia é a secretária do promotor de polícia que acompanha a movimentação na cidade e responde para Emmanuelle que por sua vez financia seus estudos. Se conheceram em uma convenção e por acidente, Alicia encontrou a carteira caída no chão de Emmanuelle, o que motivou toda a interação que viriam a ter.
Por último um Padre italiano, Vincenzo, havia se mudado para Londres para reger uma capela turística e liderar um famoso coral. Ele havia se formado em música e se beneficiava das doações da capela para proveito próprio. Na sua visita a Londres, Emanuelle percebeu uma canção entoar das paredes da igreja e de fora vira o padre regendo o coral. Ali foi o início de uma bela troca de favores. Emmanuelle, corrompeu ainda mais o padre para que escutasse as suplicas dos fiéis e se caso houvesse alguma informação importante que ele a informasse imediatamente e não obstante isso, ele viaja com regularidade entre igrejas usando esse artificio a pedido dela. Em troca, o Padre se regozija nos prazeres carnais propiciado do materialismo.

Emmanuelle continua a se apresentar divinamente para alguns seletos membros que podem pagar e para alguns milionários que chega na cidade. Não tem notícias de Varg, seu senhor, a mais de 3 décadas e isso nunca a impediu de continuar tentando sempre atingir seu objetivo. No entanto, as idas e vindas, proporcionaram eventos exclusivos em diversos elísios, o que chamou alguma atenção entre primogênitos que a contratavam como uma peça introdutória de reuniões do principado. Sua habilidade era incomparável, ela sabia imbuir o espirito apodrecido dos membros em uma sutil calmaria que antecedia as reuniões.  Nunca fora seu objetivo, cargos específicos dentro da seita, mas há quem a reconheça com certo prestigio.
Mr.V
Mr.V

Data de inscrição : 01/07/2019

Voltar ao Topo Ir em baixo

Emmanuelle Cousteau - Filhas da Cacofonia - Camarilla Empty Re: Emmanuelle Cousteau - Filhas da Cacofonia - Camarilla

Mensagem por Padre Judas em Seg Jul 08, 2019 4:13 pm

Ficha Aprovada! 

Você pode buscar uma vaga em alguma crônica oficial aqui: http://vampiros-a-mascara.forumeiros.com/t4811-ciclo-assamitas-sinopses-e-reserva-de-vagas-2-ciclo-2019

_________________
Emmanuelle Cousteau - Filhas da Cacofonia - Camarilla Bispo_altobello_menor
Emmanuelle Cousteau - Filhas da Cacofonia - Camarilla Roiran_ouro
Emmanuelle Cousteau - Filhas da Cacofonia - Camarilla Iluminatttttttttti
Padre Judas
Padre Judas
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 08/03/2010
Idade : 25
Localização : Brasília - DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Emmanuelle Cousteau - Filhas da Cacofonia - Camarilla Empty Re: Emmanuelle Cousteau - Filhas da Cacofonia - Camarilla

Mensagem por Mr.V em Seg Jul 08, 2019 4:42 pm

Valeu avaliador ^^
Mr.V
Mr.V

Data de inscrição : 01/07/2019

Voltar ao Topo Ir em baixo

Emmanuelle Cousteau - Filhas da Cacofonia - Camarilla Empty Re: Emmanuelle Cousteau - Filhas da Cacofonia - Camarilla

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum