Boston By Night - O Cair das Máscaras

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Ir em baixo

Boston By Night - O Cair das Máscaras - Página 3 Empty Re: Boston By Night - O Cair das Máscaras

Mensagem por D'la Fere em Qui Jul 04, 2019 9:38 pm

D´la Fere com apenas uma mordida colocava a cria de Helena para dormir, enquanto rasgava a carne da cainita o sangue que esguichava em seu rosto era quase o suficiente para faze-lo perder o controle e sucumbir a besta.
Ângelo segurava seus extintos e mais uma vez controlava a besta que tentava vir a tona.

D´la Fere com sua parte da missão concluída poderia agora renovar seu estoque de vitae.
Na escuridão ele caminhava até encontrar um mortal qualquer que ali estivesse, tomaria seus sangue até que estivesse saciado sem preocupar-se com vitima, não que fosse algo do feitio do lasombra, mas as circunstancias o forçava agir com agilidade e ele não teria tempo para poupar vidas...

Ângelo tirava o lençol de uma das camas e embrulhava o corpo da primigênie, depois se concentrava em sua mortalha a fim de faze-la se mover junto com eles para fora do quarto.

Ângelo arrastava o corpo de helena para saída da casa.
D'la Fere
D'la Fere

Data de inscrição : 13/01/2019
Idade : 76
Localização : Desconhecido

Voltar ao Topo Ir em baixo

Boston By Night - O Cair das Máscaras - Página 3 Empty Re: Boston By Night - O Cair das Máscaras

Mensagem por Han em Sex Jul 05, 2019 5:21 pm

Angelo D'la Fere
ps: 15/15
fv: 07/07
É
Vitalidade: ferido - 1

Após apagar a vampira, cria de Helena Blanck, D'la Fere sentia a necessidade de se alimentar o mais rápido possível, pois sua besta já dava sinais de surgimento. Infelizmente para algumas pessoas ali no quarto, o terror proporcionado pela experiência de estar dentro de uma mortalha das trevas, fez com que elas paralisassem de medo, tornando-as vítimas perfeitas para saciar a fone de D'la Fere. Sem muito esforço, o vampiro via um homem nu acuado contra a parede abaixado e com suas mãos sobre os ouvidos e olhos fechados. O homem transpirava terror. D'la Fere sugava o homem até a última gota, tirando a sua vida o deixando seco no canto. Na hora, parecia ser uma coisa normal, devida as circunstâncias, mas ao ver o que tinha feito, a ideia de que ele estava se tornando um monstro, o corroía por dentro. D'la Fere pensa na família daquele homem com um grande pesar e culpa. Nem a ideia de que ele estava fazendo algo reprovável por estar participando de uma orgia o consolava, pois o lasombra sabia do magnetismo de Blanck, é muito provavelmente, aquele homem não passava de um fantoche dela...


D'la Fere enrolava o corpo empalado da vampira em um lençol e a arrastava do quarto rumo ao carro em que Rômulo estava esperando. A mortalha também se movia seguindo o seu criador. O neófito conseguia sair pelos fundos apesar da dificuldade de enxergar o caminho. Chegando lá fora, onde haviam combinado o ponto de encontro, D'la Fere dissipava a sua mortalha para melhor enxergar o seu entorno. Ele estava nos fundos da mansão em um gramado extenso e ligeiramente adborizado, cercado por um muro média altura de alvenaria. O vampiro estava sobre um caminho de pedra que levava até um portão de grades negras e pontas afiadas da altura do muro.


Luzes vermelhas e azuis oscilavam na face de D'la Fere, uma voz estrondosa vinda de um mega fone ecoava nos ouvidos do vampiro.

- PARADO AÍ, LARGUE ESSE CORPO E DEIXE SUAS MÃOS ONDE POSSAMOS VER!

Os olhos de D'la Fere aos poucos conseguiam enxergar ao longe vários agentes da polícia local com todo o tipo de armamento apontado para ele. Ele também podia ver o carro de Rômulo parado diante do portãozinho de grade, e também via as roupas do brujah surdo sobre uma pilha de cinzas. Ao lado do carro, o lasombra via um homem que destoava dos demais agentes padronizadamente fardados. Esse era diferente. Ele usava um sobretudo marrom e tinha um corpo extremamente grande e um rosto nada amigável.  O Grandalhão olhava fixamente para o lasombra enquanto batia suas mãos para limpar as cinzas de Romulo. Atrás do neófito, mais agentes da policia se aproximava com suas armas apontadas para o vampiro, e junto a eles, havia três pessoas que assim como o grandalhão, se destacavam. Dois homens e uma mulher. Todos eles muito bem vestidos, de pele pálida e olhares frios, fixos em D'la Fere. O cerco estava fechando, e a cada segundo eles se aproximavam mais.
Han
Han

Data de inscrição : 24/07/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Boston By Night - O Cair das Máscaras - Página 3 Empty Re: Boston By Night - O Cair das Máscaras

Mensagem por D'la Fere em Sex Jul 05, 2019 8:36 pm

As reflexões eram inevitáveis depois do ato do lasombra, tirar a vida daquele homem sem uma motivação mexeu em seu intimo, e cada vez que sedia asse tipo de extinto ele ficava mais próximo da besta, o arrependimento tomou sua alma no momento em que D´la Fere pensou na família daquele homem e que por mais que estive em um lugar nada propicio para inocentes, ele tbem não era culpado. Ângelo saia do quarto tendo de carregar esse pesar no peito, ele tentava focar novamente na missão e sair imediatamente daquele mansão.

já no jardim o D´la Fere ia até o local marcado com seus companheiros, lá chegando dissipava sua mortalha e para sua surpresa se deparava com a policia que o mandava largar o corpo e levantar as mãos.

- PARADO AÍ, LARGUE ESSE CORPO E DEIXE SUAS MÃOS ONDE POSSAMOS VER!

D´la Fere imediatamente obedecia o comando da policia e la permanecia parado.

aos poucos ele observava a cena talvez calculando uma fuga, más quanto mais olhava mais sem saída ele parecia estar. Rômulo já não fazia parte de seu bando e seu algoz permanecia no local e agora encarava o lasombra.
nessa hora mais agentes tomavam a cena e agora encurralavam D´la Fere e com eles haviam mais três membros que eram fáceis de serem notados.

Não havia oque fazer! D´la Fere só poderia aguardar o destino, tentar qualquer ação ali o parecia arriscado d mais, oque lhe restava era aguardar seu julgamento se tivesse a chance de um.
D'la Fere
D'la Fere

Data de inscrição : 13/01/2019
Idade : 76
Localização : Desconhecido

Voltar ao Topo Ir em baixo

Boston By Night - O Cair das Máscaras - Página 3 Empty Re: Boston By Night - O Cair das Máscaras

Mensagem por Han em Sab Jul 06, 2019 8:37 pm

Angelo D'la Fere
ps: 15/15
fv: 06/07

Vitalidade: ferido - 1

A ascensão do neófito logo ia perdendo valor diante daquela situação. Nem mesmo o legado do seu clã poderia o ajudar, essa foi a sua conclusão. Obedecendo a ordem do policial, o lasombra repousava o corpo de Blanck sobre a grama e se afastava com as duas mãos na cabeça. Nisso, um agente chegava até ele e algemava as suas mãos para trás.

- O senhor está preso pelo assassinato de Helena Blanck. - Pobre policial, leigo do mundo que o cerca.

D'la Fere era conduzido até uma viatura, onde era jogado como um marginal na parte de trás do veículo e trancado. Os vampiros se reuniam em volta de Helena Blanck, juntamente com alguns policiais, logo o "rabecão" chegava para recolher o corpo da vampira enquanto a área era isolada para a chegada da perícia criminal.

O camburão com D'la Fere dava partida rumo a delegacia para os procedimentos burocráticos. A viatura com o vampiro era escoltada por mais viaturas tanto na frente quanto atrás. O barulho da sirene era estridente e as luzes azuis e vermelhas iam iluminando tudo em volta.

Chegando a delegacia, D´la Fere era "fichado" como todos os outros criminosos, e logo depois ele era encaminhado para a seção de fotografia. Antes que ele chegasse a essa parte, um homem bem vestido de terno e gravata, surgia e pedia (como se estivesse ordenando) para ter um momento com o criminoso. O pedido era atendido e ambos eram conduzidos a uma sala pequena onde havia uma mesa presa ao chão e com um lugar para prender algemas, e uma cadeira de cada lado da mesa, ambas metálicas e frias. O homem pedia para ficar a sós (exceto pelos dois guarda-roupas que o escoltavam) com o neófito e mais uma vez era atendido imediatamente.

Antes de se sentar frente a D'la Fere, o homem aumentava a intensidade da luz através de uma chave que ficava ao lado da porta. Como quase tudo ali era metálico, a luz era refletida com mais força, o que claramente era um incômodo para uma criatura acostumada com a escuridão. Ao se sentar, o homem misterioso perguntava com um ar de deboche se a luz incomodava D'la Fere, antes de começar a falar o que realmente ele queria. Ele parecia ser sádico.

- Você fez uma merda grande, uma merda que vai ser difícil de limpar, e isso vai lhe custar muito caro. Mas antes de começar, quero que diga-me qual é o plano de Malcolm e talvez você saia dessa com vida.

Um barulho atrás do vampiro o fazia virar instintivamente para conferir o que era, e ao fazer isso, D'la fere via um dos grandalhões ascender um maçarico com um isqueiro e depois regulava a pressão da chama deixando-a praticamente uniforme e azulada.
Han
Han

Data de inscrição : 24/07/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Boston By Night - O Cair das Máscaras - Página 3 Empty Re: Boston By Night - O Cair das Máscaras

Mensagem por D'la Fere em Sab Jul 06, 2019 9:28 pm

D´la Fere era relutante em agir, tinha um plano e precisaria ver até onde isso iria, de qualquer forma era melhor estar sob a jurisdição da policia do que daqueles membros que ele encontrara na mansão Blank.

Não demorava muito e D´la Fere tinha a confirmação de seus pensamentos, essas ações eram tão clichês que ele sorria ironicamente quando via um homem trajado elegantemente usar os dons da dominação para ter um momento a sós com ele.

Em uma sala pequena, como aquelas de filmes policiais Ângelo ficava a merce do homem misterioso e de outros dois que pareciam mais como capangas. O Homem bem vestido tratava de se mostrar agressivo com D´la Fere para não dizer babaca, aumentava a intensidade da luz nitidamente querendo incomodar o lasombra, logicamente isso o deixava perturbado, D´la Fere era uma criatura das trevas e a luz o afetava um pouco mais do que os outros membros, sua chave de saída daquele local era aquele homem, então ele se controlava apesar dos pesares ele queria adotar uma postura mais amigável. com um tom sádico o homem brincava com o incomodo de Ângelo:

O homem misterioso perguntava com um ar de deboche se a luz incomodava D'la Fere

e então começava a falar:

Você fez uma merda grande, uma merda que vai ser difícil de limpar, e isso vai lhe custar muito caro. Mas antes de começar, quero que diga-me qual é o plano de Malcolm e talvez você saia dessa com vida.

Ângelo não conseguia imaginar quem seria aquele homem e sabia que podia estar sendo testado pelo figurão Malcolm, tudo até agora parecia um grande roteiro, homens da Camarilla não precisariam usar dominação para conseguir oque quisessem. Ângelo então pensava em adotar uma postura mais neutra que não deixasse transparecer seus verdadeiros ideais.


Um barulho atrás do vampiro o fazia virar instintivamente para conferir o que era, e ao fazer isso, D'la fere via um dos grandalhões ascender um maçarico com um isqueiro e depois regulava a pressão da chama deixando-a praticamente uniforme e azulada.

Logicamente isso chamava a atenção do lasombra, ele já estava ferido e certamente se provocasse aqueles homens encontraria sua morte final.


_ Plano de Malcolm? um tanto vaga sua pergunta... posso lhe dizer que ele é um homem de verdadeiros ideais, e que homens como ele costumam conseguirem oque querem, não tenho muito a dizer sobre ele, não tive tempo, como estou aqui agora fui forçado pelas as circunstancias. eu costumo pensar que Homens como Malcolm são como efeitos colaterais, assim como o sabá, a diferença e que o sabá agride o estomago.

D´la Fere terminava sem expressar nenhuma emoção.
D'la Fere
D'la Fere

Data de inscrição : 13/01/2019
Idade : 76
Localização : Desconhecido

Voltar ao Topo Ir em baixo

Boston By Night - O Cair das Máscaras - Página 3 Empty Re: Boston By Night - O Cair das Máscaras

Mensagem por Han em Seg Jul 08, 2019 9:04 am

Angelo D'la Fere
ps: 15/15
fv: 06/07

Vitalidade: x ferido gravemente - 2

Diante da resposta do lasombra, o homem sorria. Mas na verdade ele escondia o seu estresse com a resposta do vampiro. No mesmo instante, o figurão olhava para o homem que segurava o maçarico e ascenava positivamente com a cabeça. O homem queimava a face do lasombra com o fogo, fazendo o vampiro sentir imensa dor e deixando uma ferida horrível no seu rosto. O homem se afastava para trás de D'la Fere e o figurão tornava a falar.

- acho que você não está entendendo. Não preciso de sua opinião filosófica sobre quem é Malcolm. Conhecemos bem esse merda, conhecemos ele mais tempo do que você tem de vida. É melhor ser objetivo nas suas respostas, ou sentirá na pele as consequências... literalmente. Se você não sabe qual é os planos dele, deve saber onde ele se esconde. É melhor ser útil, se não será descartado como um copo plástico que você é. Consegue nos levar até o refúgio de Malcolm?
Han
Han

Data de inscrição : 24/07/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Boston By Night - O Cair das Máscaras - Página 3 Empty Re: Boston By Night - O Cair das Máscaras

Mensagem por D'la Fere em Sex Jul 12, 2019 4:54 pm

D´la Fere sentia sua pele derretendo pelo fogo daquele maçarico e só pensava em como poderia sair daquela situação, então novamente o homem misterioso retoma sua fala:

- acho que você não está entendendo. Não preciso de sua opinião filosófica sobre quem é Malcolm. Conhecemos bem esse merda, conhecemos ele mais tempo do que você tem de vida. É melhor ser objetivo nas suas respostas, ou sentirá na pele as consequências... literalmente. Se você não sabe qual é os planos dele, deve saber onde ele se esconde. É melhor ser útil, se não será descartado como um copo plástico que você é. Consegue nos levar até o refúgio de Malcolm?

Ângelo se encontrava sem saída, más já era nítido que aqueles homens não eram de Malcolm, o lasombra teria de adotar outra postura, afinal ele não aguentaria muito tempo.

_ MERDA!! pra que isso seu babaca? Ângelo gritava com o homem que o queimara.
_ seus cachorros filhos de uma puta vou ter prazer em arrancar o coração de cada um de vocês _ Ângelo falava com ódio no olhar.
_ Eu não estou fudendo para nenhum vampiro empoeirado que queira essa cidade seu maldito, más te garanto que não será dessa forma que ira me convencer a fazer oque você quer, estão atras dele há muito tempo pelo que me disse, chego a ficar impressionado com sua incompetência!
eu sei onde Malcolm se encontra e tenho sua confiança. mas não farei nada de graça aqui!
_me mate e fique mais 100 anos atras do Maldito! talvez ele morra de velhice!_ Ângelo terminava sua fala com um tom irônico.


D'la Fere
D'la Fere

Data de inscrição : 13/01/2019
Idade : 76
Localização : Desconhecido

Voltar ao Topo Ir em baixo

Boston By Night - O Cair das Máscaras - Página 3 Empty Re: Boston By Night - O Cair das Máscaras

Mensagem por Han em Dom Jul 14, 2019 10:14 pm

Angelo D'la Fere
ps: 15/15
fv: 06/07

Vitalidade: x ferido gravemente - 2

MERDA!! pra que isso seu babaca? Ângelo gritava com o homem que o queimara.
_ seus cachorros filhos de uma puta vou ter prazer em arrancar o coração de cada um de vocês _ Ângelo falava com ódio no olhar.
_ Eu não estou fudendo para nenhum vampiro empoeirado que queira essa cidade seu maldito, más te garanto que não será dessa forma que ira me convencer a fazer oque você quer, estão atras dele há muito tempo pelo que me disse, chego a ficar impressionado com sua incompetência!
eu sei onde Malcolm se encontra e tenho sua confiança. mas não farei nada de graça aqui!
_me mate e fique mais 100 anos atras do Maldito! talvez ele morra de velhice!_ Ângelo terminava sua fala com um tom irônico.

D'la Fere não fazia questão de esconder o seu ódio daqueles que o torturavam. E isso, feria o ego do seu torturador, porém, ele tinha que agir sabiamente. A vontade do Senescal, era acabar com a raça do lasombra ali mesmo, talvez se ele estivesse sozinho teria o feito, porém, haviam dois outros membros que poderiam testemunhar ele agindo pela emoção e não pela razão. Isso sem dúvidas soaria mal nos salões da Camarilla. Então, engolindo o seu orgulho e se concentrando para que a sua besta não viesse a tona por causa dos insultos de um neófito, o Senescal olhava nos olhos de D'la Fere e dizia:

"Ora ora, estamos diante de um saco de sangue inteligente. Outros em seu lugar resistiriam mais, e por consequência sofreriam mais também. Mas você... você é diferente não é mesmo? Ao menor sinal de perigo você entregaria até mesmo sua própria mãe! [gargalhada]. Que bom que você adiantou as coisas, mas antes, preciso fazer algo"

D'la Fere via as presas do Senescal crescer em sua boca e depois, o vampiro se levantava e se aproximava do lasombra. O outro vampiro que não estava segurando o maçarico, puxava a cabeça do neófito para trás, deixando a sua face voltada para o teto. D'la Fere via o Senescal cortando o seu próprio pulso, fazendo o sangue escorrer pelo seu braço. A mesma mão que segurava a cabeça do lasombra, agora puxava com força o maxilar do neófito para baixo, abrindo assim a sua boca para ser submetido ao primeiro nível de laço de sangue com o Senescal. O sangue era muito potente, e D'la Fere podia sentir isso pelo seu paladar. Logo a pessoa do Senescal ficava mais aceitável para o vampiro e o ódio era amenizado quase que instantaneamente.

"Você tem sorte garoto, pois se não fosse conhecedor de informações importantes, já estaria morto uma hora dessa." O figurão olhava para um outro vampiro atrás de D'la Fere e fazia um sinal com a cabeça. Então, dois braços fortes surgiam por cima do ombro direito do lasombra e soltava suas algemas. "Vamos, leve-nos até o buraco que seus amiguinhos anarquistas se escondem."
Han
Han

Data de inscrição : 24/07/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Boston By Night - O Cair das Máscaras - Página 3 Empty Re: Boston By Night - O Cair das Máscaras

Mensagem por D'la Fere em Seg Jul 15, 2019 6:52 pm

D´la Fere em apenas uma noite conseguira colecionar inimigos de alto escalão. uma noite que ia se demonstrando favoravel ao lasombra tomava rumos totalmente diferentes, talvez sua sorte o abandonara ou apenas "Deus querendo lhe atrapalhar?"

Angelo se encontrava sem muitas escolhas naquela situação teria de prolonga sua vida e ele saberia como fazer isso um plano formava em sua mente e ele o colocava em ação.

"Ora ora, estamos diante de um saco de sangue inteligente. Outros em seu lugar resistiriam mais, e por consequência sofreriam mais também. Mas você... você é diferente não é mesmo? Ao menor sinal de perigo você entregaria até mesmo sua própria mãe! [gargalhada]. Que bom que você adiantou as coisas, mas antes, preciso fazer algo"

D´la Fere era insultado pelo senescal, que jogava toda sua honra no lixo, Ângelo ouvia calado, não podia fazer nada naquelas condições, era melhor seguir conforme a musica...

O senescal para ter sua integridade preservada tratava logo de fazer um laço de sangue com o lasombra, coisa que poderia ser um erro pois um laço de sangue feita nessas circunstancias poderia alimentar ainda mais o ódio de D'la Fere.

"Você tem sorte garoto, pois se não fosse conhecedor de informações importantes, já estaria morto uma hora dessa." O figurão olhava para um outro vampiro atrás de D'la Fere e fazia um sinal com a cabeça. Então, dois braços fortes surgiam por cima do ombro direito do lasombra e soltava suas algemas. "Vamos, leve-nos até o buraco que seus amiguinhos anarquistas se escondem."

Provavelmente aquela noite ainda seria longa, era evidente que ali havia três fortes membros que compunham a camarrila, más toda a primigenie estava sendo atacada aquela noite, o senescal e o xerife poderiam ser muito fortes mas com toda certeza não eram onipresentes.

D´la Fere sem demonstrar nenhuma feição se levantava e dizia:

_então vamos quero estar em minha casa antes do sol nascer, queria lhe pedir um único favor se possível! preciso me alimentar...
D´la Fere tinha um plano!
D'la Fere
D'la Fere

Data de inscrição : 13/01/2019
Idade : 76
Localização : Desconhecido

Voltar ao Topo Ir em baixo

Boston By Night - O Cair das Máscaras - Página 3 Empty Re: Boston By Night - O Cair das Máscaras

Mensagem por Han em Sex Jul 19, 2019 8:01 pm

Angelo D'la Fere
ps: 15/15
fv: 06/07


Vitalidade: x ferido gravemente - 2


D'la Fere sentia sua honra a que tanto presa ser jogada na sarjeta pelas palavras do senescal. Mas ele também sabia que uma atitude extrema ali poderia complicar ainda mais a sua vida. Diante dessas perspectivas, o lasombra administrava a situação da melhor maneira possível e se apegava na chance de continuar vivo sobre a terra.


_então vamos quero estar em minha casa antes do sol nascer, queria lhe pedir um único favor se possível! preciso me alimentar...


Novamente o senescal sorria para o vampiro, com ar de surpresa e deboche misturados...


"Sua casa? É sério que você acredita nisso? (Risada) vamos logo, não tenho a noite toda e essa já está próxima do fim."


A influência do senescal era tamanha que chegava a impressionar. Pois D'la Fere tinha acabado de ter sido detido sobre acusação de assassinato e outras coisas a mais que as autoridades queriam muito explicação, mas mesmo assim, o lasombra era removido da delegacia atravessando todo o espaço interno até lá fora, onde um Rolls Royce preto aguardava-o. As algemas foram recolocadas no vampiro logo que ele se levantou, mas agora com as mãos para trás novamente.


Ao entrar no carro, o senescal abria um compartimento onde havia várias bolsas de sangue, ele sabia que seria ingenuidade de sua parte manter um cainita faminto, talvez em outra situação isso fosse seguro, mas não ali.


"Sirva-se, e depois nos mostre o caminho."

Depois de se alimentar, D'la Fere indicava o caminho correto da mansão velha onde Malcolm e toda a sua irmandade se escondia. O senescal observava pela janela do Rolls Royce com um ar cético e então perguntava para o lasombra: - Você tem certeza de que é aqui? É melhor não estar tentando me enganar, pois se for isso, eu garanto que não terei misericórdia de sua vida. - Todos desciam do carro, menos o motorista, e então, caminhavam até a entrada da frente da mansão. Com as mãos, um dos guarda-costas do senescal arrebentava uma grossa corrente presa a um cadeado, abrindo assim o portão. Todos os quatro entravam, e paravam diante da porta principal que estava trancada. Antes de qualquer ação, o senescal levantava a sua mão direita, de maneira que todos entendessem que ele estava pedindo silêncio, e assim foi feito. O senescal tentava sentir alguma presença no interior da casa, e depois de alguns segundos ele acenava positivamente com a cabeça para que o guarda-costas arrombasse a porta, dessa vez com o pé, fazendo uma parte da porta voar para o interior da casa, e a outra metade ficar dependurada pela dobradiça quase solta.

A ação fez bastante barulho, e com certeza chamaria a atenção de qualquer um dentro da casa, se tivesse alguém lá. Os quatro entravam dentro da velha mansão, que parecia estar abandonada a anos. Nenhum sinal de ocupação recente. Os guardas-costas adentravam os outros cômodos da casa e minutos depois voltavam dizendo estar limpa. O senescal olhava para D'la Fere, com um ar intrigado, esperando alguma explicação do neófito, que possivelmente estaria surpreso também.
Han
Han

Data de inscrição : 24/07/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Boston By Night - O Cair das Máscaras - Página 3 Empty Re: Boston By Night - O Cair das Máscaras

Mensagem por D'la Fere em Sex Jul 19, 2019 8:46 pm

A casa estava vazia, aquilo não fazia parte dos planos do lasombra que ficara surpreso com notícia.
Tudo o fazia crer que não passava de uma ilusão ou algo do tipo, D'la Fere tinha certeza que estava no local certo e algo ali soava estranho de mais.

_com certeza esse é o lugar, será que vc não tem investigadores melhores do que dois brutamonte?

D'la Fere era convicto em suas palavras

_ ora ora senescal descubri pq não teve exito em todos estes anos a procura de Malcolm, na verdade eu queria entender como alguem tão desprovido de inteligencia chegou a tal cargo! Costas quentes.... Me pergunto.

D'la Fere deboxava do senescal talvez querendo desistabiliza-lo.

_ em alguns anos de estudos li algo sobre um dom cainita que, o portador seria capaz de visualizar traço passados de objetos. Você com todo seu status não conhecera ninguem que pudesse nos ajudar?

_ Quem sabe senhorita Blank?
D'la Fere
D'la Fere

Data de inscrição : 13/01/2019
Idade : 76
Localização : Desconhecido

Voltar ao Topo Ir em baixo

Boston By Night - O Cair das Máscaras - Página 3 Empty Re: Boston By Night - O Cair das Máscaras

Mensagem por Han em Dom Jul 21, 2019 12:18 pm

Angelo D'la Fere
ps: 15/15
fv: 06/07

Vitalidade: x ferido gravemente - 2

Apesar do tiro pela culatra, o senescal não fazia cara de decepcionado. Talvez ele já teria previsto isso. À décadas ele tenta capturar Malcolm, e já conhecia algumas manobras do anarquista. Talvez isso tudo não passasse da porra do protocolo.

D'la Fere soltava farpas, tentando desestabilizar o senescal, que se aproximava do neófito olhando dentro dos seus olhos se aproximando a uma distância que chegava a ser incômoda de tão perto. Face a face, olho no olho, então dizia: - Não perca seu tempo criança, precisa de bem mais do que isso para me atingir. - Olhando para os seguranças, o senescal ordenava que deixassem o local. Todos voltavam para o Rolls Royce, D'la Fere segurado pelos dois braços, um em cada segurança.

Dentro do carro, o senescal se aprofundava em pensamentos, mas logo interrompia sua meditação para conversar com o lasombra: - Eu não sei por qual motivo você resolveu se unir a Malcolm, mas de uma coisa eu sei, ele está apenas lhe usando. Ele se esconde por trás de um discurso falho sobre liberdade que enche o coração dos descontentes... maioria neófitos como você. Porém, vocês não passam de degraus para ele pisar e alcançar o seu verdadeiro objetivo. Malcolm é louco, e não digo isso para deprecia-lo, digo isso me baseando em toda merda que ele já fez ao longo desses anos. Sabe Angelo, na Camarilla lutamos para manter um equilíbrio que garante a nossa coexistência com o rebanho. Nunca devemos subestimar o rebanho, eles podem muito bem nos dizimar da face da terra se trabalharem juntos e organizados. Talvez você já tenha lido ou ouvido falar sobre a inquisição, mas eu... eu a vivi.... - Por alguns segundos o senescal se perdia em meio a devaneios... Mas o que importa é que tudo isso acabou, e nós, nós nos empenhamos bastante para que nunca mais volte. Malcolm não se importa com isso, a vitória dele, pode ser a desgraça de todos nós. Porque debaixo do discurso legal da anarquia, Malcolm está verdadeiramente envolvido com...



Nesse momento uma forte luz invadia o Rolls Royce pelo lado direito. Junto com as luzes, um barulho de motor acelerado que ficava cada vez mais alto e próximo, e então vinha o impacto inevitável. Por um momento a realidade era distorcida e regida por uma orquestra de metais se torcendo e vidros se quebrando, ao compasso das várias capotadas que o Rolls Royce dava até parar com as quatro rodas para o alto.

De frente para o lasombra, jazia o motorista que tinha seu sangue todo drenado pelos múltiplos cortes em todo o seu corpo. O senescal e os dois brutamontes se recompunham e abriam as portas do veículo, saindo engatinhando até o exterior. D'la fere, de cabeça para baixo, via a metade inferior de uma bruta caminhonete com rodas grandes e faróis quebrados.

- A cavalaria chegou Angelo! - Dizia Malcolm com um taco de beisebol com pregos na ponta escorado no seu ombro direito. D'la Fere podia ver mais quatro par de sapatos e botas além do de Malcolm.

[Senescal] - Então aí está você Malcolm, quanto tempo não é mesmo? Por que não se entrega logo e evitamos muito derramamento de sangue? - Enquanto falava, tirava a poeira do seu terno caro.

[Malcolm] - Não perca seu tempo Marco, sabe que isso jamais irá acontecer. Por que VOCÊ, não nos entrega Angelo e volta para as ceroulas do Henry? Para se aquecer nas bolas reais! [todo o grupo anarquista soltava gargalhadas].

[Marco] - Não negocio com criminosos, se não virá por bem, virá por mal Malcolm... Mas não me surpreende você sacrificar seus aliados por razões egoístas e macabras.

Cada guarda-costas de Marco pegava dois dos aliados de Malcolm para a batalha. Seus movimentos eram surreais de tão rápidos, mas os aliados de Malcolm também tinham suas habilidades. Garras cresciam nas mãos de dois dos aliados e a rapidez surreal também era conhecida por um dos outros aliados. O quarto, era um nosferatu, e todos sabem como os nosferatus são fortes... Apesar da desvantage numérica, os guarda-costas conseguiam manter a luta de igual para igual. Os socos pareciam batidas de carros, só que ao invés de metais, era o som de ossos quebrando. As garras, cortavam o vento e afundavam na carne de um dos guarda-costas como facas na manteiga. Um dos aliados era arremessado para o outro lado da rua enquanto outro era mordido na cabeça tendo parte de sua face arrancada e cuspida no chão como um pedaço de carne rejeitada pelo açougueiro...

Enquanto os soldados lutavam, Marco se abaixava e pegava um pedaço de madeira pontiaguda que se soltou do poste de madeira em que o Rolls Royce atingiu. Então, caminhando no campo de batalha Marco e Malcolm se aproximavam um do outro para começar uma batalha tão sangrenta quanto a dos soldados, porém, fundada pelo ódio cultivado por décadas. Quanto mais se aproximavam, mais eles aceleravam os passos até chegarem o nível de uma corrida. O primeiro a bater, foi Malcolm, que com uma tacada arrancava parte do couro cabeludo de Marco, em contrapartida, Marco segurava a garganta de Malcolm quebrando o seu pescoço e o empurrando contra um prédio, arrancando parte da estrutura com o corpo do Anarquista...

D'la Fere se via num campo de batalha sangrento em uma região erma e próximo do fim da noite... teoricamente ele pertencia aos dois lados, mas depois dessa noite seria apenas de um! Tudo dependia de sua escolha.
Han
Han

Data de inscrição : 24/07/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Boston By Night - O Cair das Máscaras - Página 3 Empty Re: Boston By Night - O Cair das Máscaras

Mensagem por D'la Fere em Seg Jul 22, 2019 7:19 pm

O senescal apresentava seu ponto de vista a D'la Fere, talvez sendo sincero ou apenas tentando manipular o neófito as questões ditas por ele eram exatamente tudo que a camarilla também fazia, tratar os jovens como buxa de canhão não era exclusividade de nenhuma seita, muito menos usa-los como degraus.

As palavras do senescal até que causavam certa aceitação, Ângelo não era nenhuma criança e sábia que as palavras daquele membro haviam verdades, más até que ponto isso o influenciaria? o mesmo não confiava totalmente em Malcolm até por que graças a ele Ângelo estava em apuros.

Ângelo ouvia atenciosamente o senescal, não demonstrando nenhum tipo de reação, todo efeito que aquele monólogo teria, seria interno, não era prudente demonstrar suas emoções.

Em meio a devaneios causados pela fala do senescal uma forte batida interrompia os pensamentos de Ângelo.

Ao abrir os olhos D'la Fere se deparava com uma cena agradável, como as proprias palavras de Malcolm a cavalaria havia chegado e os dois bandos começavam a se degladiarem.
A luta era equilibrada e o peso da escolha de Angelo seria decisivo nessa batalha...

Ângelo usava seu sangue para aumentar sua potência (3pts força) de dentro do carro Ângelo não tomava nenhum partido até o momento, talvez esperando a melhor oportunidade para sua ação.

D'la Fere
D'la Fere

Data de inscrição : 13/01/2019
Idade : 76
Localização : Desconhecido

Voltar ao Topo Ir em baixo

Boston By Night - O Cair das Máscaras - Página 3 Empty Re: Boston By Night - O Cair das Máscaras

Mensagem por Han em Seg Jul 29, 2019 3:39 pm

Angelo D'la Fere
ps: 12/15
fv: 06/07

Vitalidade: x ferido gravemente - 2
Força + 3

D'la Fere relfetia sobre as palavras de Marco é mesmo não demonstrando suas emoções, ele sentia verdades no senescal. Mas até que ponto ele podia acreditar? O lasombra apesar de neófito, já havia vivido o suficiente no mundo vampírico para saber que as relações dos imortais são as mais instáveis de todas as relações da natureza e sobrenatural.

Depois da batida, o neófito fazia seu sangue borbulhar em suas veias para aumentar a sua força física numa ordem considerável. Lentamente ele saía do carro e observava a briga, que parecia demorar mais do que eles podiam esperar, pois o céu começava a ficar mais claro.

Nem tudo era possível acompanhar com os olhos, partindo disso, o vampiro era surpreendido por metade de um corpo que caía quase em cima do lasombra e rapidamente era decomposto até virar cinzas. Esse era do time de Malcolm. Mas por outro lado, os olhos de Ângelo via um dos guarda-costas sendo rasgado por unhas e dentes até cair inconsciente... Um prato cheio para os aliados famintos de Malcolm, que caiam de boca no corpo do grandalhão e começavam sugar ali mesmo.

Marco tinha Malcolm preso entre seu punho e o prédio, então ele afundava a estaca no peito do líder anarquista que em resposta segurava a mão do senescal impedindo que a estaca se afundasse mais em seu peito. A disputa de força era descomunal...
Han
Han

Data de inscrição : 24/07/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Boston By Night - O Cair das Máscaras - Página 3 Empty Re: Boston By Night - O Cair das Máscaras

Mensagem por D'la Fere em Seg Jul 29, 2019 6:25 pm

D'la Fere poderia até acreditar no senescal, mas o mesmo via convicção nos ideais de Malcolm.
Aproveitando a distração da luta, Angelo usava novamente seu sangue, agr para aumentar seus reflexos (destreza +3) movendo-se rapidamente até chegar em um ângulo favorável ele atacava o senescal com uma mordida. pelas costas.
D'la Fere
D'la Fere

Data de inscrição : 13/01/2019
Idade : 76
Localização : Desconhecido

Voltar ao Topo Ir em baixo

Boston By Night - O Cair das Máscaras - Página 3 Empty Re: Boston By Night - O Cair das Máscaras

Mensagem por Han em Ter Jul 30, 2019 10:04 pm

Angelo D'la Fere
ps: 09/15
fv: 06/07

Vitalidade: x ferido gravemente - 2
Força + 3
Destreza + 3

D'la Fere não precisou de muito tempo para tomar uma decisão. Depois de observar o campo de batalha, ele decidia entrar na luta ao lado dos anarquistas. Enquanto Marco tentava afundar a estaca no peito de Malcolm, o lasombra chegava por trás e agarrava o senescal para poder lhe morder bem no ombro.

Apesar do acerto, o ataque de D'la Fere não causa dano algum em Marco, que agora dividia a sua atenção entre Malcolm e Angelo.

Os aliados de Malcolm continuavam a se banquetear com o corpo do guarda-costas enquanto o outro guarda costas acabava com o último aliado que estava enfrentando. Agora, ele teria que escolher novos alvos para batalhar.

Intertidos com a luta, os cainita ignoravam o fim da noite que cada vez mais se aproximava. O primeiro raio de sol estava a minutos de tocar a pele dos vampiros.

Rolagem de dados:

Angelo

. 3 dados para agarrar dificuldade 4 que resultou: (4,10,2) 2 sucessos;

. 3 dados para morder dificuldade 6 que resultou: (4,6,5) 1 sucesso;

. 5 dados para dano dificuldade 6 que resultou: (4,1,10,10,1) 2 sucessos.

Marco

. ? Dados para absorver dificuldade 6 que resultou: 3 sucessos.

Iniciativas

Angelo: 11
Malcolm: 15
Marco: 15

Han
Han

Data de inscrição : 24/07/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Boston By Night - O Cair das Máscaras - Página 3 Empty Re: Boston By Night - O Cair das Máscaras

Mensagem por Han em Ter Ago 27, 2019 7:22 am

To be continued...
Han
Han

Data de inscrição : 24/07/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Boston By Night - O Cair das Máscaras - Página 3 Empty Re: Boston By Night - O Cair das Máscaras

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum