New Jersey By Night - Batalha da Besta e Carne

Ir em baixo

New Jersey By Night - Batalha da Besta e Carne

Mensagem por Beaumont em Ter Jan 08, 2019 10:57 am


“E o rebanho mortal era enxertado em máquinas toscas por razões práticas e não tão praticas, esse lugar se tornou uma lenda a nos assombrar pela eternidade. Não havia limites para as práticas que aquele lugar era capaz de recriar Muitos dos horrores que habitam os mitos mortais, são na verdade, antigas lembranças do que aconteceu neste lugar. Os gritos que partiam dali ainda ecoavam muito tempo depois que aquele lugar parou de ser utilizado... O rebanho mortal definhava, vítimas de experimentos por seu apetite voraz de evolução e controle total sobre a humanidade. ”





New Jersey by Night - Batalha da Besta e Carne


RESUMO 


"Meu nome é Margareth F Night, eu costumava ser a mais influente Harpia de Jersey city e possuía conexões em todo o condado e até no país. A vida dos Membros de New Jersey já não é mais a mesma desde 2014, quando sofremos um ataque macabro da seita Sabá. Eles destruíram tudo o que o Príncipe Jullius Strauss e sua tão estimada Senescal Elisha Hurley levou 4 séculos para criar. As seita dos muros de mármore realmente despencou, desde então as trevas consumiram esta cidade.


Os membros sobreviventes conseguiram refugio com um ancião que ninguém sabia que existia. Nem mesmo Elisha que sobreviveu ao ataque e prometeu erguer a seita mais uma vez. Este ancião era um True Brujah chamado Athos. Ele estava escondido em algum lugar nos Alpes, longe da civilização e longe das investidas do Sabá, nós estavamos indo bem, conseguimos sobreviver, ampliar nossos poderes e tentar restabelecer nossos contatos, o unico incoveniente era que os Anarquistas também foram refugiados e onde há anciões e Anaquistas em um mesmo lugar o fim nunca é bom. Um conflito ocorreu e a aliança com Athos ficou fragilizada, ele abominava aliados agindo feito inimigos, nosso maior inimigo era o sabá."





"Demônios, sem o mínimo de consideração pela vida humana, eles eram monstros que transformaram a cidade de Jersey City em um antro de violência e em seguida começaram a se expandir por Newark, Sussex e as demais cidades ao redor de Treaton. A violencia ficou absurda a um ponto em que tudo se perdeu o controle. Em algum lugar do Sabá bem no fundo de toda aquela doença nasceu a Raiva Rubra ou Raiva Vermelha. Vampiros do sabá começaram a quebrar a máscara de maneira lunática em um frenesi coletivo como se sofressem influencia do poder místico da demência, os malkavianos foram os principais acusados daquele evento sem precedentes. A raiva rubra foi o estopim para a chegada de um novo inimigo em nossas vidas."


"O governo americano adotou uma medida de contenção a essa doença, homens do centro de controle de doença CCD e esses homens de preto que se auto intitulavam A Ordem da Razão invadiram as cidades na caça do sabá. Foi duro o combate, era como se eu estivesse presenciando uma nova inquisição, a essa altura Elisha Hurley já tinha deixados os sobreviventes da camarilla e desaparecido, acho que nem mesmo ela acreditava mais na volta da Camarilla em New Jersey. Enquanto isso a Raiva Rubra piorava e a Ordem da Razão aumentava, de alguma forma eles transformaram o clã Assamita no que eles chamaram de Imutaveis, vampiros híbridos de metal com uma resistência incrivelmente insana, nada derrubava aqueles vampiros e os assamitas já eram exímios assassinos. Quando New Jesey se tornou um campo de guerra o estado inteiro explodiu...





No noticiario, avisaram que um evento atípico havia ocorrido, um sol Negro, para a sociedade mortal esse sol não era nada. Mas para nós, sabiamos que aquilo era preludio de alguma coisa ruim e era, logo após o surgimento do sol negro naquele dia outros colapsos se extenderam pelo mundo. 4 Matusalens despertaram, trazendo consigo a destruíção inteira de cidades. Somente nesse momento nós membros da Camarilla recebemos a informação de que Alastores Rubros, um grupo dos mais poderosos caçadores de Anatemas, entrou em ação contra a vinda desses matusalens e um já deles foi desruído, com alguma investigação descobrimos que todos eles são malkavianos e por esse motivo os malkavianos foram expulsos do Circulo Interno e Maris Streck foi condenada a morte final em 2017."






"E foi assim que Elisha juntamente com os malkavianos remanescentes deram origem ao Culto a Gehenna, uma seita feita unicamente pelo clã malkavianos e simpatizantes, os rumores cercam de que eles estão sendo ajudados pelo próprio anti deluviano deles, Malkav, seria ótimo se isso fosse mentira ou nossa condenação seria apenas uma questão de tempo..."


Últimos Acontecimentos


O  Que o Rebanho Mortal Sabe: 

Os políticos mortais estão reunidos na sede da ONU e organizando medidas de contenção, estratégias de combate e enviando tropas americanas e do restante do G4 nas principais áreas de conflito e seus arredores. Existe uma tensão singular entre a sociedade mortal principalmente porque os grandes líderes e sua inteligência internacional parecem saber com o que estão lidando. Na deep Web alguns videos circulam e mostram as estranhas manifestações que foram gravadas com videos amadores. Esses videos estão circulando pelo whats app e sua integridade é severamente questionada. Ninguém sabe de fato o que é verdade ou o que é sensacionalismo. A Inteligencia da Nova Ordem Mundial vasculha e apaga qualquer indicio na internet e rede sociais referentes aos antediluvianos ou o culto a Gehenna, as pessoas tentam descobrir e transmitir a verdade mas tudo não parece passar de rumores que cogitam nas mentes das pessoas. Os youtubers mais radicais estão tendo suas casas invadidas pelos "homens de preto". Todos praticamente esquecem de tudo o que sabem e atribuem suas 'loucuras ao consumo excessivo de drogas. 

O Que a Camarilla Sabe: 

Graças a movimentação rápida do circulo interno. O grupo de Alastores Vermelhos, uma poderosa elite de vampiros caçadores de anátemas , liderados por Tatiana Stepanova, uma das poucas ravnos que sobreviveram a semana dos pesadelos conseguiu por o fim em um dos quatro matusaléns que havia ressuscitado na Áustria. A seita agora envia Alastores para todas as regiões onde a indícios do despertar de outros matusaléns. Como New Jersey, Michigan e na Índia.  Grandes reuniões estão ocorrendo nas cidades Chicago, Londres e Paris. O circulo Interno envia seus arcontes para cada uma das reuniões para tratar de um assunto incrivelmente importante: 

Fora decretado de vez a aliança entre a Camarilla e a Tecnocracia com o objetivo de exterminar a seta Culto a Gehenna liderada pelo Cla Malkaviano e livrar os membros da Camarilla de uma segunda inquisição. Em troca de viverem escondidos sob os olhos da humanidade. 



O Que o Sabbath Sabe: 

Todas as informações obtidas pela Espada de Caim foram obtidas pelos membros da Mão Negra. Mas aparentemente a informação foi dada um pouco tarde demais. O território de Michigan está em guerra e tenta de todas as maneiras possíveis conseguir manter sua defesas contra essa destruição em massa ocasionada por Eatter. 
O Sabá percebe que a ameaça Antedeluviana é incrivelmente perigosa então a Mão Negra inicia seu processo de investida para destruir de vez toda ameça milenar. 


_________________
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 30
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey By Night - Batalha da Besta e Carne

Mensagem por Beaumont em Ter Jan 08, 2019 10:58 am

Os Sobreviventes do Sol Negro



Samus (Desaparecido)
Linhagem : Antigo Arcebispo de New Jersey - Tzmisce 6 geração
Disciplinas Conhecidas: Vicissitude - Taumaturgia (Linha da Corrupção-Sedução das Chamas) - Fortitude - Potencia - Presença - Auspícios - Metamorfose - Demecia


Samus possui uma historia antiga com relação a Julius e Elisha. Em 1962 Samus preparou uma cruzada para tomar New Jersey e fortalecer a costa Leste com o poder da Seita mas subestimou as estrategias de guerra de Jullian e acabou tendo de bater em retirada se escondendo em Phillisburg para elaborar uma nova tomada. Samus tem reunido, exércitos, espiões e informações necessárias para um dia praticar sua vingança. Atualmente realizou uma nova cruzada que resultou em sucesso. Agora tenta auxilio com o Sabatth do Novo Mexico para iniciar uma empreitada a NY. 

Lady Lucy
Linhagem : Alta Inquisitora Sabá La Sombra 7 Geração 
Disciplinas Conhecidas : - Tenebrosidade - Fortitude - Potencia - Ofuscação - Dominação - Vicissitude -


Apesar de sua face bonita, Lucy é um monstro quanto qualquer outro membro da seita, a vampira possui praticas ardilosas de tortura e investigação , pertence ao grupo de Inquisitores do Sabá mas por necessidades práticas resolveu auxiliar o Sabá da Costa Leste na Cruzada para unificação do território a pedido do Prici.


Synk
Linhagem : Removedor da Mão Negra - Ravnos AT - 8ª Geração 
Disciplinas Conhecidas :  Ofuscação-Rapidez-Quimerismo-Fortitude-Auspicios


Sink era o code nome do Ravnos AT escolhido. Perfeito em táticas de demolição, o vampiro já havia sido um terrorista famoso no inicio dos anos 90 para o IRA . Intencionando ações na Irlanda do Norte por muito tempo, sua habilidade em mesclar suas explosões é fascinante, sua rapidez é igualmente invejável, tudo o que um especialista em bombas precisava ser. Inteligente, rápido, audacioso .

Viper
Linhagem : Dominio da Mão Negra Gangrel - 7ª Geração
Disciplinas Conhecidas : Metamorfose - Potencia - Ofuscação - Rapidez - Fortitude-Auspicios-


Viper é mais do que um mero assassino da Mão Negra ele possui uma obsessão por Cain. Acredita que um dia ele irá dar cria a um vampiro tão bom quanto o próprio primeiro vampiro. Há cada 5 anos Viper abraça um mortal que ele considera propício a servir a causa sabá. De todas as suas proles Lynxx foi a que ele mais tem orgulho, Viper é um caçador nato e adora por em praticas seu instinto predador sempre que tem oportunidade, escolhe suas presas a dedo e mede bem suas capacidades antes fazer o derradeiro ataque.

Kashan 
Linhagem - Marechal de Campo da Mão Negra - Assamita 6 Geração
Disciplinas conhecidas : Quietus - Ofuscação - Rapidez - Potencia - Metamorfose - Fortitude - Auspicios - Demencia


Kashan é um dos poucos assamitas remanescentes e confiáveis da Mão nos arredores da costa Leste dos Estados Unidos. Kashan coordena os Kamut da região, organizando as missões e o movimento de cada grupo na maioria das vezes em campo. Kashan já teve a chance de participar do grupo de Emissários da Mão mas recusou pois prefere seguir o ramo militar do que politico da seita. Continua obcecado pelo Projeto Paradoxo 

Lars
Linhagem  - Gangrel Urbana - Sabá - Bando de Kayla Insight - 8 geração
Disciplinas conhecidas:  Rapidez - Metamorfose - Presença - Fortitude - Demencia


Revoltada e impetuosa , essa gangrel consegue obter informação através da força bruta. Motoqueira nas horas vagas.

Jax Pós Projeto Paradoxo
Linhagem  - Gangrel Urbana - Sabá -  9 geração
Disciplinas conhecidas:  - Metamorfose - Potencia - Rapidez - Ofuscação - Auspícios - Demencia


Depois de participar da cruzada na cidade,  Jax entrou em torpor e foi submetido aos experimentos do projeto paradoxo de Gotk para que o Tzmisce pudesse entender mais como funcionava a vicissitude nas mãos do Nosferatu Kane. O resultado foi uma criatura hedionda sugadora de sangue. Com o sangue e a pele alterados por Vicissitude.

Nirrhtak
Linhagem : Sacerdote Tzmisce - 10 Geração
Disciplinas Conhecidas : Vicissitude -  Auspicius - Tenebrosidade - Fortitude - Demencia


O vampiro recluso possui habilidades com a carne impressionantes. Não possui qualquer tipo de remorso e seu maior objetivo é servir a seita. Conhece inúmeros ritus e os pratica de maneira bizarra . Fez um pedido irrecusável a Unk. Ter sua prole de volta.



Mordechai
Linhagem : Arcebispo Sabá de Detroit - 6 Geração
Disciplinas Conhecidas : ?


Mordechai é conhecida por ter inicialmente montado uma base de estudos onde conduz estudos com as bestas "Almas cainitas e de dos Kuei-jin" que existem na região. Enquanto o sabá obteve um controle quase total do estado atraves do tráfico de drogas que ve da Colombia desde de 2005.


Madson Carter
Linhagem : Serpente da Luz - 10 geração
Disciplinas Conhecidas : - Potencia - Dominação - Presença - Serpentis


Madson era filha de um Bar Man da região de Sussex, interior de New Jersey. A garota tem cerca de 16 anos e como o pai vivia o dia todo dormindo e a noite cuidando do bar a menina acabo tendo tempo para se perder na vida com más amizades na escola. Se envolveu com drogas e começou a roubar o pai para sustentar o vicio. Quando o mesmo descobriu ela fugiu e começou a se prostituir para sustentar o vicio. foi encontrada por White Hair que alimenta o vicio da garota desde então. Foi abraçada por Keyla para se manter viva e ajuda a Ductus a sobreviver da fuga de New Jersey.

Keyla - Ductus do Bando Insight
Linhagem : Serpente da Luz - 9 geração
Disciplinas Conhecidas : - Potencia - Dominação - Presença - Serpentis - Ofuscação


A Manipuladora vampira Keyla formou seu bando com o intuito de servir como infiltradores na camarilla logo após a derrota massante de Samus, Keyla era o principal link entre a Nosferatu Trash que morreu ao ser descoberta como traidora da camarilla.  




Hal Seals
Linhagem : Primogeno Tremere & Regente - 10ª Geração
Disciplinas Conhecidas :   Taumaturgia(Movimento da Mente - Controle Climático) - Auspicios - Presença - Fortitude -  Ofuscação
Hal Seals era filho de um grande empresario de relíquias e curador no museu estadual de Newark. Depois de Abraçado ele voltou sua atenção a juntar artefatos para o clã e mesclar junto com as relíquias do pai. Após a misteriosa morte de seu pai ele herdou 50% de todo o império do sr. Seals e abriu a Cube Airlines a pedido de George Sears para que todas as relíquias do clã pudessem ser trafegadas livremente pelos Estados Unidos. Se tornou Zelador do Elísio a pedido de George Sears, primeiro Xerife de New Jersey.

Madelaine Valen - Arconte da Costa Leste dos EUA
Linhagem : Filhas da Cacofonia Anciã - 7ª Geração
Disciplinas Conhecidas : Melpominne - Presença - Dominação - Fortitude - Rapidez


Esta notória vampira possui um grande Status na sociedade vampirica da Inglaterra, veio à New Jersey para fazer parte da celebração de comemoração a chegada do Arconte na cidade. Convidada pela Própria Elisha Hurley.

Adam Bredley - Príncipe de New Jersey

Linhagem : - Ventrue - 7 Geração 
Disciplinas conhecidas : Presença - Dominação - Fortitude - Serpentis - Rapidez - Potencia


Este poderoso e influente Juiz faz parte da politica estruturada de Nova York e está alimentando a politica de boa vizinhança entre New Jersey e New York, faz parte do conselho da Primigenie de Nova York apenas por que Sergei permitiu, o que causa bastante raiva no mesmo .


Sergei "Mikhas" - Príncipe Apóstata de NY
Linhagem : - Ventrue - 7 Geração 
Disciplinas conhecidas : Fortitude - Presença - Potencia - Dominação - Quimerismo - Rapidez - Auspicios


Sergei é chefe do tráfico de armas na Big Apple, graças aos recursos providenciados para a cidade e a influência proporcionada entre Russia/EUA Calebros preferiu encoraja-lo a se tornar príncipe da Camarilla em um ardiloso plano elaborado pelo Nosferatus 

Kevin Flaming - Primogeno Brujah de New Jersey
Linhagem : Brujah  8ª Geração
Disciplinas Conhecidas : Potencia - Presença - Rapidez - Dominação


Todos sabem muito pouco sobre Kevin ou seu passado. Ele chegou em 62 na época em que o Sabá estava tentando fazer sua ultima cruzada sabá na cidade. Ele vendeu armas a ajudou no apoio bélico da camarilla e embolsou alguns milhares com isso. Desde então ele ajudava Julian e Elisha no que fosse preciso nunca almejou Status, apenas gosta de ter conforto  e privilégios. Depois da morte de Morton e da rivalidade entre anarquistas e a Camarilla crescendo ele acabou escolhendo seu lado com Elisha. 

Caleb - Primogeno Nosferatu de NJ
Linhagem : Nosferatus  9ª Geração
Disciplinas Conhecidas :  Animalismo - Ofuscação - Auspicios - Metamorfose



Nyx - Secretária de Caleb
Linhagem : Nosferatus  10ª Geração
Disciplinas Conhecidas :   Ofuscação - Rapidez - Metamorfose

Nyx pode ser uma jovem neofito, mas é muito inteligente. Ela mesma não lembra de seu passado, fruto de um trauma de seu abraço, mas ajuda Caleb pois ele foi o único que lhe deu atenção e ajudou a se virar no mundo. Nyx é uma névoa, possuí um incrível habilidade de ocultamento. 



Meg F night - primogeno Toreador
Linhagem : Toreador 8ª Geração
Disciplinas Conhecidas : Presença - Auspicios - Rapidez - Dominação - Potencia -


Co- Sócia da Carpem Noctem Revista de Moda , há rumores de que ela já teve fama em algum lugar da França no seculo passado .  Não conformada com a renuncia de Strauss tentou descobrir por contra própria o que estava acontecendo. Está desaparecida desde então mas boatos circulam que ela foi vista em contato com os anarquistas da cidade.

Terry New - Secretário de Meg 
Linhagem : Toreador 9ª Geração
Disciplinas Conhecidas :  - Presença - Dominação - Rapidez -

Terry já é rico desde de sua vida mortal. Possuí uma grande habilidade financeira além de ser muito despojado. Já possuí um grande acervo de ações na web e controle as ações de Meg na Carpe Noctem, foi modelo no passado.

Calebros - Regente de New York
Linhagem : Nosferatus  8ª Geração
Disciplinas Conhecidas : Ofuscação - Potencia - Animalismo - Metamorfose - Fortitude - Rapidez - Auspicius.


Calebros Já foi o mais poderoso vampiro em Nova York, é um vampiro recluso tipico de seu cla. Permaneceu assim até mesmo quando tomou a cidade para sí décadas atras. Para não ficar exposto Sergei e Calebros iniciaram uma aliança na qual o Vampiro Ventrue se tornaria um Regente de faixada apenas para os eventos na sociedade de membros, porem Calebros é a verdadeira mente que domina a cidade até hoje. 



Lilly Charles
Linhagem : Carniçal 
Disciplinas Conhecidas : Potencia - Auspicios





July Sanders
Linhagem : Carniçal 
Disciplinas Conhecidas : Potencia - Auspicios








avatar
Beaumont
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 30
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey By Night - Batalha da Besta e Carne

Mensagem por Beaumont em Ter Jan 08, 2019 11:00 am


O Culto a Gehenna

Elisha Hurley - Anciã Malkaviana
Linhagem : Malkavianos - 6ª Geração 
Disciplinas Conhecidas : Presença - Fortitude - Potencia - Dominação - Ofuscação - Rapidez - Demencia - Auspicius -Metamorfose - Quimerismo.


Elisha é a mente perfeita a organizar todo o Império que New Jersey é Hoje. Depois da renuncia do antigo Regente ela assumiu o posto depois da avaliação da Arconte da Costa Leste. Depois de assumir o trono Elisha iniciou uma serie de novas regras a serem adotadas, tornou a camarilla de New Jersey mais temida e ofensiva o que acabou por criar conflitos em seu interior. Atualmente Elisha está com o objetivo sórdido de encontrar o terceiro mortal Caim ao qual diz possuir o conhecimento de sua localização. 

Aislin - 
Linhagem : - Aparição - 
Disciplinas Conhecidas :  ?



Purple
Linhagem : - Malkaviana - 9 Geração
Disciplinas Conhecidas : Potencia - Demencia - Rapidez




Dave Blade
Linhagem : Malkavianos - 10 Geração 
Disciplinas Conhecidas : Ofuscação - Dominação - Potencia -



Carl Deep
Linhagem : Malkaviano - 10 Geração 
Disciplinas Conhecidas : Demencia - Auspicius



Adonis
Seguimento: Mestre Desaurido da Mente e Espirito
Esferas Conhecidas : - Mente - Espirito - Entropia - Vida - Correspondencia - Tempo


Tudo começou quando um bando sabá resolveu caçar Adonis por ter assassinado um vampiro malkaviano AT a 5 anos atrás. A seita não sabia o processo então enviou Vallek Morton para buscar tais informações. Adonis aparentemente havia tirado a própria vida em um estranho ritual que alterou as percepções e a memoria de Vallek desde então. Os anos se passaram e a perturbação de Adonis se tornou mais frequente na mente do malkaviano. Agora Adonis ceifa a vida de todos os malkavianos que encontra em um estranho ritual de assassinato em série. 



O Caçador de New Jersey
Seguimento : Desconhecido 

Está foi a criatura vista por Herick Draven pela primeira vez no subsolo do Hospital Saint Claire, ela possuía traços característicos de um humano com um os pelos corporais ausentes e uma musculatura rígida. Os Ossos estavam expostos para fora do corpo. Sabe-se apenas que essa criatura tem traços de modificação pela Vicissitude

Malkav - O Iluminado
Linhagem : Malkaviano  3ª Geração
Disciplinas Conhecidas : Demencia - Auspicios - Ofuscação - Dominação - Taumaturgia (Dom de Morpheus - Mãos da Destruição - Movimento da Mente - Manipulação da Casca Mortal - Onicienscia -  Caminho da Maldição - Caminho da Corrupção) - Fortitude - Potencia - Rapidez - Presença






Outros Personagens Importantes

Athos Justino Vulgo "Dharma" - A mente
Linhagem : True Brujah - 6ª Geração
Disciplinas Conhecidas: Temporis - Presença - Auspícios - Feitiçaria Anarch(Movimento da Mente) -  Fortitude - Potencia- Obeah

Athos foi o principal responsável por unir os anarquistas por uma causa em New Jersey, o vampiro era um antigo aliado de Julian e esteve em torpor tempo o suficiente para não ver os últimos acontecimentos até que Nally se viu obrigada a acordar o antigo membro do Clã Brujah. Depois da morte final de Nally Athos refugiou os vampiros remanescentes em seu refugio, uma antiga Catedral abandonada no planaltos do Piomente. 

Delegado Gary Jones 
Conceito Delegado

O delegado Jones é Tio de Diana Jones. Gerente da franquia de saloes de beleza Carpe Noctem que está se alastrando pelo país. O delegado Jones é um devoto e responsável. Pai de duas meninas e um policial exemplar se não fosse extremamente impaciente e nervoso. Jones está se dedicando 100% para os eventos que culminaram na doença que está enlouquecendo a cidade.

Albert Bran 
Conceito: Filologo & Historiador cristão

Esse pesquisador está a serviço da NOM e auxilia na decodificação de códigos antigos sobre a história cainita e os vestigios dos anti Deluvianos. 

Chris Christie Governador de New Jersey
Conceito : Governador de New Jersey

Chris é um politico advogado do governo republicano, ousado e fanfarrão ficou maiormente conhecido por fazer cortes na educação convencional para uma forma mais dinâmica e moderna de ensino. Extremamente religioso está intensificando a segurança no estado com auxilio do governo federal 
Kyle Sanders (Chefe da Divisão da Ordem da Razão  - Nova Ordem Mundial)
Seguimento : Iniciado da Materia
Esferas Conhecidas : - Materia - Forças -  Correspondência - Entropia

Kyle Sanders serviu com o comandante Paul Kim na guerra contra o terror no ano de 2002 no Afeganistão. Excelente em combate tático e manipulação de equipamentos topográficos e outras quinquilharias . Sanders é um ótimo soldado e um excelente oficial de Campo. Foi chamado para o FBI a 2 anos para seguir com o treinamento para a unidade da nova ordem mundial. Um grupo da inteligencia mundial responsável por manter o controle de atividades terroristas de caráter sobrenatural.

Dr. Krauss
Seguimento : Mestre da Materia
Esferas Conhecidas : - Materia - Vida - Mente


Imutaveis
Seguimento : Vampiros com espirito da Weaver
Esferas Conhecidas : ?


Dean
Seguimento : Mercenário Acolito



Ingrid Bauer - A Dama de Ferro
Seguimento : Alta Inquisitora da Sociedade Leopoldo

CCD (O Centro de Controle de Doenças)

O CCD é um sub setor controlado pela Nova Ordem Mundial responsável por limpar as evidências causadas  pelas ações de Adonnis no estado de New Jersey. O Centro conta com os mais diferentes aparatos tecnológicos e estratégias para o combate e contenção das vitimas da raiva vermelha que tem se expandido entre humanos e vampiros da região.




_________________
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 30
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey By Night - Batalha da Besta e Carne

Mensagem por Beaumont em Ter Jan 08, 2019 11:50 am

Vallek Morton, Tom Halley
Em algum lugar...


 Tom Halley percebeu que já estava conectado aos outros Malkavianos, podia sentir o frenesi de Vallek, podia sentir a dor de Purple e Carll, seu sangue sendo drenado... todos eles já estavam fundidos a sala, o metal maleável se redobrou mais uma vez levando Elizie, Elisha,Allen, Carl, Dave e Purple para pontos diferentes da sala, fundidos as paredes exatamente como Vallek e Tom estavam. 

Não demorou para que a realidade na qual estavam tomasse outra forma. Como se o mundo não fosse mais o mesmo, tons azulados cobriam boa parte dos pontos de iluminação que se davam através de frestas no teto. Eles pareciam estar em uma caverna de metal bruto, as paredes não eram lapidadas como no laboratório, tudo ali era rustico em um tom triste e silencioso. 

Cada um deles acordou em uma espécie de buraco no chão. Um líquido azulado e viscoso brilhante tingia parte de seus corpos no volume de 5cm. Quando Vallek despertou percebeu que Elizie estava lá de agachada a admira-lo de forma estranha enquanto mexia a cabeça vagarosamente, seus olhos se arregalaram quando ele acordou e ela disse. 

Elizie : - Seu despertar, irrompe meu coração morto...

Ela parecia bem. Suas vestes eram negras, uma unica peça de vestido negra que cobria todo o corpo. Vallek e Tom logo perceberam que também estavam vestidos assim. Suas vestes eram todas padronizadas, aquele vestido negro e fino sem nada por baixo. Molhados com o líquido fluorescente de cor azulada em buracos em formas de caixões. 

Allen, Purple, Carl, Elisha e Dave acordaram logo depois, todos pareciam desnorteados em pontos diferentes mas não muito longes um do outro.  

A enorme esfera ainda estava lá. Mais uma vez em tom Azul, desta vez porem em um azul tão claro que olhar demais ofuscaria os olhos. Parecia incrivelmente maior também. Uma luz então se projetou no chão onde algo estava escrito. 

Luz escreveu:"Sua existência acabou, suas mentes são meros reflexos de vossa existência, vocês pertencem a mim e eu a vocês. 

U.N.O 

As três letras no fim pareciam ser algum tipo de assinatura, extremamente sem sentido.  

Spoiler:


Tom Halley
- PDS ?/14 
- FDV 6/7
- Vitalidade ?


Vallek Morton
- PDS ?/14  
- FDV 4/8
- Vitalidade ?


_________________
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 30
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey By Night - Batalha da Besta e Carne

Mensagem por Beaumont em Qua Jan 09, 2019 3:27 am

Rugall Salles
Carpe Noctem, Newark

Noite seguinte, Rugall abotoava sua camisa como uma forma de terapia para lidar com tudo o que aconteceu em sua existência até então. A viagem para Baille já estava mais do que atrasada, o voo havia sido marcado para as 19 horas, mas já havia se passado das 20 e  próximo voo era para as 21, ele chegaria no evento depois das 22. 2 horas de atraso em um evento Toreador ? Ele deveria saber que isso não era nem um pouco bom para a sua reputação. Mas os últimos eventos em sua vida foram impactantes, para ajudar uma nova mensagem chega em sua caixa de e-mail do seu celular. 

4ind4 est0u esper4nd0 p0r el4...

Essas palavras traziam um misto de agonia e preocupação. Não havia outra pessoa que conseguisse ser tão bem sucedido em entrar em sua caixa de e-mail toda vez com um nick anonimo e se auto apagar como Caleb o fazia. Ele ainda queria uma carniçal bonita que pudesse ajudar, o ódio pela perda de Diana e Lilly fizeram que Rugall praticamente arremessasse o cellular na parede, ele precisava de sangue, estava nervoso e se continha ao máximo respirando fundo como uma terapia. 

July se aproximou por trás e o abraçou firme, ela era capaz de qualquer coisa para agradar o seu senhor. Lhe entregou um novo celular, igualmente avançado. 

July Sanders: - Meu senhor, precisa se alimentar, reservei ótimas clientes na sala de spar para o senhor antes de sua viagem. Jovens, sangue doce e elas já estão relaxadas e deitadas o suficiente para que sua alimentação seja favorável, mas não as mate senhor, já estamos muito visados atualmente. 

July dizia beijando seu pescoço afavelmente para acalma-lo. Rugall se lembrou através das palavras de July que ela estava certa, ele estava sendo caçado pela igreja. O episódio da mente do motorista mostrava claramente sua mente lobotomizada por alguém que possuía habilidade com lavagem cerebral. Não havia alguém controlando o motorista, mas sua mente já havia sido alterada para que ele contasse aquela história caso fosse pego, como um gravador. Aquela história estava incompleta, ele precisava decifrar o enigma para continuar vivo. 

Spoiler:

Rugall Salles
- PDS 1/10 
- FDV 3/6  (Contendo Frenesi)
- Vitalidade Escoriado Agravado

_________________
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 30
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey By Night - Batalha da Besta e Carne

Mensagem por Beaumont em Qua Jan 09, 2019 3:45 am

Herick Draven
De volta a Newark  

Herick estava de volta a Newark, no grande prédio corporativo e legislativo que serviria de principal Elísio do condado. Desta vez o Xerife tinha o total apoio dos federais e da Camarilla para cercar a cidade de Sussex onde a movimentação Sabá ocorria. 

Herick olhava através de várias câmeras de monitoração, os eventos que ocorriam na cidade onde o Sabá havia se infiltrado. As informações de Francis, o Algoz Brujah, foram boas. De fato havia movimentação sabá, foi colhido imagens dos ataques, uso de disciplinas de Quietus e metamorfose... Herick arregalou os olhos quando viu o rosto de Viper nas imagens próximo a um cemitério seguindo em direção a floresta. Viper estava em Sussex, aquela era a chance de mais uma vez eles terminarem aquele assunto pendente. 

Herick olhou para frente e viu sua equipe. Seus dois Algozes, Francis e Aiz sentados esperando por ordens, Lelouch, o gangrel ainda não havia voltado da incursão aos planaltos do piomonte, isso preocupava Herick um pouco. 

Além dos algozes, havia mais 2 círculos de guerra, totalizando 10 membros da camarilla a serviço de Herick, a maioria Neofitos e crianças da noite. Mas tinham alguma serventia. Os federais estavam ajudando bastante cercando o perímetro da cidade. Um dos neofitos também era um policial federal, um Brujah de décima segunda geração e isso ajudava a interligar os federais a Herick naquele momento.  


Spoiler:


Herick Draven
- PDS 13/15
- FDV 6/7
- Vitalidade Ok


_________________
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 30
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey By Night - Batalha da Besta e Carne

Mensagem por Beaumont em Qua Jan 09, 2019 4:07 am

Danio Benetti
Piomonte

Adentrar naquela floresta e seguir o lobo branco se tornaria um desafio imenso. O poder do Auspicios de Danio precisou se fazer muito presente para sentir o cheiro de sangue preso na bocarra de Viper enquanto ele desaparecia entre as folhagens. Todos os outros sentidos se aflorar, Danio precisava por em pratica, seus mecanismos de defesa contra ataque de outros predadores, como ursos ou cobras naquele local. Os predadores se tornaram caças, Danio se alimentou de ursos, cobras e lobos. A cada abate, uma sensação maior de que ele poderia se adaptar, Viper ensinou o vampiro a ter paciência e a ouvir o que a floresta tinha a dizer. Se continuasse assim, Danio nunca mais teria fome, pois ele saberia como caçar. 

Viper e Danio passaram horas em um treinamento, caçando animais dos diversos tipos, Danio percebeu que principalmente sua audição e olfato foram cruciais para o desenvolvimento de suas habilidades.

Viper: - Os membros da mão precisam atacar de surpresa, nós sempre somos o elemento surpresa, você pode ser bom com palavras, mas aja sempre pelas sombras. Danio Benneti será apenas um disfarce, nós te chamaremos por um pseudo nome de apenas uma palavra. "Darko" 

Aquilo realmente mexeu com a mente do La Sombra, desde quando ele estava sendo observado, para que até mesmo o nome de Darko fosse uma coincidência. Viper, Sink... Nenhum deles tinham nomes de verdade, apenas code nomes, o que tornava suas identidades totalmente ocultas inclusive no meio sabá. O som do helicoptero cortando os céus acabou tirando a linha de pensamento de Danio naquele momento 

Viper: - Seu treinamento está longe de acabar, mas precisaremos avançar por agora. O local que você descreveu, me conduza até ele. 

Viper então voltava a sua forma animal, Danio estava em treinamento, mas algumas coisas, como a localização daquele bunker era a prioridade máxima. 


Spoiler:


Danio Benneti
- PDS 14/14 
- FDV 5/7 
- Vitalidade -2 Ferido Gravemente (Agravado)


_________________
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 30
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey By Night - Batalha da Besta e Carne

Mensagem por Undead Freak em Qua Jan 09, 2019 6:02 pm

Mil vozes se irromperam... Gritos abafados, murmúrios agoniados, choros sufocados e urros histéricos... todos acompanhados de um zunido estridente e constante e de um "trááááááááá", como se um gerador de luz velho, daqueles carregados a manivela estivesse sendo ligado pelo diesel. Uma luz ofuscante e desagradável irradiava nos olhos de Vallek, deixando todo o resto distorcido, como sombras borradas em uma fotografia de má qualidade; e então.... "Bã!". A luz se apagou dando lugar a uma escuridão absoluta e todos os sons e vozes silenciaram-se de uma vez. Não era misericórdia, paz ou o fim de um sonho ruim. O malkaviano havia perdido a consciência.

-- Seu despertar, irrompe meu coração morto...


Vallek abriu seus olhos totalmente negros e logo captou o rosto de Elizie. Ele então olhou o lugar... Era como uma caverna que, ao invés de pedra, era feita de metal bruto. A iluminação do local era como pequenos fragmentos dispersos de energia que davam ao local um aspecto azul-esverdeado, meio neon. Definitivamente não era mais o laboratório, e sim uma versão sci-fi de uma grande cova. Era silenciosa, triste e desolada.

Vallek se levantou e nada disse, limitando-se a encarar a todos. Havia algo estranho nele. Havia uma frieza nele. Não a frieza habitual de um vampiro, mas uma frieza ainda mais acentuada. Vallek encarou os mantos negros que eram usados como vestimentas por todos e aquilo lhe gerou uma expressão de asco, impossível de ser ocultada. Naquele momento Vallek não sentia nenhuma afinidade, companherismo ou carinho por seus irmãos de clã. Ele era indiferente e frio, como se todos ali fossem estranhos para ele -- até mesmo sua adorada Elizie.

A esfera viva, aquela consciência feita de luz voltou a interagir com eles. Parecia agora mais forte.Um facho de luz se projetou em um ponto específico no chão, onde Vallek pôde ler:

"Sua existência acabou, suas mentes são meros reflexos de vossa existência, vocês pertencem a mim e eu a vocês.

U.N.O"

Vallek notou que as três últimas letras pareciam uma espécie de assinatura. Foi então que voltou a falar e falou, pela primeira vez naquele lugar, as seguintes palavras em um tom soturno carregado de desprezo:

-- U.N.O? Uma Nova Ordem? Qual o problema? Sem mais torretas? Sem mais homens de lata? Poxa, que decepção. Depois de tudo que passamos juntos achei que o desfecho fosse ser algo melhor e mais criativo do que ser assimilado por um organismo patético pseudo-tecnológico e pseudo-demôniaco.

Vallek então arrancou suas vestes, ficando nu. Sentia nojo daquelas vestes. Sentia nojo daquela padronização. Sentia nojo daquela submissão. Addonnis havia tentado aquilo com ele e não conseguiu. Vallek não ia deixar aquela merda conseguir também. Ele não cederia sem lutar.

-- Somos malkavianos, e isso significa que, para o resto do mundo, não passamos de uns loucos de merda, não é? É isso. Não somos nada além de loucos, de doentes. Então como o resto do mundo pode estar errado, certo? Então assim é que vai ser. Você pertence a mim, assim como pertencemos a você? -- Vallek acentuou o sarcasmo nessa última frase. -- Você nos assimilou. Você assimilou uma doença. Eu vou ser a porra do câncer que vai fazer você definhar, sua bola de merda reluzente. Um de nós dois vai ganhar a luta, e eu não sou o único tumor que vai está aqui para te destruir por dentro...

Vallek sentiu ódio. Vallek sentiu aquela vontade inabalável de lutar, como havia sentido com Addonnis.

-- Eu sou uma maldição encarnada. Eu saí de deus, ou seja ĺá o nome daquele filho da puta, e nasci em Caim, me propagando pela humanidade e tomando ela de vocês, como estou fazendo com este corpo agora. É isso o que eu sou. Eu sou a encarnação das palavras de deus em forma de desprezo. Eu sou a encarnação do desprezo do teu criador, demônio. Aqui eles me chamam de maldição, mas não importa. Eu não me importo com nada. Eu só me importo em continuar existindo, e você não vai me impedir de continuar existindo. Seja nesse corpo ou em outro, seja nessa mente ou em outra, seja nesse clã ou em outro... Eu... sou... eterno...

Vallek sorriu expondo as presas. Enquanto ali estava, nu e carregado de ódio, ele finalizou seu discurso com as duas frases que mais gostava.

-- Non Serviam... Damnation seize my soul if I give your quarters, or take any from you!
avatar
Undead Freak

Data de inscrição : 02/05/2013
Idade : 29
Localização : São Paulo - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey By Night - Batalha da Besta e Carne

Mensagem por Fuuma Monou em Qui Jan 10, 2019 1:03 am

Sinto os músculos de minha perna doerem. Fazem algumas horas que estamos correndo pela floresta a procura de alimento e do caminho para o local onde deixei os outros membros do Bando. Meu cérebro parece ter deixado de responder às queimaduras em algum momento, pois pouco senti de seu efeito durante o percurso, apesar do começo ter sido bastante incomodo, para dizer o mínimo. A cada passo, cada grão de areia, cada folha que toca em minha pele da a impressão de que as chamas voltavam a ferir meu corpo.

De tempos em tempos o Lobo branco, o tal de Viper, some, deixando-me sem saber para qual caminho seguir. Deixo meus instintos fluírem, meus sentidos estão no máximo que a percepção do ambiente permite. É só assim que consigo rastrear meu novo 'professor'... pois o odor do vitae das presas que ele captura é o meu principal guia. Aos poucos, torno-me cada vez mais capaz de segui-lo pelo cheiro de sangue, mas não só isso... também pelo barulho que este faz ao atravessar o tapete de folhas caídas no chão.

"- Que sensação é essa? Essa euforia, essa potência... Sinto cada vez mais o que está ao meu redor, percebo coisas que antes não eram possíveis... É fácil perceber o porque dos Gangrel estarem mais perto da Besta que o resto de nós". - Penso claramente enquanto corro livre pelo planalto.

Viper desaparece por entre as árvores. Não ouço mais o som de seus passos, até que algo chama minha atenção. Olho para o lado. Sei que há algo ali... um animal pequeno, talvez. Ando calmamente até meu alvo. "- Será esse mais um teste?" - Me aproximo o mais silenciosamente que consigo. O cansaço começa a aparecer, pois quebro um galho no chão quando estou a não mais que um metro da serpente que fazia o barulho. Contudo, essa distância não é nada. Salto na direção que ela está seguindo, prevendo um ponto futuro em seu deslocamento. Consigo acertar facilmente e seu sangue, mesmo que 'frio', ainda consegue me alimentar.

Torna-se cada vez mais nítido a sutileza que é viver como um Forasteiro... isso sim que é vida... ou não-vida.

Os sons da floresta me preenchem por completo. Os odores entram em minhas narinas com uma intensidade nunca antes sentida por mim. Vejo mais longe... tudo está potencializado. Sinto como se fizesse parte do todo.

O Lobo Branco retorna e nós continuamos a corrida. Sinto-me vivo.

De repente, outro lobo aparece. Peço a meu professor que deixe-me agir. Quero testar o que estou aprendendo e, juntamente, usar de minha força. Procuro um ponto em que o meu odor não atraia a atenção do animal. Ando calmamente até o local em que ele está. Consigo chegar perto o suficiente para segurar seu pescoço e derrubá-lo no chão, cravando minhas presas em seu pescoço e bebendo seu líquido vital. Estou começando a ficar bom nisso, embora a algumas horas atrás eu não conseguisse fazer nada, mesmo com Viper iniciando o ataque ao alvo, cravando suas presas no pescoço da fera.

Enquanto o sangue do lobo me preenche, saciando minha sede, ouço as palavras de Viper, que retorna a forma animal.

Viper escreveu:- Os membros da mão precisam atacar de surpresa, nós sempre somos o elemento surpresa, você pode ser bom com palavras, mas aja sempre pelas sombras. Danio Benneti será apenas um disfarce, nós te chamaremos por um pseudo nome de apenas uma palavra. "Darko

"- Darko? De onde diabos veio esse nome? Desde quando eles me perseguem?" - Isso só me da mais 'provas' de que tudo isso não passa de uma alucinação.

- De onde veio esse nom... - As palavras se perdem com o barulho de um helicóptero.

"- Será que o Anjo da Morte conseguiu encontrar a aeronave dos Malkaviano ou, se for ele o piloto, esse veículo é de algum outro grupo?"

Apesar de tudo, o nome dito por Viper não sai de minha cabeça. De onde ele retirou o nome de meu colega de bando, o primeiro destruído após a loucura que se instalou no seio do Sabá... Precisarei perguntar isso ao próprio assim que continuarmos nosso percurso.

Viper escreveu:- Seu treinamento está longe de acabar, mas precisaremos avançar por agora. O local que você descreveu, me conduza até ele.

- De onde veio esse nome? Darko. - Pergunto antes que a transformação animal de Viper consiga ser completamente concluída.

Volto a andar, procurando usar as habilidades que tenho aprendido como forma de guiar-nos até o prédio que deixei na noite anterior.

"- Lars... te compreendo muito melhor agora. Estou chegando para te resgatar."

_________________
Sigo em frente... vivo numa noite eterna... as trevas me preenchem, me alimentam... sombras estão ao meu redor... elas falam comigo, me entendem... eu as entendo e compartilho de meu ser, minha alma... nós nos completamos e assim viveremos para todo o sempre.
avatar
Fuuma Monou

Data de inscrição : 08/03/2010
Idade : 29
Localização : Natal - RN

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey By Night - Batalha da Besta e Carne

Mensagem por Bahamut em Sex Jan 11, 2019 1:09 am

Rugall estava preocupado e vulnerável. Ele iria chegar atrasado ao baile e ainda precisava lidar com o Nosferatu ancião. Sua reação brusca de arremessar o celular foi uma descarga emocional muito bem controlada, afinal no estado em que ele se encontrava, descarregar suas tensões e preocupações poderia ser muito perigoso. July o surpreendeu logo em seguida, com um abraço caloroso, beijos carinhosos no pescoço e um celular novinho.

July Sanders: - Meu senhor, precisa se alimentar, reservei ótimas clientes na sala de spa para o senhor antes de sua viagem. Jovens, sangue doce e elas já estão relaxadas e deitadas o suficiente para que sua alimentação seja favorável, mas não as mate senhor, já estamos muito visados atualmente.

Rugall acariciou as mãos e braços de sua serva e em seguida se virou para ela, olhando profundamente em seus olhos e lhe devolvendo os carinhos com um beijo apaixonado. A sensação física do beijo pouco importava para ele, mas a sensação de ter ainda alguém do seu lado, alguém com quem ele podia confiar e se entregar totalmente, alguém para dividir todo esse calor humano, que ele já não possuía, sem contar no sentimento de reciprocidade que ele nutriu por ela naquele momento, foram o que motivaram o carinho. July recebeu o seu beijo de forma apaixonada e laçou o ombro de seu mestre com os braços, acariciando os cabelos dele com uma das mãos e deixando a outra mão solta, tendo movimentos involuntários em resposta à tudo o que ela sentia no momento. July sentia muito por suas amigas que faleceram, mas sentia muito mais por seu mestre. Ele passava por dificuldades e ela estaria ali para o que ele precisasse, independente do que fosse. Além do mais, agora ela era a sua única serva pessoal e ela teria toda a atenção dele só para ela. Ela não sabe se ele manteria ela como a única, mas não se importou com isso. Tudo o que ela queria era o carinho do seu mestre naquele momento. Rugall então interrompeu o beijo, vislumbrando sua carniçal com a boca semi aberta e os olhos fechados.

Rugall: - Não sei como agradecer a você e a tudo o que você vem fazendo por mim minha bela July. Vou me alimentar o quanto antes e partir para New York. Enquanto isso deixo para você uma última missão até eu retornar. Preciso de alguém de total confiança para ajudar no salão. Alguém que possa suprir as lacunas que foram deixadas por nossas amadas Diana e Lilly. Por favor, preciso dela para ontem. Pode ser alguém do salão ou alguém que você conheça. Quando eu voltar do baile, espero que tenha algo para mim. Você é tudo o que eu tenho agora.

July encarou seu lorde enquanto suas palavras invadiam seus ouvidos como um amante penetra a sua amada. Ela estava apaixonada e iria fazer tudo o que o seu amor mandasse sem titubear. Ela iria espera-lo com uma solução para seu problema com um lindo sorriso no rosto, um belo vestido em seu corpo e um calor que ele não teria como recusar.

Rugall então deixou seu escritório e foi até o spa. Lá haviam várias salas para massagens e outros procedimentos diversos. Rugall adentrou uma a uma, vislumbrando as belas mulheres que jaziam desnudas, deitadas com os rostos contra o colchão, em uma fresta específica para a apoiar a cabeça e apenas uma toalha cobrindo suas nádegas. Uma a uma ele se aproximou e se apresentou.

Rugall: - Boa noite! Eu me chamo Rugall e estou aqui para ministrar uma massagem de relaxamento especial. Eu mesmo a criei e você pode sentir algumas sensações um tanto diferentes devido à técnica utilizada mas eu posso lhe garantir que você nunca irá sentir algo igual. Talvez fiquem com um pouco de tontura ao levantar, o que é normal uma vez que a massagem relaxa o corpo por completo, trazendo muitas vezes sensações que algumas pessoas nunca sentiram antes e por consequência, a pressão sanguínea abaixa um pouco. Ainda assim, caso se sinta desconfortável ou receosa de qualquer forma, pode pedir para que eu pare a qualquer hora, afinal, eu estou aqui para lhe servir.

"Olá Rugall, eu sou Monique... sou Suzan... eu sou barbara, mas pode me chamar de barbie... Gillian... Kate... Kelly."

Todas responderam a Rugall de forma entusiasmada e muito lisonjeadas por estarem recebendo uma massagem do famoso, e belo, Rugall Salles. Ele por sua vez afastou o cabelo do pescoço de cada uma delas, deixando os cabelos pendendo para um lado. Com delicadeza ele fez uma massagem leve e relaxante da base da coluna até o pescoço, sem se demorar muito. Ao chegar ao pescoço, fez movimentos de pinça com a mão dos dois lados do pescoço, bem de leve enquanto procurava de que lado iria atacar e então, abocanhou o pescoço de cada uma e saboreou o doce vitae que sorvia de sua jugular. Rugall precisou se segurar com todas as suas forças, principalmente nas primeiras delas, para não se entregar à besta e não devorar a todas elas de uma só vez, se atendo a uma certa quantidade de sangue para poder se nutrir (até 2 os por vítima). As vítimas por sua vez, como sempre, se entregaram ao beijo negro como se fosse algo natural. O contentamento de seus corpos era nítido, provocando algumas movimentações nas pernas e quadris, inclusive alguns espasmos. Todas procuravam segurar os gemidos que procuravam escapar de suas bocas, concentrando em não deixar transparecer o prazer que sentiam mas deixando escapar a forte respiração que inflava seus pulmões. No final, Rugall delicadamente termina a "massagem" com as mãos massageando o couro cabeludo de cada uma, terminando de extrair suspiros e em algumas delas fazendo-se notar o líquido que escorria de suas intimidades.

Rugall: - Espero que tenha gostado da massagem. Podem ficar o tempo que precisarem para se recomporem. Do lado de fora terá um profissional a esperando para acompanha-la caso deseje qualquer outro serviço que nosso salão oferece. Você pode se sentir um pouco zonza ao se levantar. Caso isso aconteça, espere alguns instantes sentada até que a sua pressão normalize. Mais uma vez agradeço a preferência pelo meu salão e quero que saiba que sempre será muito bem vinda aqui. Com sua licença.

Uma vez alimentado, Rugall que já estava previamente vestido, termina de ajustar o traje, pega a sua máscara e parte para o avião, rumo a New York.
avatar
Bahamut

Data de inscrição : 04/10/2015
Idade : 35

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey By Night - Batalha da Besta e Carne

Mensagem por mitzrael em Sex Jan 11, 2019 2:02 pm

Herick via Viper .

Pensando: Entao ele ainda vive ??!!

Os musculos de Herick se regenciam, podia ser visto algumas veias enchando, seu odio
ainda fervivia dentro de seu intimo, agora mas que antes, as memorias de Herick ainda estavam bem claras, toda a dor e sofrimento que ele sentiu desde que Viper atravesou seu caminho .

Pensando: ta na hora de da um fim nessa parte da minha não vida.

Ja sei por onde podemos começar, vamos corta uma das cabeças da cobra, esse que aparece é Viper, ele faz parte da mao negra, quero ele vivo ou morto,vamos começar pelo cimiterio la deve ter alguma base .

Francis e Aiz vcs vem comigo, Lelouch vc sabe como sua equipe deve ser usada , mas temos de ser furtivos , temos de fazer um ataque surpresa , Viper e muito esperto , ele gosta de agir nas sombras , ele deve tar se preparando pra atacar e com isso que vamos
usar a nosso favor quando ele for atacar iremos supreende lo .


Vamos atacar com tudo, ataque massivo .

Vamos certa tudo , coloque bombas em todos os tuneis do local não vamos deixar nem uma acesso , temos de acabar com a infestação desses ratos .

Twisted Evil Twisted Evil
avatar
mitzrael

Data de inscrição : 08/03/2010
Idade : 38
Localização : Sergipe ,Aracaju

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey By Night - Batalha da Besta e Carne

Mensagem por Bad em Ter Jan 15, 2019 1:24 pm

Tom não entendia como aquilo estava acontecendo, mas entendia que tudo aquilo era algo diferente do que ele tinha.

-Vallek, sinto que algo mudou, parece que nosso elo mental esta diferente... e não falo da nossas roupas, e que roupas estranhas.

Tom observava cada canto daquela sala e tudo parecia estranho, mas ao mesmo tempo sentia todos ali, ate mesmo alguns que ele jurou que já estavam mortos....

- Ai U.N.O, sei quem tu é não pode ser que tu nem seja nada além da minha mente, mas essa historia de pertencem a alguém eu já vi uma vez e posso afirmar que não acaba bem.

Tom olhava aquilo tudo e tentava entender o que poderia ter acontecido... o mais importante o que tinha acontecido a ele...
Tom olhara para si mesmo com sua habilidade, com a intenção de identificar o que poderia ter acontecido o realmente estava acontecendo com ele...( OLHO DO CAOS)
avatar
Bad

Data de inscrição : 22/03/2010
Idade : 26
Localização : Brasilia - DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey By Night - Batalha da Besta e Carne

Mensagem por Beaumont Hoje à(s) 12:26 pm

Vallek Morton, Tom Halley
Em algum lugar...


 As palavras de Vallek eram recheadas de desprezo, decepção e um pouco de ódio. Não estava contente de estar ali, feito um prisioneiro sem explicação, ouvindo palavras sem sentido de um ser que talvez nem fosse real. Quando Vallek então rasgou suas vestes, todos puderam perceber os detalhes em seu corpo. Tatuagens na coloração azulada brilhavam como um estigma em seu corpo, símbolos estranhos, geométricos, tribais na maioria dos casos. Envolviam seu corpo de maneira exótica e um tanto alienígena. Vallek então continuou com os insultos e isso apenas estimulou outros a fazer o mesmo. 

Dave, um dos desconhecidos para Vallek, mas que Tom conhecia como um bipolar Malkaviano, chutou um enorme pedregulho na direção da esfera no topo, a pedra desfaleceu antes de chega em seu alvo e ele começou com as palavras também. 

Dave  : - Essa merda já deu, fique com seus joguinhos pra você, vou arrumar  uma jeito de subir aí e estragar com todo o seu show de bosta !

E assim o vampiro analisou rapidamente para então iniciar uma serie de saltos e escalada em direção a esfera. Ele aparentemente tinha muita potencia em membros e ganhava espaço rápido em direção a esfera.


Tom Teste de Olhos do Caos. Diff 8. = 1 Sucesso

 
Tom por sua vez tentava entender a situação. Seus olhos apenas piscaram e ele logo se impressionou ao ver que o cenário novamente começava a se mesclar com a antiga sala na qual estavam, mas porque ? Talvez se conhecesse mais o oculto pudesse entender o motivo daquilo, mas o sobrenatural não era o campo especialista do musico, as mensagens não eram claras para ele o suficiente. 

No fim todos acabaram se aproximando um pouco mais de Vallek. Elisha ainda era a mais apta a conseguir alcançar a esfera usando seu longo par de asas de couro, Elisha naquela forma assemelhava muito a um morcego, com garras e presas afiadas. Mas por enquanto ela e os outros se reservaram a observar a cena. 

Elizie sutilmente foi se aproximando de Vallek, sua intenção talvez fosse toca-lo em uma de suas tatuagens, mas antes que ela pudesse faze-lo ela gritou. Um som agudo  e inesperado, todos puderam sentir a dor que Elizie sentiu, como se os músculos de sua mão tivessem vida própria, se contorceram, encolheram até o ponto em que se dilatou até explodir. Não houve muito sangue, pois o corpo morto sem circulação fez com que apenas um punhado de vitae tingisse o peito nu de Vallek. 

Talvez a dor que Dave sentiu tivesse sido o motivo pelo qual ele caiu no meio do caminho e não conseguisse completar a sua escalada. Ele gritou em um misto de ódio e desespero. 

Dave: - Filho da putaaaa, isso não vai ficar assim ! 

A esfera então respondeu outra vez usando mensagens iluminadas no chão que eram projetadas pelas esfera. 

A dor que sentiram eu também senti, a dor que me causarem também sentirão. Doutrina-los será um trabalho árduo, mas eu o farei, todos serão punidos por cada ato ou palavra errada que disserem, isto significa ser...

U.N.O


Spoiler:


Tom Halley
- PDS ?/14 
- FDV 6/7
- Vitalidade ?


Vallek Morton
- PDS ?/14  
- FDV 4/8
- Vitalidade ?


Ambos estão sentindo a dor da perda da mão de Elizie. 


_________________
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 30
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey By Night - Batalha da Besta e Carne

Mensagem por Beaumont Hoje à(s) 2:25 pm

Danio Benetti
Piomonte

A questão do code nome dado a Danio ainda o intrigava. Seria mesmo possível que tudo aquilo fosse alguma manipulação mental sem sentido ? E se fosse, quem estaria ocasionando aquilo ?


Danio escreveu:De onde veio esse nome? Darko.

Um sorriso brotou no rosto lunático de Viper, aquela não era uma das respostas mais indicadas que Danio queria, mas foi a que ele recebeu. Antes que pudesse perceber, o transformação estava completa, Viper era mais rápido que os gangreis usuais em sua transformação. Danio então seguiu juntamente com o vampiro a favor do helicóptero. Eles desbravaram a mata fechada por um tempo até que assim como da outra vez, a vegetação mudava para um cenário mais árido. Um campo aberto de areia, talvez aquela terra devastada tinha sido proposital para que a fortaleza fosse criada bem no meio do nada. A partir daquele ponto não era mais difícil chegar ao bunker. A dupla viu o helicóptero seguir e pairar um pouco mais a frente. Viper tomou sua forma humana outra vez e sacou o celular para se comunicar com alguém. Ele olhou para Danio para que ele confirmasse o lugar. 

Danio tinha certeza que era ali. 


A porta revestida ainda estava lacrada, vários metros de concreto que separavam Danio de Lars. Viper pediu para que Danio se afastasse com um gesto de mão, não havia outra forma de invadir se não fosse pela força. O Helicóptero se colocou em posição e mísseis scouts deslizaram pelo céus em direção a porta. Um, dois deles atingiram a porta de concreto, explosão e poeira foram erguidas. A expectativa do resultado crescia enquanto a poeira voltava a baixar. Poderia ser que o local desabasse ou não, mas na verdade além da porta, parte da parede também se quebrou, mas ao menos a passagem havia sido liberada. 

O Anjo da Morte aterrissou o veículo aéreo enquanto observava o que ocorreu. 

Anjo da Morte : - As paredes podem estar comprometidas, não é seguro permanecer muito tempo. Vamos entrar, recolher os nossos que sobreviveram e sair. Existe a possibilidade de altos membros do conselho regencial estarem presos nesse lugar. Eles são a prioridade, mas faremos o possível para libertar todos, não há necessidade de te ocultar nada Dark'o. 

 



Spoiler:


Danio Benneti
- PDS 14/14 
- FDV 5/7 
- Vitalidade -2 Ferido Gravemente (Agravado)


_________________
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 30
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey By Night - Batalha da Besta e Carne

Mensagem por Beaumont Hoje à(s) 3:35 pm

Rugall Salles
Carpe Noctem, Newark

Agora Rugall estava revigorado. O alimento de seu rebanho mortal era tudo o que ele precisava melhor um pouco o seu humor depois de tudo o que aconteceu. Até mesmo a dor das escoriações da batalha contra Gillian pareciam mais amenas. Depois de fazer o pedido a July ele se despediu, entrou em seu carro com um novo motorista privado que o conduziria até o aeroporto, contudo assim que o vampiro entrou no luxuoso carro notou que algo estava no chão do carro. 

Um cartão. Com o nome de uma loja e um bordão.
 Alteradores do Destino
“A vida está a nossa volta, na água, nas árvores, na violência incontrolável do predador e da presa, em seu sangue

O cartão era feito de papelão simples, com uma imagem de fundo marrom como o tronco de uma arvore. No lado de trás o papel era branco com algo escrito a lápis
"Sabemos como trazer aquela que ama de volta a vida. Está disposto a pagar o preço ?"

Aquilo parecia muito estranho pra ser mera coincidência. Rugall havia percorrido apenas duas esquinas de carro, não dava para saber até quanto a segurança do Carpe Noctem estava fragilizada. Os vidros do carro estavam fechados e o estacionamento possuí câmeras e segurança por senhas digitais. O motorista parecia despreocupado, um mero mortal que desconhecia o mundo das trevas, inocente. Rugall percebeu um endereço 14th Menphis , mas desviar o caminho poderia trazer atrasos no voo e na chegada em New York. 


Spoiler:

Rugall Salles
- PDS 10/10 
- FDV 3/6  
- Vitalidade Escoriado Agravado

_________________
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 30
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey By Night - Batalha da Besta e Carne

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum