Against All Deamons [Cronica livre Caçadores] [Idade das Trevas]

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ir em baixo

Re: Against All Deamons [Cronica livre Caçadores] [Idade das Trevas]

Mensagem por Krauzer em Seg Dez 17, 2018 11:00 am

As criaturas avançavam com uma velocidade sobrenatural, e quando Raphael percebia, já havia uma em cima dele. Por pouco ele consegue se defender com seu escudo que é estraçalhado pelas mandíbulas da criatura. Malditos servos do mal, se eram capazes de fazer isso ao seu escudo, imagine se o atingissem em cheio!

      Sem pensar duas vezes, o templário golpeia a criatura com sua espada. Seu couro era duro como fibras de metal e a espada não a perfura, mas o golpe foi forte o suficiente para sangrar o inimigo. Um bom sinal, elas podia ser mortas, e Deus não permitiria que eles enfrentassem inimigos invencíveis.

      Procurando derrotar a criatura antes que ela consiga atingi-lo, Raphael desfere mais dois golpes de espada, na esperança de destruir de uma vez esta e poder auxiliar seus companheiros com as outras.
avatar
Krauzer

Data de inscrição : 29/10/2013
Idade : 48

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Against All Deamons [Cronica livre Caçadores] [Idade das Trevas]

Mensagem por Beaumont em Dom Dez 23, 2018 2:03 am


Capítulo - 1






O ataque das criaturas era avassalador, em segundos o grupo estava encurralado diante das bestas sedentas pelo gosto da carne de cada um deles, mas destinados a lutar até o ultimo suspiro que lhes restavam, os templários da ordem Gladius Dei demonstraram coragem o suficiente em suas ações. Raphael aproveitando se da defesa que seu escudo lhe providenciou, arremessou sua espada no corpo da besta, uma...duas vezes, o sangue escorria e a lamina afundava cada vez mais a cada corte, mas a besta não hesitava, uma nova golpeada de suas garras partiu o escudo em dois até que ele não pudesse mais servir para defesa. 

Tristan ferido ao chão pensa rápido e no impulso do reflexo dispara uma flecha a queima roupa que atravessou o cranio da criatura derrubando-a e livrando-o de ter seu braço arrancado de vez, assim que disparou a flecha a dor do corte sendo forçado lhe trouxe vertigens, sua vista tremeu juntamente com a chama da fogueira, estava cansado, mas não podia desistir. 

Kross teve sua vida salva pela sua armadura mais uma vez, os golpes da criatura empurravam o templário por vários metros de distancia da fogueira mas ele não teve nenhum ferimento maior, apenas leves escoriações, foi então que Rickman uniu toda a sua devoção a São Jorge, uma luz prateada irrompeu de seu peito e a figura de imponente Arcanjo floresceu perante suas costas. 

Spoiler:

Forças divinas golpearam a face da criatura, ela cedeu facilmente dando a chance da espada de Rickman deslizar pela grande mandíbula da criatura enquanto seu cranio se separava pela metade do corpo. 

Os outros 3 templários admiravam a grande figura que pairou nos céus e tiveram certeza mais uma vez que não estavam sozinhos. Como o poder de suas crenças, o divino enviara uma de suas Potencias para o campo de batalha, apenas a figura divina já foi capaz de amedrontar as criaturas que como cães apavorados recuaram com incrível velocidade. Apenas dois corpos das bestas permaneceram no chão branco e vermelho da neve, seus corpos antes gigantes se encolheram depois de mortos revelando-se como lobos normais de aparência grotesca e anormal. 

A figura do ser celeste desapareceu logo em seguida e no fundo, entre as arvores os 4 templários ouviram uma voz grotesca e bestial dizer. 

"Nós somos o exército...do inferno e não vamos desistir..."

Spoiler:
 

Os uivos não pararam, apenas ficaram cada vez mais longe. Somente então depois de alguns uivos distantes o pequeno grupo pode finalmente recuperar o folego e descansar, a dor no braço esquerdo de Tristan aumentava devido o relaxamento da adrenalina. Eles puderam então ver o simbolo no corpo das 2 criaturas abatidas. 

Spoiler:

O simbolo do Lord Dracon tatuado nos corpos das criaturas grotescas...



Ahmad:

Personagem: Tristan Ahmad
FDV: 5/7
Vitalidade : - 1 Ferido Agravado

Equipamentos: 
1 Machado de Batalha;
1 Escudo de Madeira;
1 Arco e Flecha
1 Adaga presa a cintura;
1 Provisão
1 Cavalo

Kross:

Personagem: Christopher Kross
FDV: 5/6
Vitalidade : Escoriado Letal 

Equipamentos: 
- 1 Punhal F+1 
- 1 Machado de Batalha F+3 Força Necessária 3
- 1 Arco e Flecha D6
- 1 Escudo de Batalha A+2
- 1 Espada LongSword F+2 
- 3 Provisões
- 1 Cavalo

Raphael:

Personagem: Raphael
FDV: 5/5
Vitalidade : OK

Equipamentos: 
- 1 Escudo de Batalha A+2 (Perdido)
- 1 Espada LongSword F+2 
- 1 Elmo de Batalha A+2
- 1 Arco e Flecha D6
- 1 Cavalo

Rickman:

Personagem: Richard Rickman
FDV: 9/10
Vitalidade : OK

Equipamentos: 
- 1 Armadura de Batalha A+3 
- 1 Elmo de Batalha A+2 (Para ataques direcionados a cabeça)
- 1 Escudo de Batalha A+2
- 1 Porrete de Batalha F+4 Força Necessária 3
- 1 Arco e Flecha D6
- 4 Provisões
- 1 Cavalo





Última edição por Beaumont em Dom Dez 23, 2018 3:22 pm, editado 1 vez(es)

_________________
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 30
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Against All Deamons [Cronica livre Caçadores] [Idade das Trevas]

Mensagem por mitzrael em Dom Dez 23, 2018 2:53 am



Christopher Kross por uma rasao sentia seu corpo congelar diante dos golpes daqueles monstros, sendo atacada duas vezes, sendo salvo pro sua armadura ou será que sua fé o salvo novamente ?
Pensando : O que e isso ? meus irmaos estao sendo atacados, nos fazendo parecer
como ovelhas, não posso perder mas irmaoes assim !! tenho de ajuda los .


Kross podia sentir o cheiro e o bafo daqueles animais , ele segurava sua besta e olhava para seus amigos sendo atacados , mas ele sentia seu corpo sendo arremeçado e novamente sua armadura o salvava .

Pensando : que maldição o que ta acontecendo comigo ?

Kross via em sua frente uma grande Luz e um anjo dentro dela fazendo que as criaturas se
afasta se , correndo de medo .

Sabia que o criador não ia deixar seus filhos so nessa batalha .

"Nós somos o exército...do inferno e não vamos desistir..."

pensando: Malditos !!!!

Kross se erguia e ia andando ate seus amigos e via o que todos acabavam por descubrir
as criaturas eram cria do Dracon . Ele se joelhava e tocava na criatura .

Meus amigos eles estao testando nossas forças isso não esta nem longe de acabar
temos de nos alimentar , curar nossas feridas e seguir eles vao voltar so ganhamos
tempo .


Twisted Evil Twisted Evil
avatar
mitzrael

Data de inscrição : 08/03/2010
Idade : 38
Localização : Sergipe ,Aracaju

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Against All Deamons [Cronica livre Caçadores] [Idade das Trevas]

Mensagem por Ignus em Dom Dez 23, 2018 7:27 pm

Richard teria dificuldade em explicar o que ele sentia no momento exato que antecedia a manifestação da luz sagrada. Lembrava um pouco um formigamento, mas não era bem isso. Lembrava um pouco um frio na barriga também, mas não era isso igualmente. O que ele sabia era que era uma sensação intensa e que assim que ele a sentia a luz emanava e então ele tinha a certeza de que o Senhor decidira intervir e enviar um de seus Santos para ajudá-lo em sua missão sagrada de combater o mal.


Kross teve sua vida salva pela sua armadura mais uma vez, os golpes da criatura empurravam o templário por vários metros de distancia da fogueira mas ele não teve nenhum ferimento maior, apenas leves escoriações, foi então que Rickman uniu toda a sua devoção a São Jorge, uma luz prateada irrompeu de seu peito e a figura de imponente Arcanjo floresceu perante suas costas.


A despeito da vontade de parar e olhar o ser celestial, não havia tempo para contemplar o emissários dos céus ali. Richard implorara pelo auxílio celestial e ele lhe fora dado. Agora como o bom soldado que era era hora de punir o mal, não de admirar as maravilhas do Senhor.


Forças divinas golpearam a face da criatura, ela cedeu facilmente dando a chance da espada de Rickman deslizar pela grande mandíbula da criatura enquanto seu cranio se separava pela metade do corpo.


Trespassar o crânio da criatura faz Richard imediatamente procurar por outro alvo. O templário estava experimentando o deleite da batalha. Ele ansiava por atacar outra daquelas crias de Satanás. A rigor, ele lutaria contra o próprio Diabo naquele momento de bom grado se Lúcifer mostrasse seus chifres naquele campo de batalha agora. Deus estava com o ex-cruzado, como ele bem sabia e a luz angelical provava. Era hora de desfazer a obra do maligno na terra!


apenas a figura divina já foi capaz de amedrontar as criaturas que como cães apavorados recuaram com incrível velocidade.


Em meio a sua ânsia por combater aquela fuga era um verdadeiro anticlímax.

Richard corre alguns passos em direção aos inimigos que se afastam e de de dentro de seu elmo se pode ouvir sua voz abafada:

-Covardes! Voltem e lutem, crias de Satanás.

Mas de nada adianta. As criaturas desaparecem na mata e Richard tem o bom senso de não sair em uma perseguição cega atrás deles. Richman pode perceber a luz celestial ficando menos intensa conforme percebe que a batalha chegara ao seu fim.


A figura do ser celeste desapareceu logo em seguida e no fundo, entre as arvores os 4 templários ouviram uma voz grotesca e bestial dizer.

"Nós somos o exército...do inferno e não vamos desistir..."


Embora normalmente Richard fosse taciturno naquele momento seu sangue ainda estava quente e seu fervor religioso ainda mais quente. Ele grita de volta para a escuridão, com a voz abafada por seu elmo.

-Pois venham. A lâmina do Altíssimo estará esperando!

Depois de os uivos finalmente desaparecerem Richard relaxa um pouco e observa os arredores. Estavam todos vivos e nenhum de seus irmãos parecia precisar de cuidados médicos urgentes. Isso significava que a prioridade era lidar com os corpos das Bestas.

"O Senhor nos manda vigiar e orar. Nessa ordem. A primeira coisa é me certificar de que essas coisas estão realmente mortas."

O homem caminha até o corpo do lobo que era seu oponente até agora pouco. Ele admira o corpo deformado do lobo por alguns instantes e então golpeia seu pescoço, separando do corpo a metade da cabeça que ainda se encontrava ligada a ele. A seguir ele caminha até o segundo lobo e o decapita também para se certificar de que aquela abominação estava verdadeiramente acabada. As duas cabeças (uma delas divididas em duas já) são então arremessadas no fogo.

Confiante de que finalmente realizara todas as obras necessárias Richard então se coloca de joelhos, com a ponta de sua espada enterrada na terra e voltado em direção à fogueira onde as cabeças dos lobos queimam.

Spoiler:

Ele a princípio reza em silêncio, agradecendo a Deus pelo auxílio e jurando ser sua espada na terra. Sem sequer se dar conta logo ele está murmurando um pai nosso, seguido de um ave-maria e sua voz pode ser ouvida cada vez mais alta. Ao final ele uma vez mais agradece por tudo e faz um último pedido.

-Senhor, agradecemos ainda pela comida que nos foi enviada. Consagrai a carne dessas bestas para que possamos consumi-la. Expurgai o mal delas para que nos sirva de alimento em nossa santa jornada sob suas ordens.

Após se levantar Richard finalmente se dirige a seus irmãos.

-O Senhor é bom. Ele nos mandou provisões para nos mantermos fortes em Sua luta. A carne desses lobos pode nos alimentar em nossa jornada por esses campos estéreis.

Caso não haja objeções Richard concordará com o plano de Christopher de seguirem adiante assim que possível


OFF: Seria caso de recueprar 1 fdv em razão da natureza de meu PJ?
avatar
Ignus

Data de inscrição : 12/03/2011
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Against All Deamons [Cronica livre Caçadores] [Idade das Trevas]

Mensagem por Krauzer em Ter Dez 25, 2018 12:01 pm

Um novo ataque da besta era repelido pelo seu escudo danificado, que novamente lhe salvava de um destino terrível, e era totalmente despedaçado pelas mandíbulas da voraz criatura. Raphael se aproveita dela estar atacando e desfere mais dois golpes de sua espada contra o monstro. O sangue vil da besta escorria por sua arma, mas ela não desistia e Raphael também não o faria. Ele jogava os restos de seu escudo longe e segurava sua espada com as duas mãos. Se por acaso morresse nas mãos desta cria dos infernos, ao menos daria tudo de si para levá-la junto consigo.

      O combate estava prestes a ser finalizado quando um clarão de luz chama a atenção de todos os presentes.









    Raphael se virava a ponto de ver um anjo de luz se manifestar ao lado de seus companheiros. A imagem era magnífica e o enchia de coragem, ao passo que os lobos malditos pareciam estremecer à sua presença e fugiam para as trevas.

      Antes de desaparecerem contudo, um dos monstros não deixa de pronunciar um último desafio:

- Nós somos o exército...do inferno e não vamos desistir...

- Voltem e sofrerão a ira de Deus, seus covardes!

      O enviado celestial desaparecia, mas sua aura de luz e justiça ainda permeava o ar. As crias do mal não voltariam tão cedo. Um de seus colegas decapita as bestas caídas e arremessa as cabeças ao fogo, para em seguida orar. Raphael retira seu elmo, limpa o suor da testa, crava sua espada no chão, se ajoelha, segura o crucifixo em seu pescoço e agradecia.

- In nomine Patris et Filii et Spiritus Sancti- Dizia ao fazer o sinal da cruz. - In Hoc Signo Vinces!.
avatar
Krauzer

Data de inscrição : 29/10/2013
Idade : 48

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Against All Deamons [Cronica livre Caçadores] [Idade das Trevas]

Mensagem por Reverendo em Sab Dez 29, 2018 1:45 pm

TRISTAN


Beaumont escreveu:
Tristan ferido ao chão pensa rápido e no impulso do reflexo dispara uma flecha a queima roupa que atravessou o cranio da criatura derrubando-a e livrando-o de ter seu braço arrancado de vez, assim que disparou a flecha a dor do corte sendo forçado lhe trouxe vertigens, sua vista tremeu juntamente com a chama da fogueira, estava cansado, mas não podia desistir. 

Fadigado o Caçador apoia a mão esquerda na neve enquanto o sangue escorre pelo seu braço, de joelhos Tristan leva a mão direita até o cabo de sua Cimitarra aguardando o próximo ataque das criaturas na esperança de ser mais rápido e contra-atacar antes de ser atingido, quando é surprendido por um forte clarão de luz . . .

Beaumont escreveu:
Os outros 3 templários admiravam a grande figura que pairou nos céus e tiveram certeza mais uma vez que não estavam sozinhos.

Apesar de testemunhar amanifestação divina, Tristan não foi capaz de vislumbrar toda a magnitude do ser celeste enxergando apenas um faixo de luz translucido, uma consequência da sua falta de fé e afastamento de Deus . . . o Caçador busca  forças em seu coração e nas memórias de sua amada esposa. Em seu rápido devaneio, ele se recorda de seus olhos exóticos, o doce sorriso e sua bela voz. Tristan suspira pesadamente recuperando o folego que foi retirado de seu peito na dura batalha contra os lobos e olha para os céus procurando por Abel, seu companheiro emplumado e pronuncia em sua lingua nativa.

- habil dhababat ealiat waitibae almakhluqat , 'urid 'an 'aerif 'ayn yakhtabi alearin.
Tradução::
Abel vôe alto e siga as criaturas, quero descobrir aonde é o covil que eles se escondem.


Beaumont escreveu:
"Nós somos o exército...do inferno e não vamos desistir..."

Krauzer escreveu:- Voltem e sofrerão a ira de Deus, seus covardes!

Mesmo com a resposta confiante de Raphael, a voz gutural da criatura ecoa no vazio da alma de Tristan que esquadrilha as arvores sem vida em busca da origem das palavras, seu braço ainda arde como se uma brasa estivesse encostado nele, era necessário efetuar cuidados médicos ou o frio e a noite terminariam oque os lobos não foram capazes de fazer.  Após sacar sua faca de caça presa a cintura e mergulhar a lâmina nas chamas, o Caçador toma uma decisão dificil, cauterizar a ferida para estancar o sangramento, Graças a seu conhecimento de ervas medicinais, Tristan  improvisa um uguento com algumas folhas e raizes para colocar na ferida após a cauterização.

OFF::
Vou primeiramente efetuar os tratamentos médicos necessários para estancar a ferida e evitar danos ou morte por sangramento, se possivel utilizarei os conhecimentos de Herborismo do personagem para preparar algum uguento com raizes para aliviar a queimadura que será efetuada com a Cauterização. Depois de feito os primeiros socorros Tristan irá avaliar as criaturas que tombaram em combate, principalmente os simbolos que ele viu e tentar descobrir o maximo de informações que puder
avatar
Reverendo

Data de inscrição : 14/08/2018
Idade : 38
Localização : Vila Velha - ES

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Against All Deamons [Cronica livre Caçadores] [Idade das Trevas]

Mensagem por Beaumont em Dom Jan 13, 2019 4:21 pm


Capítulo - 1




O ânimo daqueles soldados havia sido revigorado pela presença abençoada do ser manifestado, mas aquela havia sido apenas mais uma batalha daquela longa guerra que estava pela frente, assim que as cabeças foram arremessadas ao fogo por Richard, um cheiro forte de enxofre se alastrou pelo local, embrulhando o estomago de todos enquanto lembranças ruins vinham em suas mentes, a chama aumentou drasticamente e ficou esverdeada por alguns segundos voltando depois ao normal quando os crânios decepados não eram mais do que cinzas na fornalha. Enquanto  Raphael e Richard oravam ao pé da fogueira, risadas malignas ecoaram apenas em seus ouvidos, eles se mantiveram firmes até o fim das orações, mas algo maligno parecia se divertir zombando de suas crenças e valores, ao abrir os olhos não havia ninguém ali e Kross e Tristan não pareciam ter escutado nada pois estavam naturalmente despreocupados. 

Tristan Ahmad estava concentrado, passado o conflito ele se afastou apenas um pouco e se sentou na gelada neve, seus olhos eram os olhos de Abel, que via no meio da leve nevasca para onde estavam fugindo as criaturas das sombras, monstros negros que se juntavam a outros no esgotos da cidade mais próxima de Raingard. Um grande túnel que servia para que a população do feudo depositasse seus dejetos que era desbocado em um braço que levaria ao rio. Abel deu seu rasante e o mal cheiro de podre impregnou as narinas de Tristan. Ele contou ao menos 10 pares de olhos rubros a espreita no breu escuro do esgoto. Abel hesitou, não era seguro aterrissar mais perto, a ave então subiu novamente aos céus dando a Tristan a visão panorâmica do feudo e do castelo onde estaria o Lord Draco.  


O cenário era feio, triste e desolado devido ao frio e a fome. A cidade não parecia atrativa, provavelmente devido a influencia do homem que vendeu a sua alma ao mal. 

Tristan voltou em sí, mas com um gosto de podre na boca, enjoado por se lembrar do cheiro presenciado por Abel, a conexão dos dois era extremamente forte. Tristan calculou que se viajassem naquela hora poderiam chegar a cidade antes do anoitecer se fossem rápidos. 

Kross, rasgava a carne dos lobos, limpando a carne da gordura com o punhal e seguindo a ideia dos outros cavaleiros de tornar a carne dos lobos, carne defumada para que pudesse durar alguns dias de viagem a mais... 



Ahmad:

Personagem: Tristan Ahmad
FDV: 5/7
Vitalidade : - 1 Ferido Agravado

Equipamentos: 
1 Machado de Batalha;
1 Escudo de Madeira;
1 Arco e Flecha
1 Adaga presa a cintura;
1 Provisão
1 Cavalo

Kross:

Personagem: Christopher Kross
FDV: 5/6
Vitalidade : Escoriado Letal 

Equipamentos: 
- 1 Punhal F+1 
- 1 Machado de Batalha F+3 Força Necessária 3
- 1 Arco e Flecha D6
- 1 Escudo de Batalha A+2
- 1 Espada LongSword F+2 
- 7 Provisões (+4 Adicionados)
- 1 Cavalo

Raphael:

Personagem: Raphael
FDV: 5/5
Vitalidade : OK

Equipamentos: 
- 1 Escudo de Batalha A+2 (Perdido)
- 1 Espada LongSword F+2 
- 1 Elmo de Batalha A+2
- 1 Arco e Flecha D6
- 1 Cavalo

Rickman:

Personagem: Richard Rickman
FDV: 9/10
Vitalidade : OK

Equipamentos: 
- 1 Armadura de Batalha A+3 
- 1 Elmo de Batalha A+2 (Para ataques direcionados a cabeça)
- 1 Escudo de Batalha A+2
- 1 Porrete de Batalha F+4 Força Necessária 3
- 1 Arco e Flecha D6
- 4 Provisões
- 1 Cavalo

_________________
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 30
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Against All Deamons [Cronica livre Caçadores] [Idade das Trevas]

Mensagem por Reverendo em Seg Jan 14, 2019 12:44 pm

TRISTAN

Reverendo escreveu: Após sacar sua faca de caça presa a cintura e mergulhar a lâmina nas chamas, o Caçador toma uma decisão dificil, cauterizar a ferida para estancar o sangramento, Graças a seu conhecimento de ervas medicinais, Tristan  improvisa um uguento com algumas folhas e raizes para colocar na ferida após a cauterização.

Tristan morde a bainha da faca para segurar a dor e com determinação pega a lâmina que está nas chamas e encosta o aço avermelhado na ferida feita pela criatura. Seus dentes estalam devido a força que fez para suportar a dor, o caçador aperta o mais profundo que pode pelo maior tempo que suporta, largando a faca aquecida na neve emitindo um som de chama sendo extinta por água enquanto um vapor sobe e desaparece lentamente no céu. A ferida estava estancada mas o descanso não era um privilégio que  poderia ter, não naquele momento.
Faca de caça:


Apesar de terem vencido o combate, não tinha como negar o gosto amargo de uma derrota e cantar vitória não seria algo que Tristan faria agora. Consciente de que todo animal ferido retorna para seu refugio e que agora o inimigo tinha testemunhado do poder ofensivo que eles possuiam, o caçador novamente no confia em seu companheiro emplumado e concentra-se para compartilhar a alma com Abel.
Beaumont escreveu:Tristan Ahmad estava concentrado, passado o conflito ele se afastou apenas um pouco e se sentou na gelada neve, seus olhos eram os olhos de Abel, que via no meio da leve nevasca para onde estavam fugindo as criaturas das sombras


Tristan retorna do compartilhamento da alma com Abel, a sensação do forte cheiro que a ave de rapina captou ainda é presente para o caçador que mesmo acostumado com  o elo Espiritual, sente nauseas e prende a respiração com intuito de não perder o jantar. Após alguns segundos segurando a vontade de vomitar, Tristan passa a mão no rosto e cofia a barba pensativo calculando quanto tempo demorariam para chegr até o local que Abel tinha descoberto, ele tinha certeza de que se apertassem a cavalgada chegariam ao destino antes do anoitecer e teriam a vantagem do por-do-sol a seu favor que pode confundir os inimigos quanto ao verdadeiro numero de cavaleiros presentes neste grupo. O Caçador resgata sua faca de caça que ja está com a lâmina fria e em seguida enfaixa o ferimento que acabou de cauterizar, ele então beija lentamente sua aliança de casamento pedindo forçar para prosseguir e caminha confiante até sua montaria e diz para seus irmãos de armas.

- Eu sei aonde as vis criaturas se esconderam.

Tristan Ahmad pega o escudo que está preso na cela de sua montaria e contempla por um curto periodo de tempo, logo em seguida ele se aproxima dos oradores. O Caçador pondera sobre quais palavras usar então se recorda de um proverbio do livro Sagrado (Biblia) e presenteia Raphael oferecendo o escudo de madeira pintado de vermelho com uma típica arte islmamica decorando toda a frente.
Escudo islamico:


-  Toda a Palavra de Deus é pura; escudo é para os que confiam nele.

O Caçador entrega o escudo ao companheiro de armas e retorna a sua montaria com o olhar confiante e passos determinados, ele podia sentir dor da ferida e o frio congelante mas a visão daquele vilarejo explorado o fez voltar ao real objetivo desta campanha, eliminar Lord Dracon. Tristan pega o seu machado e mesmo com o braço ferido arranca um galho grande de uma das arvores sem vida.  Aparando as laterais do galho para formar um bastão, o Caçador inicia o processo de afiar uma ponta na madeira e finalizar nas brasas da fogueira para aumentar sua resistência, concentrado em seu trabalho Tristan Ahmad se pronuncia para seus companheiros de armas:

- Irmãos de armas, se seguirmos para Leste encontraremos nosso destino o covil de Lord Dracon . . . porém um vilarejo está sendo oprimido pelas forças demoniacas de nossos inimigos e temo se ignorarmos esta oportunidade poderemos ser surprendido pelas costas. Acredito que a melhor forma de prosseguir seja cavalgarmos até o vilarejo e atacar as criaturas no proprio covil tendo a luz do dia como nossa aliada.

Soundtrack: :


O Caçador se pronuncia com a voz cansada porém demonstra que seu espírito ainda está firme ao proposito da Ordem, suas palavras são seguras e sinceras. Em suas mãos habilidosas ele confecciona uma lança improvisada para empalar qualquer criatura que saltar em sua direção, afinal sua tunica não iria mais protege-lo de um segundo ataque.
avatar
Reverendo

Data de inscrição : 14/08/2018
Idade : 38
Localização : Vila Velha - ES

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Against All Deamons [Cronica livre Caçadores] [Idade das Trevas]

Mensagem por mitzrael em Seg Jan 14, 2019 4:55 pm



Kross preparava a carne enquanto olhava em sua volta .

Pensando: tantas mortes sendo cobertas por essa neve tao branca e pura , como um veu , escondedo dos nossos olhos o lado sombrio e perverso .

Kross guardava a faca limpando em sua armadura e ia andando ate seu cavalo .

Meu velho amigo nossa jornada nem começo e tanto irmaos ja cairam , temos tanto
o que fazer .


Kross se sentava em em seu cavalo e olhava para seus irmaos ainda vivos , seu olhar parecia distante e triste sabia o tinha de ser feito e sabia que nessa missão poderia ser que não os viria novamente .

Twisted Evil Twisted Evil
avatar
mitzrael

Data de inscrição : 08/03/2010
Idade : 38
Localização : Sergipe ,Aracaju

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Against All Deamons [Cronica livre Caçadores] [Idade das Trevas]

Mensagem por Krauzer em Ter Jan 15, 2019 4:58 pm

Raphael orava enquanto ouvia risos e zombarias em sua mente. Maldito seja quem ousa atrapalhar seu momento com Deus, quem quer que esteja fazendo isso pagará caro.

      Um de seus companheiros então, quebrava o silêncio:

- Eu sei aonde as vis criaturas se esconderam - Então o mesmo caminha até Raphael e lhe entrega um escudo Islâmico -  Toda a Palavra de Deus é pura; escudo é para os que confiam nele.

- Obrigado, companheiro!

      Apesar dos símbolos Muçulmanos no escudo incomodarem Raphael, este aceitava o presente de bom grado. Em seguida, seguia até as criaturas mortas que serviriam como alimento para eles. Raphael não tinha certeza se sua carne seria apta para o consumo, mas preferia deixar isso para os caçadores que entendiam melhor do assunto. Ele então faz um corte com sua espada na carne que parece mais mal passada, esperando encontrar sangue. Assim que o faz, com o sangue do animal faz um desenho no escudo.



      Ele esperava que assim como com o antigo Imperador Constantino, o símbolo divino também trouxesse sorte nas próximas batalhas do grupo.

- In Hoc Signo Vinces!

- Irmãos de armas, se seguirmos para Leste encontraremos nosso destino o covil de Lord Dracon . . . porém um vilarejo está sendo oprimido pelas forças demoniacas de nossos inimigos e temo se ignorarmos esta oportunidade poderemos ser surprendido pelas costas. Acredito que a melhor forma de prosseguir seja cavalgarmos até o vilarejo e atacar as criaturas no proprio covil tendo a luz do dia como nossa aliada.

      Raphael concordava com a cabeça. Era mais sábio atacar as criaturas do demônio sob a proteção do dia e assim eles o fariam.
avatar
Krauzer

Data de inscrição : 29/10/2013
Idade : 48

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Against All Deamons [Cronica livre Caçadores] [Idade das Trevas]

Mensagem por Ignus em Qua Jan 16, 2019 2:43 pm

Raphael e Richard oravam ao pé da fogueira, risadas malignas ecoaram apenas em seus ouvidos, eles se mantiveram firmes até o fim das orações, mas algo maligno parecia se divertir zombando de suas crenças e valores, ao abrir os olhos não havia ninguém ali e Kross e Tristan não pareciam ter escutado nada pois estavam naturalmente despreocupados.


Richard se mantém inabalável em suas preces, resistindo ao escárnio das trevas. Se ele estava incomodando o diabo e seus asseclas era sinal de que estava agindo de acordo com a vontade de Deus.


Kross, rasgava a carne dos lobos, limpando a carne da gordura com o punhal e seguindo a ideia dos outros cavaleiros de tornar a carne dos lobos, carne defumada para que pudesse durar alguns dias de viagem a mais...


O cruzado ficava feliz por alguém mais habilidoso nisso do que ele estar cuidando de preparar a carne para viagem. Se tudo desse certo eles não precisariam daquela carne, mas era melhor não desperdiçar recursos que poderiam vir a ser úteis.


- Eu sei aonde as vis criaturas se esconderam - Então o mesmo caminha até Raphael e lhe entrega um escudo Islâmico -  Toda a Palavra de Deus é pura; escudo é para os que confiam nele.


Para Richard Muçulmanos são hereges que não aceitam o Deus verdadeiro, então ele não pode deixar de ficar com um pé atrás com Tristan. Por outro lado, ele fora aceito em sua Ordem, o que fazia com que ele tivesse ao menos o benefício da dúvida quanto a suas intenções.


- Irmãos de armas, se seguirmos para Leste encontraremos nosso destino o covil de Lord Dracon . . . porém um vilarejo está sendo oprimido pelas forças demoniacas de nossos inimigos e temo se ignorarmos esta oportunidade poderemos ser surprendido pelas costas. Acredito que a melhor forma de prosseguir seja cavalgarmos até o vilarejo e atacar as criaturas no proprio covil tendo a luz do dia como nossa aliada.


"Poderia ele estar tramando uma armadilha para nos desviar do nosso caminho? O sujeito é um infiel que não reconhece nosso salvador. Não posso ter certeza de que ele seja confiável. Bem, se for isso ele poderia estar mentindo também a respeito da localização do castelo de Dracon, então não adianta nada levantar essa dúvida em voz alta. Melhor seguir por enquanto a sugestão dele. De olhos bem abertos."

De dentro de seu elmo a voz abafada profere duas palavras:

-De acordo.
avatar
Ignus

Data de inscrição : 12/03/2011
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Against All Deamons [Cronica livre Caçadores] [Idade das Trevas]

Mensagem por Reverendo Hoje à(s) 10:55 am

TRISTAN


Reverendo escreveu:O Caçador se pronuncia com a voz cansada porém demonstra que seu espírito ainda está firme ao proposito da Ordem, suas palavras são seguras e sinceras. Em suas mãos habilidosas ele confecciona uma lança improvisada para empalar qualquer criatura que saltar em sua direção, afinal sua tunica não iria mais protege-lo de um segundo ataque.
confeccionando a lança:


Após terminar sua lança de madeira, Tristan observa  seus companheiros de batalha certificando-se de que cada um deles está se preparando para partir e seguir o plano que ele sugeriu. O sol já havia cortado mais da metade do céu e a luz do dia mesmo tímida  é uma vantagem que o Caçador deseja usar a seu favor. Tristan ainda pode sentir o cheiro desagradavel em suas narinas, aquela podridão que Abel detectou não são apenas degetos de uma fossa, existe algo mais podre naquele buraco escuro que os instintos de um predador o avisaram a não entrar: Um Predador maior.A atitude de Kross chama a atenção de Tristan, ele observa Kross preparando o que seria Carne defumada com os copos das criaturas que acabaram de enfrentar. O Caçador se atenta ao simbolo de Lord Dracon tatuado nas criaturas grotescas e se pergunta se seria seguro alimentar-se das bestas.
"

- Não sei dizer se é correto ou seguro comermos esta carne amaldiçoada, afinal as criaturas sabem falar, eles se comunicaram e o pior, carregam o simbolo do Algoz que desejamos eliminar. Diz Tristan para Kross apontando para o simbolo de Lord Dracon.

Ações:
Tenho a intenção de acessar os conhecimentos de Tristan sobre os vampiros, mais precisamente sobre Lord Dracon, então farei uma jogada de Inteligência+Ocultismo somando o meu nível de Cultura da sTrevas (Vampiros). Gostaria de ser informado sobre o que Tristan sabe sore o Lord: Clã, Disciplinas, Geração e qualquer outra informação peculiar que eu puder para atualizar meus irmãos de armas.
avatar
Reverendo

Data de inscrição : 14/08/2018
Idade : 38
Localização : Vila Velha - ES

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Against All Deamons [Cronica livre Caçadores] [Idade das Trevas]

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum