Lobisomem (Universidade dos Lobos)

Página 4 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4

Ir em baixo

Re: Lobisomem (Universidade dos Lobos)

Mensagem por Black Thief em Qui Nov 29, 2018 11:53 am


Novamente, Hunter queria saber porque o Líder da Seita vai deixar como mensageiro um cara que é incapaz de dar as mensagens direito. Sério, porque isso? Era uma forma de arriscar foder e atrasar ainda mais as coisas? Quem deixou esse cara como Líder da Seita? Hunter não sabia, mas era bom começar a perguntar pros outros da Seita qual era a desse cara. O Cria começava a perder a paciência tentando decifrar aquilo e indo de bairro em bairro, mas até que finalmente achava que tinha conseguido e ia ser a primeira, se não fosse o lugar que se foda, ia ligar pra Lorraine de uma vez, e o sol já estava nascendo, perdera mais tempo com o erro dos outros do que honrando seu compromisso no trabalho.

Quando Hunter achava uma casa bem feia, de uma cor horrível, do tipo que era mais desmoronar e construir denovo, ele tocava a campanhia, e um homem de meia idade atendia.

Homem da porta escreveu:
- Boa noite, posso ajudar em alg...- Então ele fareja no ar alguma coisa.

- Ah sim, você deve ser o filhote atrasado da matilha de meu filho, não?! Pode entrar!

O cara farejou no ar? Sério isso? Como um cachorro? Hunter segurou a risada de deboche e logo respondeu:

- O Cliath que atrasaram pra passar a informação? Sim, sou eu. Obrigado, e licença.

Disse ele corrigindo seu posto, e a situação. Nem ia comentar do cérebro derretido que o enrolou e ainda escreveu que nem uma criança de 2 anos o endereço, se não ia estar se justificando demais, dando margem pra estar errado, ou encrencando demais com os outros. De qualquer forma Hunter entrava após ser convidado, e ao ser indicado o sofá ele se senta de forma confortável, abrindo os braços e os repousando nas costas do sofá e cruzando as pernas em um 4. Quando Fernando se apresenta, Hunter também o fazia:

- Hunter Lockwood, Águia-de-Sangue, Ragabash dos Crias de Fenrir, prazer em conhecer o senhor.

Hunter ouvia o relato e deu risada quando ele disse que o filho e os amigos esvaziaram e geladeira e saíram

"Esses são dos meus!"

Pensou Hunter. Então ele começava contar todo o ocorrido, Hunter se atentava. Nightfang... É o Cérebro Derretido quase acertou, de qualquer jeito parece um nome retirado de um video game ou uma banda de rock brega.

Fernando escreveu:Como suspeitávamos, a Nightfang é controlada por nossos piores inimigos por aqui, os malditos cadáveres sugadores de sangue. Na verdade, isso é um tanto óbvio, uma vez que Nightfang significa "Presa Noturna";

"Tão obvio que chega a ser idiota, ou talvez um pega-trouxa."

Fernando escreveu:Mais inesperada ainda é a natureza de nossos aliados, afinal, alguém avisou-nos sobre as intenções dos sanguessugas da Nightfang, e quem nos avisou são nada menos do que... vampiros!

- Tá de brincadeira comigo, né?

Não disse em tom de desrepeito, mas sim num tom de quem desacreditava e desaprovava a situação.

Fernando escreveu:Eu sei que pode parecer ingenuidade confiar nestas criaturas e que isso pode ser apenas um ardil, mas em nossas investigações, descobrimos que existem muitas divisões entre os mortos vivos. Facções, clãs, seitas, e estes grupos estão em constante conflito entre si, muitas vezes aliando-se com inimigos mortais para destruírem facções rivais. Não é incomum enviarem desafetos direto para nós, pois consideram essa uma das maneiras mais práticas de destruírem seus adversários políticos, afinal, os vampiros não tem honra. Ao que parece, existe uma organização chamada Camarilla, comandada pelos odiados Ventrue e Tremere que abundam aqui em São Paulo. A maior parte da cidade é dominada por esta facção, exceto por alguns redutos controlados por gangues menores, como estes tais "Giovanni" que nos mandaram estas informações.

- Ok... Essas informações merecem anotações, é muito nome estranho pra decorar agora. Quer dizer que esses Giovanni, estão nos contando isso pra nos usar de bucha de canhão pra ferrarmos os inimigos deles? Ok... Depois disso vamos dilacerar eles também, certo?

Era melhor ele nem vir com esse papo de honra porque "eles nos deram a informação e blá blá blá" porque Hunter ia ser obrigado a dizer: "Tá e 'Destruir a Wyrm onde quer que ela prolifere' das nossas leis entra quando nessa história"?

Fernando escreveu:Sim, nós sabemos que eles são traiçoeiros e cheios de segundas intenções, mas neste caso, seus motivos são bem claros: prejudicar seus inimigos da Camarilla. Por isso, foi declarada uma trégua temporária com esses tais Giovanni, que nos oferecem além das informações, apoio político.

Hunter assentiu com a cabeça, pelo trégua temporária diz, era "hoje não te mato, amanhã sim". Ele diz:

- Então vamos já previnir que eles escapem, porque vampiros são fracos no braço, mas não são burros. Eles sabem que depois de matarmos os inimigos deles vamos atrás deles logo em seguida. Vamos já previnir que eles fujam antes dessa trégua acabar.

Hunter dizia com ferocidade na voz e nos olhos, como se estivesse louco pra rasgar sangue-sugas que se acham espertos no meio.

Fernando escreveu:A missão de vocês é descobrir exatamente o que os cadáveres planejam e impedi-los. É especialmente prioritário evitar qualquer ameaça pessoal a Fábio Feldmann, Secretário do Meio Ambiente.

- Tranquilo, eu trabalho de segurança, tenho alguma experiência nesse ramo. Se esse Fábio for um parente ou souber da gente fica muito mais fácil.

Fernando escreveu:Ah, receio ainda não ter dito tudo. Os Andarilhos do ,Asfalto possuem alguém na Secretaria - justamente a responsável pelo embargo do projeto do projeto da Nightfang. Uma parente chamada Maria Antônia Rodrigues da Cunha, do Departamento de Recursos Hídricos. Em caso de necessidades, ela pode funcionar como um contato.

- Isso ajuda também, me passa o contato dela, eu vou trocar uma ideia pessoalmente.

Fernando escreveu:Um alerta final: nossos aliados mortos vivos informam que um de nossos mais ferrenhos inimigos pode estar envolvido. Talvez já tenham ouvido falar dele, seu nome é constantemente ligado a mortes de Garou. É conhecido apenas como TORMENTO DE GAIA. A imprensa humana define-o como um guerrilheiro louco, um eco-terrorista às avessas, que realiza atentados sem sentido contra o meio ambiente- mas sabemos que se trata de um sangue suga empenhado em uma cruzada insana contra a própria Gaia. Mata e destrói tudo que seja benéfico à natureza. Os líderes da Camarilla sabem usar Tormento de Gaia para eliminar aqueles que se coloquem em seu caminho, sejam vampiros ou Garou.

- Um sangue-suga que acaba com um dos nossos? Esse cara só poder ser muito esperto, se não sem chance de vencer até mesmo um Cliath num combate direto. Valeu pelo aviso, não vou subestimar a inteligência desse cara. Mas porque esse cara tem um nome como se fosse um Garou tipo, um Dançarino da Espiral Negra? Quem apelidou esse maluco assim??

Antes de Fernando responder, a campainha toca, Hunter ficava em silêncio esperando Fernando atender.

Fernando escreveu:- Finalmente, onde vocês... onde estão os outros? - Então farejava o ar e olhava na direção onde o resto do grupo estava coberto - ... Entendi, podem entrar! Tem mais alguém esperando por vocês aqui!

"O cara fez isso denovo? Sério? Tá, vou tentar também, parece engraçado e útil."

Hunter então tenta transformar partes internas de seu corpo que utilizava para farejar, apenas o suficiete para que pudesse aguçar seu olfato, se conseguisse, ia tentar farejar, se não, deixaria pra lá. Quando eles são apresentados, Hunter se levando e com um sorriso malandro se dirigia ao grupo com um cara amarrado.

- Faaaaala galera... Hunter Lockwood, Águia de Sangue, Cliath Ragabash dos Crias de Fenrir. Parece que eu perdi a parte divertida. Quem é o presunto vivo?

Dizia se referindo ao cara amarrado e dando risada da situação desgraçada dele. De qualquer forma, parecia que faltava uma Garou, e Hunter já estava atento ao report do que eles fizeram até agora.
avatar
Black Thief

Data de inscrição : 11/02/2011
Idade : 25

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lobisomem (Universidade dos Lobos)

Mensagem por Krauzer em Sab Dez 01, 2018 12:07 pm

HUNTER/PEDRO/RYAN


 
Hunter: - Faaaaala galera... Hunter Lockwood, Águia de Sangue, Cliath Ragabash dos Crias de Fenrir. Parece que eu perdi a parte divertida. Quem é o presunto vivo?

Raul: - Prazer, Raul, Lobo-de-Rua, Cliath dos Roedores de Ossos. Esse é um tal de  Luis Carlos Peixoto. Um de nossos contatos, Maria Antônia nos informou que ele era um dos suspeitos de ser o tal "Tormento de Gaia", mas se isso for mesmo verdade, ele não é tudo o que dizem, esse cara sangra como um humano e caiu muito fácil!

Fernando: - Duvido muito, coloquem esse cara na cama e vendem ele!

      Após fazerem isso, Raul informa o ocorrido até o momento:

Raul: - Bem, assim que saímos da USP, fomos direto até a Secretaria do Meio Ambiente procurar por Maria Antônia Rodrigues da Cunha. Ela nos passou o endereço e nome do suspeito. Pensamos em invadir o local pela Umbra, mas tivemos muitos contratempos, então tivemos de fazer isso à moda antiga. Assim que entramos, nós o nocauteamos rápido e tivemos que fugir da polícia. No caminho tivemos de nos separar e não sabemos o paradeiro de Vivian. Possivelmente teríamos sido pegos se não fosse pela ajuda de Pedro que nos tirou de lá.

Fernando: - Entendo. Muito obrigado, Pedro - Diz ele apertando a mão do Roedor - Mais tarde precisamos procurar por Vivian, mas no momento, o importante é dar conta deste homem. Apesar dele claramente ser um humano, ele cheira à Wyrm como um sanguessuga. Maria Antônia Rodrigues da Cunha deve ter algum motivo para acreditar que ele seja o cadáver assassino de Garous, ou pelo menos próximo dele!





***




      Assim que estivesse corretamente vendado e amarrado na cama, Fernando tentava acordá-lo de várias formas, seja jogando um copo d'água em seu rosto, dando-lhe tapas na cara e gritando com ele. Finalmente o homem acorda bastante confuso, ele tenta gritar, mas sua boca está tapada.

Fernando: - Preste atenção, eu vou tirar a sua mordaça, mas se você gritar, vou cortar sua garganta. Assim que eu a retirar, você irá falar apenas o que perguntarmos e ninguém se machuca, entendido?

      Luis faz um sinal afirmativo com a cabeça. Seu rosto estava pálido e ele suava frio. Não seria necessário muito esforço para intimidá-lo. Fernando então tira a mordaça.

Luis: - Quem são vocês, o que querem de mim? Dinheiro? Não tenho parentes aqui para pagarem meu resgate!

Fernando: - Não desejamos seu dinheiro. Diga-nos o que sabe sobre a Nightfang!

Luis: - Nightfang? É uma empresa estrangeira. Sou funcionário da divisão de pesquisas. Trabalho na sede da empresa na Av. Rebouças.

Fernando: - O que você sabe sobre Tormento de Gaia?

Luis: - Tor... o que? Nunca ouvi falar sobre isso!

Fernando olha para os garotos, em seguida continua.

Fernando: - Tem certeza? Me fale sobre o que você faz na divisão de pesquisas da Nightfang!

Luis: - Eu... atualmente estou trabalhando em um novo composto encomendado pela AquaClear Foundation!

Fernando: - AquaClear Foundation?! É uma das empresas do conglomerado da Pentex? O que exatamente este composto faz?

Luis: - N... nada, é apenas um composto para a limpeza de recursos hídricos!


OFF: Pedro e Hunter obtiveram sucesso no teste de Percepção + Empatia e percebem que ele não está sendo totalmente sincero em sua última fala.
     
   
avatar
Krauzer

Data de inscrição : 29/10/2013
Idade : 48

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lobisomem (Universidade dos Lobos)

Mensagem por Black Thief em Sab Dez 01, 2018 9:40 pm




Raul escreveu:- Prazer, Raul, Lobo-de-Rua, Cliath dos Roedores de Ossos. Esse é um tal de  Luis Carlos Peixoto. Um de nossos contatos, Maria Antônia nos informou que ele era um dos suspeitos de ser o tal "Tormento de Gaia", mas se isso for mesmo verdade, ele não é tudo o que dizem, esse cara sangra como um humano e caiu muito fácil!

Hunter olhava para o prisioneiro, se agaichava e pegava no rosto dele com uma das mãos apertando firme suas bochechas, como se fosse um valentão diminuindo o respeito pela presa. Ele olhava o rosto do sujeito de um lado para o outro, procura identificar através desse toque se pele dele era gelada como um morto. Independente se fosse, Hunter então se levantava e diria:

- Pra mim isso tá com cara de engôdo. É estranho o Fernando ter falado dele como um cara tão perigoso e ser pego assim, a menos que seja uma armadilha e caímos direitinho nela.

Ele olha para o grupo com um sorriso debochado, fazendo pouco caso da merda que teria caído nos braços do grupo caso ele estivesse certo.

Fernando escreveu: - Duvido muito, coloquem esse cara na cama e vendem ele!

Hunter dizia:

- Olha, acho que se a gente pegar uma silver tape dê pra fazer umas prensas melhores, e ah... Verificaram os bolsos dele, manga, sapato? Eu sempre acho uma merda esses truques que usam nos filmes pra escapar, mas até são inteligentes.

Caso dissessem que não fizeram isso, Hunter vistoria o sujeito para verificar se ele não teria nenhum utensílio escondido que o ajudasse a se livrar das prensas, sejam silver tapes ou cordas.

Depois de o vedarem por completo Raul dava o report e Hunter se atentava.

Raul escreveu:- Bem, assim que saímos da USP, fomos direto até a Secretaria do Meio Ambiente procurar por Maria Antônia Rodrigues da Cunha. Ela nos passou o endereço e nome do suspeito. Pensamos em invadir o local pela Umbra, mas tivemos muitos contratempos, então tivemos de fazer isso à moda antiga. Assim que entramos, nós o nocauteamos rápido e tivemos que fugir da polícia. No caminho tivemos de nos separar e não sabemos o paradeiro de Vivian. Possivelmente teríamos sido pegos se não fosse pela ajuda de Pedro que nos tirou de lá

Fernando escreveu:- Entendo. Muito obrigado, Pedro - Diz ele apertando a mão do Roedor - Mais tarde precisamos procurar por Vivian, mas no momento, o importante é dar conta deste homem. Apesar dele claramente ser um humano, ele cheira à Wyrm como um sanguessuga. Maria Antônia Rodrigues da Cunha deve ter algum motivo para acreditar que ele seja o cadáver assassino de Garous, ou pelo menos próximo dele!

- Bom, então já sabemos o que fazer agora, não é? Achar a Vivian que ficou pra trás.

*****

Quando Fernando tentava fazê-lo acordar, Hunter o ajudava com a parte agressiva, ele não dava tapas na cara, dava socos mesmo, do tipo de quebrar o nariz, ou arrancar o dente e sangue da boca. Ele soltava um sorriso discreto de satisfação quando esses socos eram dados, era uma boa desculpa pra machucar o fulano. Quando o homem acordava, Hunter estava com sua cara feia do lado da cicatriz bem de frente à ele com um sorriso sádico, a cara de Hunter tão próxima seria a primeira coisa que o Peixoto veria. Ele diria com um tom divertido:

- Bom diiiiia bela adormecida... Já estavamos pensando que não ia aparecer pra sua festa.

Hunter então se afasta para deixar o mais velho e mais experiente tomar a liderança da situação.

Fernando escreveu:- Preste atenção, eu vou tirar a sua mordaça, mas se você gritar, vou cortar sua garganta. Assim que eu a retirar, você irá falar apenas o que perguntarmos e ninguém se machuca, entendido?

O sujeito parecia um gatinho assustado, certamente ele tinha muito o que temer, ou estava fazendo um teatro muito bom. Hunter estava atento à sua volta, e transformava parcialmente seus sistemas internos para aguçar seus sentidos como o de um lupino para ficar atento à sua volta.


Luis escreveu:- Quem são vocês, o que querem de mim? Dinheiro? Não tenho parentes aqui para pagarem meu resgate!

Fernando escreveu:- Não desejamos seu dinheiro. Diga-nos o que sabe sobre a Nightfang!

Hunter tinha vontade de rir toda vez que ouvia esse nome, sério, quem foi o cara que sugeriu ele? Quando descobrisse, se descobrisse, ia ter que perguntar antes de comer a cabeça do sujeito.

Luis escreveu: Nightfang? É uma empresa estrangeira. Sou funcionário da divisão de pesquisas. Trabalho na sede da empresa na Av. Rebouças

Fernando escreveu:- O que você sabe sobre Tormento de Gaia?

Luis escreveu:- Tor... o que? Nunca ouvi falar sobre isso!

Quando Fernando olhava para o grupo de Cliaths, Hunter fazia um sinal com o indicador, como uma faca passando pela própria garganta e botando a lingua pra fora fazendo uma careta.

Fernando escreveu:- Tem certeza? Me fale sobre o que você faz na divisão de pesquisas da Nightfang!

Luis escreveu:- Eu... atualmente estou trabalhando em um novo composto encomendado pela AquaClear Foundation!

Fernando:
- AquaClear Foundation?! É uma das empresas do conglomerado da Pentex? O que exatamente este composto faz?

Luis escreveu:- N... nada, é apenas um composto para a limpeza de recursos hídricos!

Hunter logo esboçava um sorriso de satisfação, ele achava que aquele cara estava omitindo coisas, coisas que certamente eram importantes, e era agora que a parte divertida iria entrar, quando ele via que podia arrancar a informação de Luis de forma direta. Hunter dava então uma risada

- Ha ha ha ha ha ha...

Ele balançava a cabeça negativamente dando risada, e tirando sua jaqueta como numa linguagem corporal com quem dizia "Agora o bicho vai pegar".

- Adoro brincar de policial bom e policial mal...

Hunter então colocava a jaqueta em qualquer lugar disponível próximo, se aproximava de Luis e violentamente o puxava da cama fazendo-o cair no chão e em seguida erguia o pé pisando de forma agressiva com a sola do coturno bem na junta da canela de Luis e logo em seguida pegava Luis pelos cabelos os puxando pra colocá-lo cara-a-cara com Hunter enquanto ele apertava o rosto do meliante obrigando ele a fazer "biquinho de peixe", e dizia com um voz agressiva e um olhar voraz:

- Meu amigo, a gente não tem o dia todo, temos uma amiga lá fora pra ajudar, então se você não desembuchar tudo o que sabe e parar de nos enrolar, nós vamos ter que manter você aqui, vivo, mas muito... Muito mal. Fala pro meu amigão aqui o que ele quer saber, vai, por favor...

OFF :
Se for necessário, pode fazer teste de intimidação usando o atributo da força, uma vez que Hunter está utilizando de meios agressivos para o teste e não sutis, que seria no caso do atributo da Manipulação, utilizando tbm das qualidades voz encantadora e brigão.
avatar
Black Thief

Data de inscrição : 11/02/2011
Idade : 25

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lobisomem (Universidade dos Lobos)

Mensagem por @nDRoid[94] em Sab Dez 01, 2018 11:43 pm

O trio parada dura chega finalmente na casa do Filho de Gaia e são recebido por aquele que parecia ser o pai de Ryan. Não só ele, mas um novo integrante para a matilha, um Ragabash Cria de Fenrir com uma cicatriz feia pra caralho enfiada no seu rosto! Ele já tinha ouvido falar dos cretinos metido a Vikings que achavam que tudo podia ser resolvido com dois socos e três pontapés. Ele se apresenta como Hunter, que obviamente Pedro não sabia o que significava por ter conhecimentos nulos em inglês. A única coisa que sabia falar na língua estrangeira era "Mc Donald" e olhe lá... sempre soava mais como "mequidonaldi". Ele estende a mão para o Cria e também se aprsenta:
.
'-Eu sou o Pedro, a Pedra-no-seu-Caminho, Cliath Galliard dos Roedores de Ossos. É um prazer, mano; pelo visto, nós temos trabalho pra caralho aqui e mais duas mãos serão super necessárias.'
.
Ele, então, deixa que os outros coloquem todos à par da situação e, a medida que ia escutando, o lua gibosa ia tomando nota de tudo o que ocorria. A matilha estava no meio de uma missão importante e pareciam estar indo no rumo certo. Fernando conectava as informações e decidia que era hora de tirar algo daquele filho da puta que eles tinham raptado. O lua gibosa deixa que o Garou de posto mais elevado cuide daquilo inicialmente, assim como o Cria de Fenrir, que parecia se deliciar com a dominação.
.
O Roedor aproveita o momento que antecede o interrogatório para tomar sua forma Glabro. O menino ganha uns dois palmos de altura uns bons quilos em músculos, além da proeminência de pêlos em seu rosto, braços e tórax. Ele retira a camisa e faz uma máscara, a fim de esconder sua identidade. Não era possível confiar num filho da puta que chupava as bolas da Wyrm, mesmo que ele estivesse subjugado. Assim, o interrogatório começa e Fernando parecia não ter muitos resultados; até que ele pergunta sobre a tal AquaClear e o composto ao qual o homem estava produzindo. O mesmo dizia que aquela merda era apenas para "limpeza de recursos hídricos" e o Galliard ficava se perguntando se não havia uma forma mais fácil de falar o que diabos aquilo fazia! Entretanto, mesmo sem saber, Pedro consegue notar que a voz do sequestrado tremula de uma maneira diferente na última fala. Não só ele percebe, como o riso do Cria de Fenrir denuncia. O tal Hunter toma a dianteira e tenta tirar as verdadeiras informações do senhor. Pedro cruza os braços, ainda observando como coadjuvante toda aquela situação.
__________________________________________________________________________
.
.
Pedro “Pedra-no-seu-Caminho”
Roedor de Ossos - Galliard - Posto 1 (Cliath)
Carisma 5  Aparência 2  Raça Pura 0
Fúria 5  Gnose 2
.
Forma atual: Hominídeo > Glabro
Vitalidade: Ok!
avatar
@nDRoid[94]

Data de inscrição : 22/07/2010
Idade : 24
Localização : Saint Étienne, França

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lobisomem (Universidade dos Lobos)

Mensagem por Krauzer em Seg Dez 03, 2018 10:50 am

PEDRO/HUNTER/RYAN


      OFF: Apenas lembrando que Luís está vendado!


      Hunter e Pedro percebem que Luís não estava sendo totalmente sincero. Hunter se cansa da abordagem do pai de Ryan e decide usar seus próprios métodos de intimidação, brincando com o homem de uma forma sádica, como um gato brinca com um rato antes de matá-lo. Fernando então coloca a mão no ombro de Hunter de forma pesada e o olha com uma expressão estilo "já chega".

      Ainda assim, foi o suficiente para que Luís abrisse o bico.

- Ok, ok, ok, eu falo, apenas parem com isso! - Dizia o homem, arfando e choramingando. Hunter podia sentir seu batimento cardíaco explodir e suas glândulas sudoríparas trabalhando dobrado. Um odor impregnava o ar, o odor de medo - Eu... eu não acreditei inicialmente quando me contaram, eu... ah, como vou dizer isso sem parecer um maluco... inicialmente eu acreditava que a Nightfang era uma empresa americana comum, que pagava muito bem, eu me esforcei ao máximo para ser promovido e bem visto aos olhos dos chefes, até que fui beneficiado por meu trabalho. Inicialmente eu não acreditei, já havia ouvido falar de coisas assim, tipo sociedades secretas, mas não imaginei que fossem reais. Bem... quando um membro se destaca na empresa, ele é convidado a fazer parte de um ritual e recebe benefícios que pessoas normais não costumam ter. Os trabalhadores de baixo escalão nem fazem ideia deste tipo de coisa, apenas os mais habilidosos e comprometidos são convidados, a grande massa de trabalhadores da Nightfang continua acreditando que apenas trabalha para uma empresa como qualquer outra. Mas quando você ascende a um posto alto aos olhos dos líderes, você sobe na hierarquia e passa pelo ritual de iniciação. Nós bebemos de uma taça, um líquido rubro semelhante ao vinho, mas com um sabor ferroso e mais espesso. Cheguei a pensar que se tratava de sangue e que aquilo fosse um ritual satânico ou coisa parecida. Pensei em fugir, mas tive muito medo, além disso, "algo" parecia me impedir de qualquer coisa que não fosse obedecer. Porém, após beber do estranho elixir, nós nos sentimos... diferentes. Muita coisa muda, eu passei a ver coisas que não via antes, me sentia mais disposto, um novo homem. O "ritual" envolve beber do elixir três vezes em três noites distintas. Então eles nos ensinam sobre conhecimentos que a humanidade esqueceu há muito tempo, sobre criaturas da noite que são os verdadeiros senhores do mundo, criaturas que se alimentam dos mortais e os usam como gado, e nos disseram que o próximo estágio da hierarquia daqueles que se destacam é tornar-se como eles, uma honra dada a muito poucos, e que apenas o melhor de nós receberia este presente. Eu achei que aquilo era papo de doido, mas vi muitas coisas estranhas. Coisas que a ciência não poderia explicar. Eles falaram que existem diversas espécies de criaturas sobrenaturais, entre elas os "cainitas", que são os verdadeiros senhores do mundo, e os "lupinos", criaturas bestiais e eternos inimigos dos cainitas. Esta empresa, AquaClean entrou em contato conosco há algum tempo, ela realmente parece fazer parte de um conglomerado ou algo maior, pois forneceram aos nossos cientistas amostras de DNA dos tais lupinos para que eles a estudassem. Então, juntamente com minha equipe, começamos a elaborar um composto que, sob o pretexto de purificar a água, funcionaria como um veneno para lupinos, sem afetar humanos. Este composto seria liberado para todo o mundo, e ao ser diluído na água, acabaria com a raça dos lupinos, e os seres humanos nem perceberiam nada! Isso é tudo o que sei, juro! Droga, se alguém souber que revelei isso, estou morto!


OFF: Caso tentem interrogá-lo sobre os nomes de seus superiores, ele terá muito dificuldade em fazê-lo e nem mesmo sob tortura ou à beira da morte será capaz de falar. Se perguntarem sobre o composto, dirá que já está praticamente pronto, apenas precisavam de cobaias para fazerem os testes. A amostra do mesmo se encontra em um compartimento super protegido na sede da Nightfang na cidade. Luís é um dos poucos funcionários de alto escalão que sabe a senha do cofre, mas será incapaz de dizê-la, mesmo que se esforce ao máximo.
avatar
Krauzer

Data de inscrição : 29/10/2013
Idade : 48

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lobisomem (Universidade dos Lobos)

Mensagem por Black Thief em Seg Dez 03, 2018 12:58 pm




Quando Fernando botava a mão pesada no ombro de Hunter, querendo que ele parasse, o Ragabash dá uma risada, uma risada de moleque atrevido, e diz então dando de ombros:

- Foi mal, eu me empolgo fácil.

Apesar de ter dito "foi mal" era claro que ele não se arrependia coisa nenhuma, mas não iria desobedecer as instruções do Garou de Posto superior. Ele apenas recua com um sorriso de satisfação quando Luis começava a cantar como um passarinho assustado. O cheiro do medo no canarinho era alegre e contagiante, era como o cheiro de um belo bife de churrasco mal passado, ainda sangrando, que logo seria servido.

Luis escreveu: Eu... eu não acreditei inicialmente quando me contaram, eu... ah, como vou dizer isso sem parecer um maluco... inicialmente eu acreditava que a Nightfang era uma empresa americana comum, que pagava muito bem, eu me esforcei ao máximo para ser promovido e bem visto aos olhos dos chefes, até que fui beneficiado por meu trabalho. Inicialmente eu não acreditei, já havia ouvido falar de coisas assim, tipo sociedades secretas, mas não imaginei que fossem reais. Bem... quando um membro se destaca na empresa, ele é convidado a fazer parte de um ritual e recebe benefícios que pessoas normais não costumam ter. Os trabalhadores de baixo escalão nem fazem ideia deste tipo de coisa, apenas os mais habilidosos e comprometidos são convidados, a grande massa de trabalhadores da Nightfang continua acreditando que apenas trabalha para uma empresa como qualquer outra. Mas quando você ascende a um posto alto aos olhos dos líderes, você sobe na hierarquia e passa pelo ritual de iniciação. Nós bebemos de uma taça, um líquido rubro semelhante ao vinho, mas com um sabor ferroso e mais espesso. Cheguei a pensar que se tratava de sangue e que aquilo fosse um ritual satânico ou coisa parecida. Pensei em fugir, mas tive muito medo, além disso, "algo" parecia me impedir de qualquer coisa que não fosse obedecer. Porém, após beber do estranho elixir, nós nos sentimos... diferentes. Muita coisa muda, eu passei a ver coisas que não via antes, me sentia mais disposto, um novo homem. O "ritual" envolve beber do elixir três vezes em três noites distintas. Então eles nos ensinam sobre conhecimentos que a humanidade esqueceu há muito tempo, sobre criaturas da noite que são os verdadeiros senhores do mundo, criaturas que se alimentam dos mortais e os usam como gado, e nos disseram que o próximo estágio da hierarquia daqueles que se destacam é tornar-se como eles, uma honra dada a muito poucos, e que apenas o melhor de nós receberia este presente. Eu achei que aquilo era papo de doido, mas vi muitas coisas estranhas. Coisas que a ciência não poderia explicar. Eles falaram que existem diversas espécies de criaturas sobrenaturais, entre elas os "cainitas", que são os verdadeiros senhores do mundo, e os "lupinos", criaturas bestiais e eternos inimigos dos cainitas. Esta empresa, AquaClean entrou em contato conosco há algum tempo, ela realmente parece fazer parte de um conglomerado ou algo maior, pois forneceram aos nossos cientistas amostras de DNA dos tais lupinos para que eles a estudassem. Então, juntamente com minha equipe, começamos a elaborar um composto que, sob o pretexto de purificar a água, funcionaria como um veneno para lupinos, sem afetar humanos. Este composto seria liberado para todo o mundo, e ao ser diluído na água, acabaria com a raça dos lupinos, e os seres humanos nem perceberiam nada! Isso é tudo o que sei, juro! Droga, se alguém souber que revelei isso, estou morto!

O sorriso de Hunter se desfazia ao final da história, ele esfregava a sua cara deformada como se estivesse suando, apesar de não estar de fato. Começara a ficar muito preocupado com aquilo, água contaminada para Garou era uma estratégia muito boa para falhar. Se eles não bebessem água, morreriam, se bebessem, morreriam... Hunter começava a andar pra lá e pra cá, e o coturno estalava no chão (dependendo do material do chão). Ele então solta uma risadinha forçada, uma risada irônica com uma raiva contida e mexendo no queixo pensativo.

- É cara... Parece que, seja lá o que botaram nessa água, estão dando é pra vocês. Que puta bagulho fumado de doido...

Aquilo era uma leve forma de manter o véu, apesar de não ser tão necessário uma vez que esse merda já estava envolvido demais, apesar de ele não saber tanto. Ele então punha a mão no ombro de Fernando, querendo sua atenção.

- Você acha que consegue lidar com esse palhaço? Eu acho que é melhor a gente ir procurar nossa amiga perdida, ela pode estar muito fodida sozinha.

E ele olha para os  outros Cliaths, procurando a aprovação deles.
avatar
Black Thief

Data de inscrição : 11/02/2011
Idade : 25

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lobisomem (Universidade dos Lobos)

Mensagem por Krauzer em Ter Dez 04, 2018 10:03 am

Distribuição de XP:

      Como mencionado anteriormente, pelo fato da crônica estar prosseguindo, adotarei um sistema de distribuição de XP semelhante ao do fórum. Neste sistema, o teto máximo será 20 pontos, distribuídos da seguinte forma: 10 pontos pelo número de postagens (O jogador com mais postagens ganha 10 pontos, o segundo 8, e assim por diante) e 10 pontos para o grau de criatividade, interpretação e desenvolvimento das postagens. Junto com a distribuição, deixarei um pequeno comentário, bem como uma sugestão de onde o XP poderia ser gasto (lembrando que é apenas uma sugestão, o jogador pode gastar o XP onde desejar, e em seguida mandar por MP onde gastou os pontos):

Android: 18 pontos:

Comentário: Excelente, um dos jogadores mais assíduos, e que tem demonstrado uma interpretação impecável de seu Roedor de Ossos.

Sugestão de gastos:
* Totem
* Carisma
* Manipulação
* Lábia
* Manha

Thief: 15 pontos

Comentário: O último jogador a entrar na crônica e por isso não tem muitas postagens, mas compensa isso com sua assiduidade e criatividade nas postagens.

Sugestões de gastos:
* Totem
* Percepção
* Carisma
* Intimidação
* Fúria (muito baixa para um Fenris com tanto ódio no coração)
* Gnose

Kakuzu: 12 pontos

Comentário: Conheço o jogador pessoalmente e narro uma crônica presencial de Vampiro há cerca de um ano para o grupo dele. Ainda novato em Lobisomem e Play by Fórum, mas venho acompanhando sua evolução no RPG em geral. Ultimamente parece ter diminuído o ritmo de postagens, mas espero que continue na crônica neste novo ciclo.

Sugestões de gastos:
* Totem
* Carisma
* Empatia
* Briga
* Esquiva
* Esportes
* Gnose

xKraven: 12 pontos

Comentário: Gostei bastante do personagem e de seu estilo de postagem, uma pena que tenha participado pouco do ciclo.

Sugestões de gastos:
* Totem
* Carisma
* Aparência
* Performance

     


      No aguardo das alterações, continuaremos seguindo normalmente com as postagens, e que a crônica continue neste ritmo.
avatar
Krauzer

Data de inscrição : 29/10/2013
Idade : 48

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lobisomem (Universidade dos Lobos)

Mensagem por @nDRoid[94] em Qua Dez 05, 2018 3:18 am

A fúria do Ragabash tem resultado e o homem desembucha o que sabia. E ele sabia de coisa pra caralho, puta que pariu! Pedro fica embasbacado com o que é contado por ele, principalmente por aquele ritual macabro que os sanguessugas submetiam mortais. Tudo indicava que aquele ritual preparava os humanos para se tornarem servos da Wyrm, já oferecendo certos poderes para os mesmo. E que história era aquela de envenenar os garous? Ele tinha que descobri mais coisas. Hunter sugere que Fernando cuide do prisioneiro enquanto eles procuravam por Vivian. Pedro opina:
.
'- Cara, acho super importante acharem a guriazinha aí... ela sozinha está propensa a encontrar encrenca aí pelo mundo; ainda mais se ela tiver perdida perto da casa desse puto... Duvido que esses filhos da puta que fizeram isso com ele não estejam o vigiando...' -  ele coça a cabeça, pensando apenas; poderia ser uma infestação de lêndeas também, '-... mas acredito que talvez eu possar conseguir alguma coisa a mais com esse engravatado se eu fizer as perguntas certas. Vão e me deixem com ele, tentarei arrancar informações que nos ajudem a montar um plano.'

Ele espera para ouvir a opinião dos outros. Ele era um lua gibosa; as palavras eram sua sina.
__________________________________________________________________________
.
.
Pedro “Pedra-no-seu-Caminho”
Roedor de Ossos - Galliard - Posto 1 (Cliath)
Carisma 5  Aparência 2  Raça Pura 0
Fúria 5  Gnose 2
.
Forma atual: Glabro
Vitalidade: Ok!
avatar
@nDRoid[94]

Data de inscrição : 22/07/2010
Idade : 24
Localização : Saint Étienne, França

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lobisomem (Universidade dos Lobos)

Mensagem por Black Thief em Qua Dez 05, 2018 8:11 pm




Hunter pondera e responde:

- Acho que pode ser uma boa, fica então e vê o que mais consegue com o satanista aí. Se não conseguir, pode deixar que tenho mais idéias de como fazer ele falar, e aí aplico elas quando eu voltar.

Hunter olha para o mané vendado e fala com um tom divertido:

- Já que ele curte um Inferno, vai adorar o que tenho em mente pra ele.

A ideia era já ver se conseguia incentivar o mané a contar rápido as coisas para o Pedro, mas independente do resultado, ele pergunta ao Roedor.

- Será que não rola emprestar esse seu cobertor não? Ele vai ser bem útil.

Apesar de aquela merda ter cheiro de mijo de mendigo, não mudava que ela realmente ia ser útil.
avatar
Black Thief

Data de inscrição : 11/02/2011
Idade : 25

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lobisomem (Universidade dos Lobos)

Mensagem por @nDRoid[94] em Qua Dez 05, 2018 9:41 pm

.
O Roedor escuta o que o Fenrir fala. Ele parecia ser meio desajustado da cabeça, pelo menos a primeira vista. Numa análise rápida, pelo menos pelo que já havia percebido, o Roedor tentava captar qual a essência daquele Garou¹. Ele já havia ouvido falar que os Crias tinham um estilo de treinamento ousado e que não se importava que vidas fossem ceifadas... se um filhote morre, era porque ele não era merecedor do sangue que tinha. Pedro, que vivia na rua e dependia de cada um de seus irmãos, não concordava com aquele pensamento. Na verdade, achava perigoso para um guerreiro de Gaia pensar assim... talvez um caminho sem volta para a corrupção da Wyrm.
.
Apesar disso, ele compreendia o que ele queria. Talvez fosse uma boa. Por último, o Galliard delibera sobre o pedido do lua nova, mas, ao invés de lhe entregar o lençol, ele o joga para o seu irmão tribal, Raul.
.
'- Cuida direito da capa que ela é do velho lá... voltem logo.'
.
.
¹Tem como rolar um teste pra tentar captar a essência do Hunter?
__________________________________________________________________________
.
.
Pedro “Pedra-no-seu-Caminho”
Roedor de Ossos - Galliard - Posto 1 (Cliath)
Carisma 5  Aparência 2  Raça Pura 0
Fúria 5  Gnose 2
.
Forma atual: Glabro
Vitalidade: Ok!
avatar
@nDRoid[94]

Data de inscrição : 22/07/2010
Idade : 24
Localização : Saint Étienne, França

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lobisomem (Universidade dos Lobos)

Mensagem por Krauzer em Qui Dez 06, 2018 8:52 am

PEDRO/HUNTER/RYAN



      Os métodos brutais de Hunter haviam sido eficazes, um homem com medo fala tudo. Porém, alguns Garou poderiam achar tais métodos exagerados para a situação. Pedro possuía Dons que poderiam obter resultados semelhantes, sem fazer com que o homem ferido sangrasse ainda mais no colchão e piso do quarto.

      Pedro se perguntava qual era a desse cara, e o analisava enquanto ele brincava de bicho papão com o engravatado.

      OFF: Pedro obteve 3 sucessos no teste:

* À primeira vista, Hunter não parecia estar contaminado pela Wyrm.
* Apesar disso, com certeza haviam traços de crueldade em sua personalidade, um quê de sociopatia, misantropia ou seja lá como aqueles tais terapeutas chamam.
* Como já havia ouvido falar, a criação e rito de iniciação dos Fenris era considerado extremamente brutal para outras tribos. É possível e mesmo provável que isso ou talvez outras situações traumáticas de seu passado tenham influenciado na atual personalidade do Fenris.

      Hunter então deixa o X9 por conta do resto do grupo e decide procurar por Vivian, pedindo o lençol de Pedro para isso. Pedro ainda não confiava o suficiente no colega Cliath e prefere oferecer a capa a seu colega de tribo, Raul, que conhecia o caminho e havia interagido com Vivian.

      Raul aceita procurar a companheira perdida com Hunter.

- Tudo bem, quando isso terminar eu devolvo a capa para o velho Tito - Então cochicha para o grupo - Caso desejem que o cara não se lembre do que ocorreu aqui, posso dar uma mão. Eu possuo o Dom "Memórias Roubadas" e posso limpar a mente desse cara!



***




      O homem voltava a choramingar, ele estava pálido e lívido de suor. A visão de seu rosto ensanguentado dava até pena. Fernando pede para Ryan lhe trazer um copo de água e se possível, algo para comer, então se vira para Pedro.

- Então, acha que consegue tirar mais algo dele? Ainda estou pensando no que fazer com o cara após tudo isso.



***



      Raul leva Hunter até a casa do empresário. O local agora estava cheio de policiais e curiosos passavam em frente à casa, olhando para saber do que se tratava.

      Após algumas investigações no local onde Vivian havia permanecido do lado de fora da casa, podem ver buracos de bala no muro. A dificuldade em se ocultar dos policiais que andavam de um lado para outro era grande, mesmo sob a capa, e eles não conseguiam encontrar mais pistas por hora.



avatar
Krauzer

Data de inscrição : 29/10/2013
Idade : 48

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lobisomem (Universidade dos Lobos)

Mensagem por Black Thief em Sex Dez 07, 2018 9:51 am




Hunter ia pegar o cobertor com Pedro quando o mesmo desviou e entregou para Raul deixando a mão do Fenrir abanando. Ele olha para Raul e olha para Pedro, dá um sorriso satírico e diz:

- Tá certo, pode ser assim...

Parecia que Pedro não ia muito com a cara de Hunter, e ele não podia culpa-lo, talvez fosse sua cicatriz, talvez fosse porque Hunter se diverte de uma forma mais sombria. Só esperava que a Pedra no Caminho não fosse na do dele, ou ia ter que remover essa pedra de alguma forma. Todavia preferiu pensar que era melhor assim porque aquela merda era tão fedorenta que era bem possível que alguém tinha limpado o cu com ela, e assim podia evitar esse contato, embora não por muito tempo.

Hunter então diz:

- Anotem meu telefone e se a garota chegar nos avisem.

Ele passa o telefone pro grupo e tira seu celular do som de toque e vibra call. E quando Raul diz que podia apagar a memória do cara, em confidência Hunter responde:

- Beleza, vai ser uma boa, quando terminarem com a princesa do capiroto o Raul faz o voodoo e assim a gente  apaga parte dos nossos rastros. Aí Fernandão, tem alguma coisa da Garota pra eu farejar? Vai dar uma ajuda heim?

Caso tivesse, Hunter ia farejar utilizando de transformação parcial, caso não conseguisse ia ter que se transformar o suficiente pra conseguir. Caso não tivesse nada pra farejar, eles teriam que ir mais as cegas mesmo.

Chegando lá, os dois Ragabash estavam debaixo da manta, Hunter não conseguia esconder a cara de dor do abafado da catinga de mendigo, era quase como veneno puro.

- Estou pagando por todos os meus pecados. E olha que tenho algumas listas.

Disse em tom sussurrado para o companheiro Ragabash ao lado. Com o "campo Minado", Hunter apontava com a cabeça para Raul algum tipo de canto que não corresse o risco de policiais tropicarem neles e quando chegarem Hunter perguntaria.

- Beleza cara, vc esteve aqui com a perdidinha antes não é? Foi a aqui a última vez que viu ela? Porque tô começando a achar que ela deve ter ido pra Umbra e se perdeu lá.

Ele para, pensa e pergunta:

- Ela não é Lua Oculta, é?

Caso aquele fosse o último lugar que eles viram ela, o Ragabash ia aproveitar que estavam tranquilos e com tempo, e bem escondidos, para tentar dar uma espiada na Umbra. Caso aquele não fosse o último lugar que viram ela, ele falaria para Raul levar ele até o local.

Off: Levar em consideração o Dom Espreitador da Lua obscura. Também considerar a mudança parcial do faro de lulpino, a menos que o mal cheiro da manta fosse totalmente insuportável
avatar
Black Thief

Data de inscrição : 11/02/2011
Idade : 25

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lobisomem (Universidade dos Lobos)

Mensagem por @nDRoid[94] em Sex Dez 07, 2018 6:00 pm

.
Analisando o Fenrir, Pedro só tem uma certeza: era melhor ter os dois pés atrás com aquele branquelo sem graça antes de qualquer coisa! Ele não conhecia os nomes estranhos que davam nas ciências pra gente doida que gozava machucando gente. Apesar de perceber que o mesmo não era tocado pela Profanadora, ele sabia que aquele tipo de Garou era muito mais fácil de ser trazido para o lado negro da força... eles começavam machucando inimigos em torturas, até que um dia um filho da puta da Wyrm lhe oferece a chance de realmente praticar seus fetiches escrotos sem ser julgado abertamente. Assim a Nação perdia mais um guerreiro para o monte de bosta da Wyrm.
.
*É melhor ficar de olho no manezão aí...*
.
Raul acompanharia o projeto de sociopata na busca, deixando um aviso. Pedro concorda diante do uso do dom; seria uma possibilidade muito boa no final. Depois que a dupla vai embora e deixa o Roedor com os Filhos de Gaia, Pedro escuta o que Fernando tinha para falar e apenas o responde: cochichando:
.
'- A ideia do meu irmão tribal pode ser uma boa... mas vamos deixar a roleta girar... ninguém sabe o que mais vamos consegui arrancar dele a partir de agora.'
.
Nesse instante, Pedro volta a sua forma racial, afinal sua habilidades Manipuladoras era muito melhores quando estava nela. Ele se concentra mais uma vez em suas habilidades persuasivas (uso do dom Persuasão) e se aproxima pela primeira vez do prisioneiro desde que haviam entrado naquela casa. 
.
'- Vamos lá, meu colega... você já passou muita informação pra gente, mas eu acho que ainda deve ter algo aí... o meu colega lá precisou dar uma saída, então eu vou tomar o lugar dele, maaaaaaaaaaas... eu prometo que sou muito mais agradável do que ele! Talvez possamos terminar isso antes que ele volte e tome o seu posto novamente, não acha?'
.
Ele encosta amigavelmente no ombro do homem, continuando:
.
'- Bem, primeiro: a que nível de produção esse composto se encontra hoje em dia?'
.
Começariam de maneira leve.
__________________________________________________________________________
.
.
Pedro “Pedra-no-seu-Caminho”
Roedor de Ossos - Galliard - Posto 1 (Cliath)
Carisma 5  Aparência 2  Raça Pura 0
Fúria 5  Gnose 2
.
Forma atual: Glabro
Vitalidade: Ok!
avatar
@nDRoid[94]

Data de inscrição : 22/07/2010
Idade : 24
Localização : Saint Étienne, França

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lobisomem (Universidade dos Lobos)

Mensagem por Krauzer em Sex Dez 07, 2018 10:02 pm


HUNTER LOCKWOOD - ÁGUIA-DE-SANGUE



      Parece que o Roedor não foi muito com a cara de Hunter, ou talvez ele apenas confiasse mais no companheiro de tribo do que no desconhecido com comportamentos sádicos. Que seja, quando Hunter sente o cheiro daquela coisa, até agradece por não precisar carregar aquilo.

      Antes de saírem, Hunter passa seu número para o pessoal da casa e Raul avisa sobre um Dom que poderia limpar as memórias do almofadinha.

Hunter: - Beleza, vai ser uma boa, quando terminarem com a princesa do capiroto o Raul faz o voodoo e assim a gente  apaga parte dos nossos rastros. Aí Fernandão, tem alguma coisa da Garota pra eu farejar? Vai dar uma ajuda heim?

Fernando: - Sinto muito, eu apenas fui apresentado rapidamente a ela ontem na USP! Vocês tem alguma coisa?

Raul: - Também não, mas melhor não perdermos mais tempo. Nos avisem se ela aparecer!



***



      Os dois Cliath caminham pela cidade e quando estavam se aproximando do local, Raul os cobria com o lençol em um canto isolado. Droga, aquela coisa realmente fedia.

Hunter: - Estou pagando por todos os meus pecados. E olha que tenho algumas listas.

Raul: - Obra do Tito, nem pergunte como ele faz para que os humanos não vejam seu esconderijo!

      Quando se aproximam, percebem diversos policiais em volta da casa.

Hunter: - Beleza cara, vc esteve aqui com a perdidinha antes não é? Foi a aqui a última vez que viu ela? Porque tô começando a achar que ela deve ter ido pra Umbra e se perdeu lá.

Raul: - Nós a deixamos do lado de fora para avisar se alguém se aproximasse, foi a última vez que a vimos. Espero que ela não tenha fugido pela Umbra, da última vez que fizemos isso dentro da cidade, ela quase foi calcificada pelas aranhas padrão!

Hunter: - Ela não é Lua Oculta, é?

Raul: Galliard. Infelizmente não tive a oportunidade de ver todas as habilidades dela!


      Após alguns minutos procurando, farejando e evitando os policiais, o máximo que eles encontram são alguns buracos de bala do lado de fora do muro, próximo a onde ela havia ficado.

Raul: - Droga, ele deve ter sido alvejada!

      Eles não encontram sangue no chão, nem objetos ou outras pistas. Hunter então sugerem dar uma espiada do outro lado da Umbra. Hunter, como um Espreitador da Lua Obscura, era expert nisso, apesar da película ser considerável no meio da maior metrópole da América Latina. Com alguma dificuldade (principalmente com o fedor do lençol o desconcentrando), o Fenrir consegue ter um vislumbre do outro lado.

      A casa emanava uma leve aura de corrupção, tirando isso, via uma cidade cinzenta onde a Weaver domina... exceto pela ausência de aranhas padrão ou espíritos da tecedora tão comuns na Umbra do centro da cidade. O lugar parecia calmo até demais visto da Umbra, como se algo tivesse afugentado os espíritos da Weaver desta área.

      Infelizmente, parece que não havia muito a ser feito no momento. Com um pouco de sorte, talvez a garota apenas tenha fugido e se perdido na cidade.
avatar
Krauzer

Data de inscrição : 29/10/2013
Idade : 48

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lobisomem (Universidade dos Lobos)

Mensagem por Krauzer em Sex Dez 07, 2018 10:03 pm

PEDRO/RYAN


      Pedro até ficava satisfeito pelo Fenris ter saído, mas sabe como é, melhor deixar Raul tomando conta do psicopata. Neste momento, o telefone de Fernando tocava e ele ia para outra sala atender, deixando Pedro fazer seu trabalho sem impedimentos. Ele se aproximava do homem na cama e lhe dirigia a palavra.

- Vamos lá, meu colega... você já passou muita informação pra gente, mas eu acho que ainda deve ter algo aí... o meu colega lá precisou dar uma saída, então eu vou tomar o lugar dele, maaaaaaaaaaas... eu prometo que sou muito mais agradável do que ele! Talvez possamos terminar isso antes que ele volte e tome o seu posto novamente, não acha?

- P...por favor, eu tenho uma conta com R$ 200.000,00 guardados, eu posso lhes pagar muito bem, apenas me soltem! Eu juro que não abrirei a boca para a polícia nem para ninguém!



***

OFF: Pedro obteve sucesso no teste de ativação do Dom "Persuasão"

- Bem, primeiro: a que nível de produção esse composto se encontra hoje em dia?

- Tecnicamente ele já está pronto, falta apenas testarmos em uma cobaia, para em seguida começarmos a produção em massa. A AquaClean nos pagará milhões por este projeto, existe apenas uma amostra e ela se encontra no cofre de nosso laboratório na sede da empresa. Se vocês o pegarem, podem ficar milionários!


OFF: Novamente, se for pedido ao homem que dê a senha do cofre, ele não será capaz de dizer, e nem mesmo ele sabe o porquê.
avatar
Krauzer

Data de inscrição : 29/10/2013
Idade : 48

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lobisomem (Universidade dos Lobos)

Mensagem por @nDRoid[94] em Sab Dez 08, 2018 2:51 am

.
Pedro escuta a resposta do homem e rapidamente e rebate-a com uma pergunta quanto a senha desse cofre. Apesar de ser persuasivo, o Roedor notava que suas habilidades não eram suficientes para fazê-lo abrir o bico. Por algum motivo aquilo parecia muito estranho, mas Pedro preferia mudar o rumo das perguntas do que se prender naquele pequeno grande detalhe.
.
'- Ok, ok, cara... sem senha de cofre então. Mas você sabe me dizer o que tem dentro dessa merda de produto? Do que ele é feito? E como podemos chegar até ele? Em que andar fica esse laboratório?'
__________________________________________________________________________
.
.
Pedro “Pedra-no-seu-Caminho”
Roedor de Ossos - Galliard - Posto 1 (Cliath)
Carisma 5  Aparência 2  Raça Pura 0
Fúria 5  Gnose 2
.
Forma atual: Hominideo 
Vitalidade: Ok!
avatar
@nDRoid[94]

Data de inscrição : 22/07/2010
Idade : 24
Localização : Saint Étienne, França

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lobisomem (Universidade dos Lobos)

Mensagem por Krauzer em Sab Dez 08, 2018 2:12 pm


PEDRO - PEDRA-NO-SEU-CAMINHO


Após a fala do homem, Pedro o interrogava como poderiam abrir o cofre. Após pedir um copo d'água, ele admite que é um dos poucos funcionários da empresa que possuem a senha, mas quando perguntado sobre a mesma, algo estranho acontece. O homem começa a suar novamente, seus lábios se movimentam de forma desconexa, ele parece estar se esforçando, mas por alguma razão é incapaz de revelar a senha.

- Ok, ok, cara... sem senha de cofre então. Mas você sabe me dizer o que tem dentro dessa merda de produto? Do que ele é feito? E como podemos chegar até ele? Em que andar fica esse laboratório?

Ele respira fundo e então começa a falar como o composto foi feito. Ele falava uma interminável ladainha sobre elementos químicos de nomes estranhos que Pedro não fazia a mínima ideia do que eram. Porém, ele nega revelar as duas últimas perguntas, a não ser que em troca tenha sua liberdade. Caso pressionado, ele continua:

- Vocês sabem que a polícia vai me encontrar, não é?! Isso trata-se de sequestro, cárcere privado, tortura e espionagem industrial. Se eu fosse vocês, desistiria disso enquanto ainda é tempo. Por favor, me soltem e eu juro fingir que nada disso aconteceu!
avatar
Krauzer

Data de inscrição : 29/10/2013
Idade : 48

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lobisomem (Universidade dos Lobos)

Mensagem por @nDRoid[94] em Dom Dez 09, 2018 11:08 am

.
Tudo aquilo era muito estranho para o jovem Garou. O cara realmente parecia estar tomado por alguma coisa que realmente o impedia de falar coisas essenciais para uma futura missão. Aparentemente, ele só podia falar coisas inúteis, como o nome de uma ruma de coisa que Pedro fazia esforço para gravar... talvez fosse servir pra alguma coisa. Ou não. Entretanto, o filho da puta se negava a dar a localização do composto.
.
'- Vamos lá, cara... me ajude a te ajudar...'
.
Pressionado, o cara solta uma ameça e Pedro suspira diante daquilo tudo. Ele se afasta e abre a Mochila Esportiva, que estava num canto. Ele vasculha dentro dela e retira um canivete meio velho lá de dentro, voltando até o sequestrado. Ele pressiona a ponta da lâmina no peito do homem, respondendo-o:
.
'- Você realmente não sacou o buraco de merda que se enfiou, né? Eu não tô aqui pra ser o professor de ninguém não, mas eu vou ser teu parça e vou te deixar ciente. A polícia não vai te encontrar e, se eu fosse você, eu rezava um pai-nosso pra isso realmente não acontecer; meu amiguinho vai adorar queimar arquivo. Quanto a baboseira de acusação: foda-se o sequestro, foda-se o car...carcere privado, foda-se a tortura e... que merda é essa de "espionagem industrial"? Tu tá achando que somos da Assolan, meu chapa? Tu tá achando que a gente quer esse merda de produto pra usar ele, é isso?' - Pedro ri diante da imagem que vem em sua mente da matilha inteira vestida com terninhos amarelos, como o bonequinho da marca. '- Cara, sério... tu é hilário pra caralho...'
.
Pedro continua o interrogatório - considere que ele faz todas as perguntas levantadas no 'OFF' do post da narração no dia 3 Dez 2018 - e percebe que realmente havia algo nele, provavelmente algum ritual feito pelos sanguessugas, que o impedia de revelar coisas fundamentais. Pedro, então, percebia que talvez precisasse ser mais inteligente do que aquelas criaturas da Wyrm.
.
'-Luís, Luís... eu não sei o que esses idiotas fizeram contigo, mas pelo visto eles tiveram a certeza de não deixar uma pontinha solta sequer... vamos lá, eu sei que tu ainda pode me ajudar. Talvez algum nome, alguma pessoa peixe pequeno que possa ajudar de maneira mais "amigável"?'
__________________________________________________________________________
.
.
Pedro “Pedra-no-seu-Caminho”
Roedor de Ossos - Galliard - Posto 1 (Cliath)
Carisma 5  Aparência 2  Raça Pura 0
Fúria 5  Gnose 2
.
Forma atual: Hominideo 
Vitalidade: Ok!
avatar
@nDRoid[94]

Data de inscrição : 22/07/2010
Idade : 24
Localização : Saint Étienne, França

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lobisomem (Universidade dos Lobos)

Mensagem por Krauzer em Seg Dez 10, 2018 10:00 am

PEDRO - PEDRA-NO-SEU-CAMINHO



      O "interrogatório" estava durando mais do que o Roedor gostaria, e ele percebia que Luís não era capaz de fornecer a maioria dos detalhes importantes. Quase em lágrimas, o homem apenas diz o endereço da sede da empresa na Av. Rebouças, embora este detalhe poderia ser facilmente descoberto de qualquer outra forma. Era difícil discernir se Luís era cúmplice ou uma vítima disso tudo. No fundo é provável que ele apenas fosse um trabalhador comum, cuja ambição abriu espaço para ser corrompido pela Wyrm. É provável que nesse estágio inicial houvessem formas de reversão, mas se isso ocorresse, seus mestres sombrios com certeza saberiam e ele certamente pagaria caro por isso.

      Pedro então percebe que provavelmente não conseguiria tirar mais nada de importante dele, e novas tentativas apenas contribuiriam para o sofrimento de Luís. Mentalmente ele analisa o que conseguiu descobrir de útil:

* Ele já tinha o endereço da sede brasileira da empresa, localizada na Av. Rebouças.
* Nos laboratórios da empresa, dentro de um cofre, havia a única amostra do composto que seria utilizado para exterminar os Garou da face da terra.
* O composto possivelmente já estivesse pronto, embora ainda não soubessem se ele era efetivo.
* Além do composto, é possível que também houvessem registros da composição fórmula nos laboratórios, o que implicaria que mesmo se roubado, eles talvez pudessem fazer outro. A melhor solução seria destruir todos os registros.


      Neste momento, Fernando entra no quarto, chama Pedro para um canto e lhe pergunta se havia obtido algum sucesso no interrogatório. Após isso, ele informa que nesta noite haverá uma assembléia, e pelo tom de voz de Joelson, ele parecia preocupado.
avatar
Krauzer

Data de inscrição : 29/10/2013
Idade : 48

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lobisomem (Universidade dos Lobos)

Mensagem por Black Thief em Seg Dez 10, 2018 2:09 pm




Hunter observava os buracos de bala onde Raul dizia que era onde tinham deixado a garota, assim, ele procurava por sinais de sangue, ou até mesmo o cheiro de sangue com seu faro parcialmente transformado, mas rapidamente não encontravam nenhum sinal de sangue, então Vivivan deve ter se esquivado bem a tempo, antes de as balas a acertarem, a garota era boa, ou só foi muito sortuda e torcia para ser a primeira opção pois não podiam ficar dando uma de babá com ninguem na matilha.

Todavia, ainda deram uma espiada pela película, foi difícil, a cidade aumenta a força da Película, os servos da Weaver eram numerosos nessa região, estavam no terrotório deles, e também tinha essa catinga de animal morto que estavam os cobrindo era metade da dificuldade acrescentada, ainda assim, Hunter era bom no que fazia e ele espreitava o outro lado da película. Ao terminar de espreitar, Hunter sussurrava para Raul.

- Aí, deu ruim... Essa casa tá corrompida, tá tudo vazio, nem servos da Weaver tem pra esse lado. Acho que existe algo dentro da casa, ou nessa região dos domínios Umbrais... De qualquer jeito, ainda é capaz que acharam a Vivivan e a estão caçando por aqui mesmo. Como você disse que do outro lado vocês se deram mal com as aranhudas seria burrice ir sozinha pra lá mesmo.

Assim, Hunter se aproximava mais do local dos buracos de bala, ele farejava aquela região onde Vivian teria ficado, queria captar os cheiros e tentar discernir qual dos cheiros poderia ser o de Vivian. Se conseguisse ele ia pedir pra Raul farejar o local também e ajudá-lo a discernir o cheiro de Vivivan. Hunter se esforçava muito para tentar achar um rastro da garota, não podiam deixar um companheiro pra traz, apesar de provavelmente aquela garota poderia estar morta, e provavelmente seria tudo culpa do grupo que se separou em território desconhecido assim, mas no final queria voltar de consciência limpa de que fizera tudo o que podia ter feito.

OFF: Se for necessário teste pra achar o cheiro de Vivian, ou outro método de investigação que surgir, gasto 1 ponto de FDV. Da mesma forma, se o local onde estão for seguro sair da manta nojenta, Hunter vai sair.
avatar
Black Thief

Data de inscrição : 11/02/2011
Idade : 25

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lobisomem (Universidade dos Lobos)

Mensagem por @nDRoid[94] Ontem à(s) 12:24 am

.
Parecia que era aquilo. Pedro fazia suas anotações mentais diante de tudo o que havia sido relatado por Luís. Era meio agonizante ver como para onde a falta de perspectiva poderia levar os humanos. A situação daquele homem beirava a um grande monte de merda e Pedro lamentava que ele tivesse que estar mergulhado naquilo tudo. Imerso em seus pensamentos, ele vê Fernando entrando no quarto. O Roedor se aproxima do filho do Unicórnio e, diante do questionamento, apenas balança a cabeça negativamente. Então, ele escuta sobre a assembleia, o que lhe espanta pela forma como o Ahroun coloca a informação. Ele apenas pergunta:
.
'- Tu já sabe sobre o que exatamente será tratado nessa assembleia?'
__________________________________________________________________________
.
.
Pedro “Pedra-no-seu-Caminho”
Roedor de Ossos - Galliard - Posto 1 (Cliath)
Carisma 5  Aparência 2  Raça Pura 0
Fúria 5  Gnose 2
.
Forma atual: Hominideo 
Vitalidade: Ok!
avatar
@nDRoid[94]

Data de inscrição : 22/07/2010
Idade : 24
Localização : Saint Étienne, França

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lobisomem (Universidade dos Lobos)

Mensagem por Krauzer Ontem à(s) 12:19 pm

HUNTER LOCKWOOD - ÁGUIA-DE-SANGUE


- Aí, deu ruim... Essa casa tá corrompida, tá tudo vazio, nem servos da Weaver tem pra esse lado. Acho que existe algo dentro da casa, ou nessa região dos domínios Umbrais... De qualquer jeito, ainda é capaz que acharam a Vivivan e a estão caçando por aqui mesmo. Como você disse que do outro lado vocês se deram mal com as aranhudas seria burrice ir sozinha pra lá mesmo.  

      Hunter cochichava para Raul. Aquela situação era muito incômoda, o fedor do lençol, o fato de precisarem andar com cuidado devido a ele, os policiais patrulhando a área, o calor, mesmo assim, Hunter não desejava voltar de mãos vazias e esperava uma brecha para aproximarem-se novamente do local onde Vivian possivelmente foi alvejada.

      Após ambos farejarem o local com seus olfatos lupinos, mais algumas pequenas descobertas. O chão próximo ao muro exala um estranho odor químico. Algo semelhante a álcool etílico com alvejante. Ao analisarem os buracos por onde os projéteis passaram, verificaram que eles não atravessaram o muro, mas ainda assim, não foram capazes de encontrar os projéteis. Tudo indicava que o local já havia sido "limpo" antes deles chegarem, muito provavelmente para encobrir vestígios do ocorrido.

      O stress começava a tomar conta de ambos, e Hunter sentia suas roupas coladas ao corpo devido ao suor. O dia estava quente e aquela coberta imunda piorava tudo. Os policiais parece que não terminavam nunca a investigação e por diversas vezes quase tropeçaram na dupla. Hunter já não tinha mais paciência para se manter furtivo, e seus passos chamam a atenção de um policial que caminha até o local onde estavam cobertos. A dupla consegue se afastar por muito pouco. A situação estava ficando arriscada e qualquer rastro que Vivian pudesse ter deixado havia sido apagado.

      Assim que O guarda se afasta, Raul cochicha para Hunter.

- Acho melhor cairmos fora. Já estou me controlando para não arrancar essa droga e estripar todo mundo!


OFF: Gasto de 1 FDV.
avatar
Krauzer

Data de inscrição : 29/10/2013
Idade : 48

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lobisomem (Universidade dos Lobos)

Mensagem por Black Thief Ontem à(s) 12:59 pm




Aquela era uma situação ruim, muito ruim, horrível. Hunter segurava o rosnado do estresse que começava a subir sua cabeça. Seja lá quem foi, cobriu bem os rastros, usaram alvejante químico, seja pra cobrir o cheiro da Garou ou para limpar sangue se tiverem a acertado. Balas normais não preocupavam o Fenrir mas balas de prata sim. Quem caçou Vivian sabia que precisava recorrer a métodos mais letais, mas aquele cheiro de merda vencida e o calor, tudo estava deixando o Fenrir nervoso e a Raul também. A ideia de Raul parecia atraente para Hunter que só não fazia aquilo mesmo por causa da porra do Véu. Seria muito mais fácil rasgar aquele bando de inuteis ao meio pra deixar os dois Garou procurarem em paz.

Hunter então, diz sussurrado.

- Vamos dar o fora daqui, antes que eu siga mesmo sua sugestão.

Assim, quando estivessem em um lugar seguro que pudessem tirar aquele nojo em forma de pano, Hunter dá uma grande respirada ofegante, se apoiava na parede se concentrando pra não vomitar e apreciando a euforia da liberdade. Aquilo até lhe melhorava o humor. Quando finalmente tivesse conseguido respirar, ele dizia chutando ou quebrando a primeira coisa quebrável que estivesse ali perto.

- MAS QUE PORRA!!!!

Após quebrar seja lá o que tivesse quebrado, ele diz passando a mão pelos cabelos.

- Tá legal, eu to sem ideia, me diz você! Se também não tiver vamos ter que apelar pros cachorros velhos! Eu não quero isso, aquele bando de budogue me enchendo o saco não sei se vou me conter, mas não dá pra deixar a garota pra traz!


avatar
Black Thief

Data de inscrição : 11/02/2011
Idade : 25

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lobisomem (Universidade dos Lobos)

Mensagem por Krauzer Ontem à(s) 1:00 pm

PEDRO - PEDRA-NO-SEU-CAMINHO


      O tom de Fernando não parecia trazer boas notícias.

- Tu já sabe sobre o que exatamente será tratado nessa assembleia?

- Joelson pareceu preocupado, mas não queria admitir. Sei que estão havendo alguns atritos entre as Tribos da Serpente do Brejo por não aprovarem a liderança dos Andarilhos do Asfalto. Acredito que o fato de Joelson ter topado a aliança temporária com um grupo de Sanguessugas foi a gota d'água. Eu preferi não mencionar tudo o que descobrimos com Luís, seja pelo fato de Joelson já estar muito sobrecarregado com notícias ruins e também pelo fato de que se os Sanguessugas estão envolvidos, prefiro não falar nada importante por telefone!

      Fernando suspira profundamente e continua.

- Pedi para Ryan comprar mais suprimentos. Acredito que vocês já devem estar exaustos. Recomendo que comam algo, tomem um banho e durmam o resto do dia. Á noite os levarei até a USP. Podem se dividir entre o quarto de Ryan, o meu e o sofá, ou mesmo dormir no pátio caso algum de vocês prefira dormir na forma lupina. Assim que o outro Roedor der um jeito nas memórias do cara, vou largá-lo em algum beco por aí apenas com as roupas de baixo, para que pensem que foi apenas um assalto. Esse Dom será muito útil, pois sei que alguns Sanguessugas mais velhos podem ler a mente dos alvos, mas se não houver memórias para ler, ele não saberá de nada, e assim poderemos poupar a vida deste homem!


***





HUNTER LOCKWOOD - ÁGUIA DE SANGUE


     
      Aquilo estava deixando Hunter louco. O calor, o fedor da capa, o som dos automóveis na rua ao lado, esses porcos chatos que ficavam zanzando pelo local como retardados, o suor escorrendo por sua testa, sua garganta seca, era melhor cair fora dali antes que perdesse o controle.

      Quando estão em um local calmo longe da casa de Luís, Hunter arranca a capa e chuta uma lixeira colorida, daquelas de separar o lixo reciclável, espalhando seu conteúdo pela calçada.

- MAS QUE PORRA!!!!

- Tá legal, eu to sem ideia, me diz você! Se também não tiver vamos ter que apelar pros cachorros velhos! Eu não quero isso, aquele bando de budogue me enchendo o saco não sei se vou me conter, mas não dá pra deixar a garota pra traz!

      Enquanto Hunter falava, seu estômago roncava e sua garganta implorava por água.

- Cara, não tenho muita ideia do que fazer. Depois do que vimos lá, temo que ela tenha sido capturada. E como ela estava próxima da casa do engravatado lá... bem, eu duvido que um cara que saiba tanto não seja vigiado. Precisamos saber se Pedro descobriu mais alguma coisa!


OFF: devido às circunstâncias, a não ser que Hunter descanse, se alimente e se hidrate, considere que ele perderá mais 1 ponto de FDV. Raul parece estar sentindo o mesmo e recomenda que voltem para a casa de Ryan e mais tarde continuem.



***


      OFF: A cena seguinte pressupõe que Hunter e Raul já voltaram. Na verdade o Dom "Memórias Roubadas" funciona apenas para as memórias dos últimos 15 minutos, mas para o bom andamento da história, irei ignorar esta parte e levar em conta que Raul apagou todas as lembranças dele desde o interrogatório.

      Enquanto os garotos lancham, tomam banho ou vão dormir, Fernando se certifica se há algo nos bolsos do homem, o coloca para dormir através de um Dom e desaparece com ele na Umbra (através de outro Dom), avisando que retornaria até a noite.
avatar
Krauzer

Data de inscrição : 29/10/2013
Idade : 48

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lobisomem (Universidade dos Lobos)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum