Uma verdade, diversas mentiras! FINAL!

Página 5 de 9 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras! FINAL!

Mensagem por HaSSaM em Dom Jun 10, 2018 6:29 pm

Malika
"...Pois tu és pó e ao pó retornarás.”
Gênesis 3, 19
"Não temas! Eu sou o Primeiro e o Último, o vivente, estive morto,
mas eis que estou vivo pelos séculos dos séculos, e tenho as chaves da Morte e do Hades"

Apocalipse 1,17-18

As palavras finais de Malika saiam com dificuldade de seus lábios, que no momento, tinham gosto de sangue. O Brujah hesita por um instante, seus olhos confusos encaram a vampira presa em suas mãos, esta não oferecia nenhuma resistência, mas Jack logo retorna a demonstrar sua impiedosa crueldade, suas têmporas se exaltam, seus caninos se alongam, seus músculos se contraem e a mão que carregava a lamina se erguia no alto, acima de sua cabeça. Os olhos da jovem vampira se fecham.  Voltariam a se abrir novamente? Mesmo que não se importasse com a resposta a essa pergunta, pois sabia que no fim daquele túnel encontraria a paz. Mas a besta reprimida se fazia presente mais uma vez, ela urrava em panico, totalmente acuada e assustada. Malika se concentrava, não deixava que ela tomasse qualquer atitude covarde. Jack poderia esmurrar todo seu corpo, mas nunca corromperia sua missão ou seus princípios, e nunca conseguiria tocar em sua alma. A dor que ardia em seu peito era esquecida por sua mente entorpecida, Malika agora se sentia tão leve, quase em paz. Não estava ainda morta, mas se desprendia do mundo físico.

Como em muitos relatos de humanos que tiveram uma experiencia de quase morte, os olhos de Malika se abrem revelando a verdade e isso lhe causa medo. Aquele era o fim e seu novo inicio. Seu apocalipse e seu Geneses. Estava acima de Jack, acima de seu proprios corpo que no momento estava jogado como uma boneca sem vida, a lamina nas mãos de seu algoz descem com força, sem nenhuma misericordia, não uma, nem duas, mas diversas vezes perfurando sua carne, quebrando seus ossos, seu sangue mancha as paredes daquele local imundo, escorre pelo chão formando uma grande poça. Seu corpo, negro, esguio e agora morto sucumbe a terra. Naquele ato de abnegação, Malika superava suas tendencias egoístas, tão intrínseco a todo cainita conquistando a chance fugaz de uma ultima tentativa altruísta de conseguir informar alguém sobre os mistérios que a rondavam.



A atenção de Malika era desviada para as coisas ao seu redor, as paredes, o objeto, o concreto, as formas ao seu redor distorcidas e espelhadas  refletiam a figura enegressida de Malika. As cores eram opacas, como se estivesse mergulhada na agua. A imortal conseguia sentir a furia daquela construção, cores morrons, purpura e Vermelho vivo pulsavam naquele predio, como se estivesse vivo. A forma da malkaviana se transformava num vulto, apenas um borrão refletido pelas paredes deturpadas. Ela chegava ao gabinete do Principe, ali a sala os fragmentos dos objetos fisicos estava fragmentado, era como se alguma coisa bloqueasse a presença da vampira. Mesmo assim ela persistia. Se aproximava do ancião sentado atrás da mesa. A sua frente estava um outro homem desconhecido. Malika fazia uso de seus poderes. Para assim cumprir sua missão. Ancião sendo torturado. Carmen contando sobre os ataques. Bill na area de serviço agredindo a carne de seu corpo. Segurança lhe traindo. Muitas imagens, um pouco do que passou aquela noite.

O ancião parava de falar, o homem a sua frente ficava sem entender muita coisa.

- Saia - Diz o Ancião - SAIA AGORA!! - ele grita.

O homem ficava sem entender muita coisa. Saia da sala desconcertado e apressado. Tropeçando nos moveis ao seu redor. O principe ficava ali sentado por um tempo antes de pegar seu telefone e digitar algum numero.

- Esta acontecendo - ele diz



rolagens:
Dados:5, 8, 6, 2,
MALIKA rolou 5 dado(s) com dificuldade 6 para Autocontrole e obteve 2 sucesso(s)
Dados:8, 10, 1, 4, 10, 10
MALIKA rolou 6 dado(s) com dificuldade 7 para Auspicios 5 e obteve 3 sucesso(s)
Re-rolar 10: não
Dados:3, 9, 8, 5, 5
MALIKA rolou 5 dado(s) com dificuldade 6 para Auspicios 6 e obteve 2 sucesso(s)

[STATUS] Malika
PDS – ??
FDV- 3/6
VTL – ??
MDF –

_________________
A ressurreição de uma lenda.

avatar
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 26
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras! FINAL!

Mensagem por @nonimous em Dom Jun 10, 2018 8:26 pm

Pesadelos do passado voltam a me assombrar, ainda posso me lembrar daquela noite em Paris, eu ainda era jovem, já se passaram algumas dezenas de anos, eu havia aprendido os componentes, meu sangue detinha o poder furtado eras atrás, meu mentor, o grande Regente da Capela havia me instruído adequadamente.
Não obstante, eu que sempre persegui o sobrenatural, o metafisico, aquilo que está além da compreensão comum, o que nós nos convencionamos a chamar de Mágica.

Naquela noite ao manipular energias as quais estava ainda em aprendizado, acidentalmente quebrei um espelho na Capela de Paris, e libertei o que podemos chamar de Espectro, um espirito do além túmulo, há quem diga que essa entidade é a personificação de meus medos, o que se esconde no canto mais obscuro de minha alma, eu ouvi certa vez de um Giovanni que pode ser uma Sombra do mundo dos mortos que se conectou a mim.

E agora eu o vejo em ação novamente, fazia algumas noites que ela não me assombrava.

O modus operandi é sempre o mesmo, que redundância descarada, que vulgar, mas talvez essa coisa esteja tão desesperada quanto a pessoa que maneja a arma de fogo atirando em mim.


Eu gostaria de alguma noite dessas poder falar com ele, sentir sua dor, que é minha dor, sua profunda e densa melancolia, algo que o acompanha pela eternidade, tal qual a minha, a cada passo na noite sinto dor, solidão, a escuridão minha melhor e velha amiga camufla uma existência de puro horror, mas então eu diria a essa criatura que acidentalmente libertei:

" Oh, a escuridão que habita em mim, saúda a escuridão que em você" Me conectaria a ele de forma profunda, meu sangue Tremere me diria " Aprisione o e traga o para uma Capela para estudarmos" Eu digo.
" Vamos em direção a escuridão, dançarmos inconsequentemente como se estivessemos embriagados pela diablerie

Eu resolveria meu problema com minha alma em breve, até me falaram que existia um caminho de taumaturgia a qual aprendíamos a gíria dos espíritos, isso está em curso, ando lendo alguns textos, falta pouco, mas irei dar um basta nesse bastardo, nesse momento tudo o que posso sentir é a incurável angustia de nossa existência.

Ah eu poderia me deixar ferir, isso talvez aplacaria minha culpa, sou um monstro para um monstro não me tornar, tão poético e tão falacioso ao mesmo tempo, que se dane.

Ah ele talvez nem vai perceber, eu flexiono minha vitae, posso sentir os contornos da magia, devo sussurrar o encantamento e manejar minha vontade, levito rapidamente, sobrevoando por sobre a rachada furiosa, enquanto isso uso meu sangue para acelerar meus movimentos, vou rasgar a noite como um demônio foragido do inferno, ah como seria cômico se ao levitar por aquele lugar em alta velocidade estivesse sendo apenas presa das minhas próprias ilusões canalizadas por um espirito furioso, mas que se foda.
Devo cair próximo ao pobre diabo que está atirando em mim, claro presumindo que não seja eu mesmo.

Que paradoxo horrível.




_________________
Status 01 Ancillae em ascensão
Líder Nato


" Seu tolo, entregou sua lealdade para mestres profanos, agora sinta a dor da traição, não precisar implorar por perdão, eu sou o arauto da morte, nosso clã já te julgou culpado, e pouco me importo, tudo o que sei é que você é uma ameaça, e será expurgada da pirâmide."
avatar
@nonimous

Data de inscrição : 01/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras! FINAL!

Mensagem por Guidim em Seg Jun 11, 2018 8:33 am


"A sensação era corriqueira, como outras vezes Malika preparava-se para atravessar o véu, era como passar por pesadas cortinas de veludo mas dessa vez uma sensação nova a vislumbra. As pontas de suas extremidades formigavam como se seu corpo estivesse em desintegração e ao abrir os olhos sua projeção astral ia mais longe e mais rápido do que jamais havia ido e brevemente ele se vê deixando o planeta terra seguido de um transe profundo onde todos os cinco sentidos tornavam-se um e sua existência apenas um signo abstrato.

Já sem olhos para enxergar ou qualquer outro conceito tão físico para localizar-se, a existência de Malika percebe-se em um infinito branco de frente a uma versão de seu corpo terreno inteiramente em cor de ébano e olhos cor de sangue espelhando a posição de lótus que começa a desintegrar-se vagarosamente com uma feição de serenidade, era sua besta que desde o abraço o punia com a sede eterna."

R.Gato - Drowned Souls (adaptado)

Por fim eu compreendia a visão do Guru, como atravessar por debaixo da forte queda de uma cachoeira minha existência cruzava os mundos, entre os vivos e os mortos, entre o real e o abstrato, o branco cintilava-se harmoniosamente e aos poucos recebia tons vibrantes e impares, no âmbito de cada coisa sua aura, era como vaguear pelas entranhas de cada ser, como se cada coisa estivesse conectada... e estava.

Meu corpo ébano e débil era deixado para trás, me entreolhava e apenas o branco dourado me irradiava, me olhava mesmo sem olhos, poderia andar mesmo sem pernas e rechaçada pela minha fé eu já não importava-me mais com o destino, para onde iriamos após a não-vida?  Eu transcendia a duvida dos homens, rompia barreiras, portas, eu rompia a realidade e ia além da compreensão de qualquer ser, rompendo-me e unindo-me no mundo abstrato e entendendo cada faceta de sua deslumbrante magnitude. Um ultimo ato, uma ultima sinfonia que transpassava os mundos, veiculava pela Teia perturbando a calmaria da loucura de meus irmãos e por fim chegava aos ouvidos de Godman.

Principe Godman escreveu:- Esta acontecendo - ele diz

A pertubação atingia aquela minha centelha de existência, a realidade compreendida em segundos soava diferente nesta faceta, sentia minha essência arder vermelha, e aos poucos o cheiro marrom entravam pelos meus ouvidos, nenhuma regra parecia existir, e os sentidos pareciam-se misturar de tal forma que nenhuma explicação lógica faria sentido... apenas sentimentos manifestados por vibrações e abstrações....

O erro que havia sido cometido jamais seria reparado, minha existência amargurada abandonava a presença daquele ser desprezível, as lagrimas escorrias pelos meu rosto inexistente e marcavam o rastro de minha peregrinação com dor e sofrimento. Eu urrava. Enfim a verdade dentre diversas mentiras havia sido revelada. Mergulhada na ira e no pesar eu ardia... aos poucos me pedia nas estranhas daquele mundo desconhecido via-me cada vez mais distante e incapaz, O fim se aproximava e apenas o pesar reciproco do amor de minha minha senhora visitava minha centelha de existência, trazendo-me de volta ... Carmem, uma extensão de minha maldição, assim como eu sou uma faceta de sua própria sina, tudo o que ela gostaria de ser completada por mim, sua pupila valiosa, crente e humana... nos uniríamos uma vez mais... romperia sons, luzes, mundos... e me entregarei a única que realmente é digna da verdade completa.... num ímpeto de vontade e fé, cruzaria minha existência com a de Carmem, crente de que meu tempo se esgotaria, revelaria sobre o Príncipe... e enfim ela saberia lidar com o mundo dela... e eu não precisaria mais me importar com nada.... apenas com a paz divina que me aguardaria.

"Carmem... perdoe-se e permita-se perdoar....  Eu enfim encontrei a verdade, use-a como eu a usaria, nossas existências se cruzaram com brevidade, mas estará marcada pela eternidade em sua alma... busque a verdade sempre, que a paz de Cristo a encontrará assim como me encontrou".

_________________
FalasPensamentos[Offs/Testes]

"-A verdade está aí dentro...
avatar
Guidim

Data de inscrição : 31/08/2010
Idade : 29
Localização : Diadema

http://www.twitter.com/fe_orlando

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras! FINAL!

Mensagem por HaSSaM em Seg Jun 11, 2018 9:10 am

Crowley

O imortal se afastava de todos e de tudo, se aproximava de seu veiculo. Conseguia dali de cima ver toda a interestadual a seu redor, cruzando dois estados. As planície distantes. O luar que lhe banhava. Os pequenos carros passando ali em baixo em grande velocidade. Se lembrava de ter passado por um posto a uns 2 Km de distancia. Sabia que ali conseguiria muito mais do que apenas sangue. Também viu alguns casebres por onde passou. A noite avançava. Crowley precisava de sangue. O bando precisava atacar logo ou nunca conseguiriam tempo para destruir seus inimigos, pois o pior inimigo de todos os cainitas logo chegaria no horizonte, trazendo não só o sono diurno a seus corpos mortos, mas dor e esquecimento a quem ousasse aparecer em sua presença.

_________________
A ressurreição de uma lenda.

avatar
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 26
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras! FINAL!

Mensagem por HaSSaM em Seg Jun 11, 2018 9:25 am

Igor Saldanha

Igor se arrumava, o espelho a sua frente não refletia o imortal, algumas pessoas acreditavam que a imagem no espelho era o reflexo da alma. Se aquilo fosse realmente verdade, explicaria o lugar vazio no espelho devido a natureza incompleta do vampiro. Mas Igor não se importava com aquilo aquela noite, conversava com as bonecas, e em sua loucura, conseguia até mesmo ouvir elas respondendo e isso chateava a mente perturbada do vampiro. Até que seu telefone toca.

- Igor!! - Diz Bobby Guns - Consegui o que queria. Pode me encontra no "Bar 77" esta noite? - Ele pergunta ligeiramente agitado.

_________________
A ressurreição de uma lenda.

avatar
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 26
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras! FINAL!

Mensagem por giulio em Seg Jun 11, 2018 12:50 pm



O Degenerado segue com sua abordagem,olhando ao redor vendo as poucos pessoas que estão no local...logo via que o segurança comprimento a Matilda após a abordagem e então a obter a resposta, nota a mentira no rosto do segurança, ele sabia onde Malika se encontrava mesmo assim mente na cara de pau...

"Ele tem noção sobre a mentira que está falando?Mas concerteza teme a vida dele ... " Seguindo nesse pensamento, o toreador segue com A língua afiada... após olhar para Matilda para ver se ela percebeu a mentira do segurança prossegue...


-Então, Malika é de grande importância no momento, e vejo em seus olhos que você sabe melhor que eu e Matilda que ela não está a no caminho que acabou de indicar... O toreador olha fixamente para o mortal a sua frente... E continua...-- Ela também é de grande importância ao dono disso tudo e também o seu contratante creio eu o Senhor Richard, acho que ele vai gostar de saber que seu subordinado está escondendo algo...

Por uns segundos ele para para ouvir algo do segurança...

Observação: Caso ele não diga onde Malika está realmente segue a cena...

--Como você não está cooperando com a situação irei falar com o príncipe sobre você...olha para Matilda e em um tom calmo e sarcástico prossegue --Matilda, o Senhor Richard se encontra no momento? Acha que eu consigo uma audiência com ele ainda hoje ? Vamos ver até onde vai as mentiras...

Nesse momento Giulio Fuzila o segurança com um olhar fixo...


Última edição por giulio em Seg Jun 11, 2018 5:49 pm, editado 1 vez(es) (Razão : Correção)
avatar
giulio

Data de inscrição : 24/11/2011
Idade : 28
Localização : PB-JP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras! FINAL!

Mensagem por Ph em Seg Jun 11, 2018 12:53 pm

Igor Saldanha, o Cigano da Lanterna Dourada

Quando está para sair de casa o celular toca, intrigando o imortal. Ele deixa chamar algumas vezes.
-Pronto!
Ao ouvir a voz de Bobby ele tapa o microfone com a mão.
-Com licença, senhor Victor...
Igor sai andando pesadamente pelo seu chão de madeira até sua janela.
-Hey, Bobby, me desculpa, estou com clientes -diz Igor falando mais baixo- o que me conta?… Ah, sua competência é incrível!
E de fato é.
-Marcado no lugar mencionado, Bobby. Até logo!

O vampiro se senta em seu sofá e fuma dois cigarros vendo algum programa de drama familiar na TV. Ao término de sua “reunião”, Igor desce até a garagem para pegar sua Maserati e vai ao encontro de Bobby.

“Será mesmo possível que o filho puta já conseguiu tudo?!”
avatar
Ph

Data de inscrição : 26/01/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras! FINAL!

Mensagem por Crowley em Qua Jun 13, 2018 12:06 am

Antony descia a colina em direção ao seu carro, precisava se alimentar, estar pronto para o que estava por vir, não poderia falhar já que isso  custaria sua não vida. Mediante a isso sabia também que não poderia demora caso contrário ficaria de fora de algo que poderia lher render alguns títulos e glória…

“ Nossa, como a noite está bela!
Aqui no alto dessa colina pode ser ter uma vista memorável, ainda mais com essa noite maravilhosa banhada com esse luar…”

O sombrio contemplava a noite com o belo luar que lhe acompanhava, não teve tempo para notar tal coisa, não houve de tempo para fazer muitas coisas e logo seu algoz estaria presente como em todos  fim de noite, e é realmente esse o único inimigo de todos, ele o sol.
“ Tenho que me apressar!
Não posso perder tempo, tenho que arrumar um jeito de conseguir uma rápida refeição”

Antony, dava pressão em si mesmo, a missão foi concluído mas a batalha ainda não estava vencida e a guerra longe do fim.
“ Lembro de ter passado por um posto de gasolina e logo em seguida uns casebres abandonado, aí está os locais de caça, poderia encontrar mais que alimentos na queles posto, quem saber comprar umas roupas novas e até um banho.
A ideia depois quem saber pegar uma raparigas desses de beira de estrada lá no posto e me alimentar, talvez não lá mas sim também no caminho de volta”


O sombrio traçava um plano em mente, então ele entrar em seu carro e o executa, nao tinha tempo a perde,  após se alimentar ele retorna até seus comparsas e sua mentora. No caminho ele já vai ligando para Lucy, assim caso já tenham definidos as ações iria se atualizar com ela  para alcançar o comboio da morte iria direto ao destinato indicado.
avatar
Crowley

Data de inscrição : 02/12/2010
Idade : 27
Localização : Rio de janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras! FINAL!

Mensagem por HaSSaM em Qui Jun 14, 2018 11:04 am

Stanislav

A magia aflora, toma conta de todo seu corpo, pesada, densa.  Stanis conseguia senti-la na ponta de seus dedos ou em seu corpo que se tornava mais leve que o ar. O imortal flutua acima de todos os objetos, maquinários corroídos por ferrugem e traça. Se aproximava de seu alvo. Ele estava ali na escuridão. Conseguia vê-lo melhor agora. Assustado. Olhando para cima enquanto suas mãos trabalhavam o mais rápido que podiam para colocar outro cartucho de bala na arma. Uma Ak-47. Artilharia pesada para lidar com alguém que só desejava negociar.  Tolo. Antes que pudesse pousar, a mão corroída em seu ante-braço puxava o tremere para dentro do espelho, que no momento era o que fazia com que Stanis ficasse entre os dois mundos. Era um portal. E aquele maldito portal o levaria para dentro da Umbra, ou seja lá pra onde o espirito amaldiçoado estava lhe puxando. Metade de seu braço era sugado para dentro do vidro encantado. Era viscoso. Frio. Exercia uma pressão ainda maior, desconcentrando Stanis de seu objetivo.

Seu corpo, tão pesado quando uma bigorna, tocava o chão. O homem a sua frente, negro, Black Power orgulhoso na cabeça, terminava de recarregar sua arma, logo estaria novamente cuspindo balas para todos os lados. Stanis se perdia nos sons vindo de dentro do espelho. Era como se milhares de vozes gritassem ao mesmo tempo. Gritos de agonia. Terror. Sofrimento. Mas no meio de todo aquele Caos, ele conseguia ouvir uma outra voz falando em uma língua antiga. Alguma coisa iria terminar aquela noite, alguma coisa que foi escrito com sangue a muitas eras atrás.  Os vermes gosmentos continuam subindo, agora no ombro e por sua vestes. A pressão de seu braço aumenta ainda mais. Estava na hora de tomar uma atitude, ou um de seus inimigos ali naquele momento sairia vitorioso.

[STATUS]
Stanis
PDS – 12/14
FDV- 7/8
VTL – 7/7 (Saúde perfeita)
MDF – Rapidez

_________________
A ressurreição de uma lenda.

avatar
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 26
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras! FINAL!

Mensagem por @nonimous em Qui Jun 14, 2018 1:30 pm

Os Tremere são majestosos, cruéis, ambiciosos e impregnados por manipulações sutis, carregam uma dose elevada de agressividade intelectual, deixam cada ponta bem amarrada para que isso não desvirtue seus planos.

Eu não sou assim.

Sou uma misturada bem elaborada de falhas, incapacidade de perceber nuances, e uma agressividade latente, queimaria o mundo só para ver as cinzas crepitando no ar noturno, sou algo perto da vilania, um mal que luta para não ser o monstro que sou.
A besta permeia minha alma como um verme alojado na carne, parasitando e engordando as minhas custas, beber sangue e matar pessoas nem é a pior parte, mas você deve estar pensando que estou apenas tendo uma crise existencialista, não se engane.

Ah e tem esse Espectro causando distorções na minha mente, canalizando sua energia através do fluxo mágico, eu poderia apenas cortar o fluxo mágico, mas não sou um covarde que e ajoelha.

Então eu sinto o desespero, a loucura gritando na minha mente já enlouquecida pelo abraço, então eu junto forças internamente para conter a avalanche de insanidade, dor, sofrimento e culpa.
F
Força de vontade:
Gasto um ponto de força de vontade

Contido meus demônios internos, eu avanço para o belo exemplo de crioulo, irei devolver a gentileza, ele está cuspindo chumbo com sua arma moderna, eu tenho métodos mais eficazes, leia se dolorosos, avanço sobre ele, em uma velocidade elevada, graças ao sangue vampirico.
Velocidade:
Gasto dois pontos de sangue para destreza

Me coloco atrás dele, como vampiros dos filmes, deslizando delicadamente, ao ficar deslocado de seu campo de visão eu o toco com um polegar, e como um deus eu me vingo por sua audácia de atacar um senhor da magia, que tolo.
"Caldeirão de Sangue" Eu sussurro.

Caldeirão de sangue:
Caldeirão de sangue
Uso caldeirão de sangue lembrando que por ser minha linha primária ganha bônus do talismâ

_________________
Status 01 Ancillae em ascensão
Líder Nato


" Seu tolo, entregou sua lealdade para mestres profanos, agora sinta a dor da traição, não precisar implorar por perdão, eu sou o arauto da morte, nosso clã já te julgou culpado, e pouco me importo, tudo o que sei é que você é uma ameaça, e será expurgada da pirâmide."
avatar
@nonimous

Data de inscrição : 01/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras! FINAL!

Mensagem por HaSSaM em Qui Jun 14, 2018 1:37 pm

MALIKA

As feições do príncipe não se alteram, recebia todas as informações de Malika, marcadas com sangue e lagrima sem tomar nenhuma atitude, apenas dizia para outra pessoa do outro lado da linha que estava acontecendo, provavelmente o Ancião sabia muito mais do que a Malkaviana imaginava. Mas quanto... ? Malika deixava tudo aquilo para trás, os sentimentos adormecidos a inundavam, violentando seu bom espirito. O pensamento de ter sido tudo inútil denegriam todos os seus esforços. A sua vontade.  Sua fé. Malika leva os pensamentos até sua mentora. O galpão do qual saiu. Retornando para seu porto seguro. Cores. Milhares delas. Passando rapidamente em seus olhos. Muros. Concreto. Pessoas. Luzes em todos os tons possíveis. Flashs. Vultos. Malika retornava para o armazém, da onde fugiu assustada sem aparecer na presença de sua mentora, com medo de uma possível retaliação ou talvez com receio de ser considerada cúmplice do mal que ali acontecia.

A imortal atravessava a grande parede de metal como se ela não estivesse ali. Seus olhos demoram para se acostumar com a escuridão que nublava todo o local, que a horas atrás foi cenário de uma tortura. A cadeira chamuscada estava ali no centro ainda, no mesmo lugar que antes. Mas diferente da outra vez, estava completamente vazio. Não.. Espere... Seus olhos subiam para uma figura espectral que sobrevoava acima de suas cabeças, mais uma alma atormentada a visitava aquela noite. Parecia perturbada, olhava incessantemente para seu braço. Logo a frente, estava Jack, o negro de Black Power na cabeça, aquele que destruiu o nosferatu momento atrás. Em suas mãos a mesma arma, no momento ele tentava engatilhar o rifle, enquanto o espirito ia a seu encontro. Parecia que não era só Malika que via espíritos afinal de contas.

Malika continuava seu caminho. Numa fresta escura, na fenda de duas maquinas pesadas, se encontrava sua mentora. calada. Imóvel. Se escondia de algo. Carmem se preparava como uma serpente pronta a dar o bote. Mas em quem? A pergunta era deixada de lado. A imortal não tinha tempo. O brujah logo destruiria seu corpo. Era o fim. As imagens eram transmitidas para a mente de Carmen que olhava todo o redor procurando o paradeiro. Após não localizar, ela apenas fecha os olhos, uma lagrima de sangue desliza por sua face. Seus punhos se fecham.

"Eu irei encontra-la... Isso ainda não é um Adeus, minha menina"


Última edição por HaSSaM em Qui Jun 14, 2018 4:54 pm, editado 1 vez(es)

_________________
A ressurreição de uma lenda.

avatar
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 26
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras! FINAL!

Mensagem por HaSSaM em Qui Jun 14, 2018 3:01 pm

Giulio

- Além de me acusar de mentiroso, ainda me ameaça? - Ele pergunta indignado.

Giulio percebia que não ia conseguir muito com o lacaio, mas saber que esta mentindo poderia revelar muito mais do que apenas a direção de Malika. O porque da ousadia? Porque não revelar onde se encontrava a menina maltrapilha? Perguntas que poderiam esconder muitas coisas ali dentro. O toreador velava suas ameaças na menção do principe, olhando para matilda, em busca de auxilia, esta já estava mais próxima que do esperava. Segurava o pescoço do homem com força, numa ação brusca em busca da verdade, sem etiqueca, sem pudor nenhum ali dentro do Elísio.

- Não seja insolente. Nos diga a verdade antes que eu arranque sua cabeça! - Ela sussurra em tom ameaçador.

O segurança hesita por um instante, mas seus olhos ganham uma expressão de horror, medo, quase panico. Não conseguia segurar o olhar na mulher por muito tempo, desviava seus olhos a todo instante.

- M... Me desculpe. - Ele gagueja - Ela ta na parte de baixo. - Lagrimas saem de seus olhos. - Não tive culpa. Não fui eu!! - Ele aumenta o tom da voz.

A toreador larga o homem olhando para o Imortal.

- Vamos! - Ela diz se encaminhando para parte de baixo.

_________________
A ressurreição de uma lenda.

avatar
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 26
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras! FINAL!

Mensagem por HaSSaM em Qui Jun 14, 2018 3:26 pm

Igor Saldanha

O imortal se distraia por alguns minutos ainda em sua residencia. Fingia que estava ocupado, afinal de contas era um homem importante, e pessoas importantes estão sempre ocupados. O cigarro se desfazia em seus lábios em longos e pequenos tragos, enchendo seu pulmão de fumaça que eram soltadas para o ar. Após perceber que já estava a um bom tempo ali, se retirava de sua residencia em caminho ao local que lhe fora indicado. A carro rugia pelo asfalto, cortava o transito. Ganhava a noite. Cidadãos anônimos paravam para ve-lo passar, apontavam. Muitos imaginavam onde um cara desses iria aquela noite, mas ninguém imagina que seria no "Bar 77" Uma espelunca mal frequentada de Nova Iorque.

Após deixar seu carro a algumas quadras do local, o imortal entrava no local. O bar era pequeno, uma 4 mesas espalhadas por uma pequeno salão. Uma mesa de bilhar no fundo do local. iluminação escassa. Mas o lugar estava cheio. Na sua maioria homens conversando e rindo alto. O cheiro de cigarro era presente, sua fumaça pairava acima de suas cabeças. NO fundo do lugar, numa mesa reservada se encontrava Bobby, tomando calmamente uma cerveja.

- Aqui -
Ele grita levantando as mãos para que Igor o localize mais rápido.

Após sentar ele começar

- Então meu Brother, consegui uns nomes pra vocês. - Ele faz uma pausa tomando um gole de cerveja - Mas primeiro quero saber quanto será minha comissão - Ele diz sorrindo, com aquele olhar ganancioso.

_________________
A ressurreição de uma lenda.

avatar
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 26
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras! FINAL!

Mensagem por giulio em Qui Jun 14, 2018 11:36 pm

Após Giulio tentar enganar o segurança com suas ameaças o mesmo se pronúncia,  mostrando que na conversa, de nada conseguiria, afinal ele era carniçal do próprio príncipe, os Degenerado são conhecidos por obterem paixão por tudo que é belo, Giulio já ouvira falar de alguns Degenerados que obtinham um gosto por uma certa arte diferente arte da tortura, e da agressão... E Giulio de certa forma estava cansado daquelas brincadeiras da noite em que havia passado... E começa a pensar em formas de torturas para aquele mortal a sua frente...

"Com meu Dom de velocidade, poderia pintar em seu corpo a mais bela obra de arte com minha adaga, seu desgraçado, porque não fala logo a verdade?" Pensava o Degenerado, já deixando transparecer a besta que corroia por dentro de seu corpo morto já começando a a mostrar suas presas próximo de utilizar de seu DOM (Olhar aterrorizante) para intimidar aquela parea da sociedade, já com suas mãos prontas para pegar sua adaga escondida por baixo de seu terno, Matilda toma a frente antes do Toreador...

Giulio nesse momento apenas observar o olhar amedrontador de Matilda após ela falar e ver o Segurança quase se urinando nas calças de medo... Giulio jamais havia visto Matilda nessa forma de raiva... E logo ouve as palavras do mortal sussurrar onde verdadeiramente Malika maltrapilha estava...

Assim que Matilda solta o segurança e pronúncia algo... Giulio a segue sem nem pensar duas vezes a ponto de acompanhar a velocidade dos passos da Toreador... Enquanto andava o Toreador se. Pronúncia em um tom baixo ...

--Certamente essa foi uma ótima cena para ver nesta admirável noite... Giulio completa com um sorriso... --Antes de minha partida, essa cena será meu presente em um belo quadro para você... E logo ambos seguiam para a parte de baixo... Assim que chega ao local... Giulio já começa a utilizar de seus dons (Sentidos aguçados- ouvir e observar) aproveitando de seu aprimoramento de se concentrar (qualidade concentração) ...

--Entao Matilda onde ela se encontra... Perguntava o Toreador pronto para utilizar de suas habilidades.
avatar
giulio

Data de inscrição : 24/11/2011
Idade : 28
Localização : PB-JP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras! FINAL!

Mensagem por HaSSaM em Sex Jun 15, 2018 7:40 am

GIULIO

o imortal observava a harpia do Elísio amedrontar o segurança de tal forma que não seria possível sem os dons que seu clã conhecia muito bem, mas teria ela tal ousadia? O toreador não sabia dizer ao certo, mas era assustador pensar que ela havia violado as regras do Elísio, passado por cima das palavras do príncipe, apenas para localizar alguém que Giulio dizia ser importante. Talvez ela estivesse agora se dando conta das coisas que estavam acontecendo por ali, ou talvez apenas quisesse mostrar poder sobre aquele homem, não se sabia ao certo. Ela começa a andar rápido indo em direção que o carniçal indicou. Eles atravessam o corredor, passam pelo salão que a minutos atrás Giulio aguardava Matilda chegar, e desciam em seguida dois lances de escadas. No caminho, Giulio sente a necessidade de comentar sobre o feito da Toreador, a estrategia para arranca-lhe a verdade. Ela lhe olhava nos olhos por um momento e dizia:

- Vai deixar a cidade? - Ela pergunta.

As escadas davam em outro corredor mal iluminado  com mais 3 portas nelas. Giulio deixa que seus sentidos se ampliem para capturar o mais suave dos sons, dos movimentos. Podia sentir uma brisa fria vendo por debaixo da primeira porta a esquerda, e sons da segunda porta a direita, parecia com um relógio, não... Não era um relógio, talvez um cronometro... Merda. Giulio se dava conta do que era, e era uma maldita bomba. Tic Tac Tic Tac . Seus olhos se esbugalham de pavor. Explosão. Chamas. Morte. Passos se fazem presente atrás dele. Ao se virar, podia notar alguém saindo de debaixo da escada. Um homem alto, cabelos loiros. Forte. Braço repleto de tatuagens. Um rosto inesquecível. Era Jack. Líder do movimento Anarquista. Nas mãos um reluzente canivete manchado de sangue. NO rosto um semblante serio de pesar.

- Vocês gostam daqui de baixo, não é mesmo? - Ele pergunta sem humor nenhum na face.

- Faça alguma coisa - Diz Matilda temerosa.

_________________
A ressurreição de uma lenda.

avatar
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 26
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras! FINAL!

Mensagem por Guidim em Sex Jun 15, 2018 8:31 am

Mas, se Cristo está em vocês,
o corpo está morto por causa do pecado,
mas o espírito está vivo por causa da justiça.
Romanos 8:10


Enfim a encontrava. Carmem. A parcela de culpa que tomava minha existência logo se amparava pelas palavras de minha senhora, poderia ser tarde mas aos poucos eu entendia que os fins poderiam justificar os meios. Carmem havia feito muito além da minha imaginação aquela noite.... Minha fé ainda permanecia resoluta e inabalada, dificilmente algum dia tomaria as mesma ações que minha Senhora, mas enfim eu a compreendia.

As essências daquele mundo que minha existência habitava ardiam em nuances de diferentes vibrações e tons, entre todas as formas eu começava a reconhecer pessoas e sentimentos. Uma agitação. Habitantes deste outro lado me rondavam perturbados, um espectro inquieto que se aproximava de Jack, aquele mesmo que acabou com existência do Nosferatu... Seriam os esquecidos vindo cobrar o preço da mais hedionda transgressão da humanidade? “Não matarás” (Êxodo 20:13). Esse é o mandamento que honra a vida que Deus nos dá. Ele, como o Doador da existência, afirma que ninguém tem o direito de destruí-la e esse deverá ser um preço a ser pago por essa violação das leis divinas.

Eu encarava o espectro, observava-o deslizar pelos ares, tentava compreender a motivação, talvez tentar acalma-lo, tentar afagá-lo, este mundo repleto de sentimentos e culpas, talvez essa seria minha sina, vagar como uma esquecida nessa umbra de sentimentos, rogando pelos pecadores, afagando os fracos e redimindo os arrependidos...

Mas não antes de interceder por Carmem, ela ainda acuada e soturna, ou estaria furtiva preparando-se para o tal ataque? Minha convicção de que a paz ainda poderia ser estabelecida motivava minhas ações, Katrina, Jack e os outros atormentavam as tênues linhas que traçavam a paz em nossa Jyhad, Carmem sabia desde de sempre, e eu enfim poderia ajudá-la sem o peso da culpa e da dúvida... Rondaria pelo galpão, sibilava pelos ares e tentava identificar se o ataque Anarquista enfim havia começado... Tentava identificar os oponentes de Carmem, e atormentando-os com vossos próprios pecados .

-Assim como uma esquecida... eles se relembrarão de mim.


[Algumas possíveis ações:]
Spoiler:
1- Caso o espectro demonstre alguma ira ou alguma intenção de agredir o Jack, e eu não identifique mais ninguém por ali, eu usarei demencia 1 e aumentarei o sentimento do espectro.  -Seu O Julgamento será nesse mundo.
2- Caso identifique algum  membro anarquista, usarei demência 2, vislumbrando-o com as assombrações de vossos atos hediondos -Que vossa transgressão, possa lhe trazer paz!
3- Caso eu visualize mais de um membro anarquista agrupados, gastarei um FV para revelar minha existência fantasmagórica, enfim começarei uma reza, em voz alta, para purificar tanta maldade que eles trouxeram para nosso mundo, Rezarei em volta alta utilizando Demencia 4   -PAI NOSSO QUE ESTAIS NO CÉU, SANTIFICADO SEJA VOSSO NOME.....

_________________
FalasPensamentos[Offs/Testes]

"-A verdade está aí dentro...
avatar
Guidim

Data de inscrição : 31/08/2010
Idade : 29
Localização : Diadema

http://www.twitter.com/fe_orlando

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras! FINAL!

Mensagem por Crowley em Sex Jun 15, 2018 1:54 pm

Antony descia a colina em direção ao seu carro, precisava se alimentar, estar pronto para o que estava por vir, não poderia falhar já que isso  custaria sua não vida. Mediante a isso sabia também que não poderia demora caso contrário ficaria de fora de algo que poderia lher render alguns títulos e glória…

“ Nossa, como a noite está bela!
Aqui no alto dessa colina pode ser ter uma vista memorável, ainda mais com essa noite maravilhosa banhada com esse luar…”

O sombrio contemplava a noite com o belo luar que lhe acompanhava, não teve tempo para notar tal coisa, não houve de tempo para fazer muitas coisas e logo seu algoz estaria presente como em todos  fim de noite, e é realmente esse o único inimigo de todos, ele o sol.
“ Tenho que me apressar!
Não posso perder tempo, tenho que arrumar um jeito de conseguir uma rápida refeição”

Antony, dava pressão em si mesmo, a missão foi concluído mas a batalha ainda não estava vencida e a guerra longe do fim.
“ Lembro de ter passado por um posto de gasolina e logo em seguida uns casebres abandonado,aí está os locais de caça, poderia encontrar mais que alimentos na quele posto, quem saber comprar umas roupas novas e até um banho. ”

O sombrio traçava um plano em mente, então ele entrar em seu carro e segui rumo ao posto, mas ele tenta algo fora dos planos, não queria ir muito longe, andava pelo acostamento devagar a procura de uma vítima solitário, caso encontrasse iria pedir uma informação, quando a vítima se aproximasse o suficiente iria usar seus tentáculos para Puxa para dentro do carro enquanto usava jogos das sombras nível 1 para deixar o local mais escuro sua quanto jogava mais para dentro da calçada e se alimentava ali mesmo. Por final não beberia todo o sangue, deixando o mínimo em seu corpo e com tentaculo iria quebras suas ossos e jogaria para o canteiro parecendo que tinha sido atropelada.

“ Caso não consiga, então vou um pouco mais afrente, irei  parar o veículo no acostamento perto dos casebres quais tinha visto antes, ligaria o alerta e retirava as chaves e levantava o capuz do carro, jogaria alguns galos  metros antes para sinalizar, fazia um rápido reconhecimento no local, quem sabe por ali não tivesse o alimento que procurava, então assim que passasse um carro solitário faria sinal pedindo ajuda, iria me próxima pela para falar algo mas assim que  o visse que a vítima estivesse sozinho iria fazer meus tentaculos invadir o carro, imobilizando o mesmo para que não fugisse e em seguida iria me alimentar.
Bom, tavez aasim seja mais rápido, isso se tiver alguem por aqui, mas caso não tenha vou continuar o que tinha em mente”


Então após se alimentar ele retorna até seus comparsas e sua mentora. No caminho ele já vai ligando para Lucy, assim caso já tenham definidos as ações iria se atualizar com ela  para alcançar o comboio da morte iria direto ao destinato indicado.
avatar
Crowley

Data de inscrição : 02/12/2010
Idade : 27
Localização : Rio de janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras! FINAL!

Mensagem por HaSSaM em Sex Jun 15, 2018 5:35 pm

Stanislav

O tremere sentia o sangue em seu corpo esquentando, suas veias dilatando, cada célula se agitando uma nas outras dentro de seu organismo morto.  Aquilo formigava. O corpo do imortal se transformava num borrão, um vulto na noite. Sua mão deixava o espelho, era como se tirasse a mão de dentro de uma placenta ensanguentada. Liberdade. O espelho cai no chão e se espatifa em milhões de pedaços. O dedo no gatilho acionava a arma, as balas voavam pelo ar e acertam o vento. Segundos preciosos até que o homem de Black Power pudesse se dar conta de que Stanis já não estava mais ali, segundos valioso. Tempo que determinaria sua vida ou sua nova morte. O dedo do tremere toca a roupa do homem, seus lábios sussurram o nome de uma das mais mortíferas disciplinas ensinadas entre as quatro paredes da capela, magia arcaica, quantos já não tinham sucumbido diante daquele poder? Aquele a sua frente não seria um deles aquela noite. Por mais que o sangue ferva como acido ou larva, o encanto surgia pouco efeito. O que estava acontecendo com Stanis aquela noite?

Os olhos do imortal se perdem nos cacos de vidros, eles brilhavam misticamente num verde florescente, mãos e garras surgem dali de dentro, arranham o chão, uma face obscurecida pelas trevas erguia-se de dentro do portal, com ele, vinha aquele sentimento de ódio, quase palpável; Sofrimento e angustia. Parecia que as sombras se aglomeravam em sua face, e por mais que o imortal não pudesse vislumbrar o rosto daquela coisa, daquele ser , mesmo assim, Stanis sabia para onde a criatura estava mirando seu olhar, e sabia o que ela queria... E era sua alma amaldiçoada. Os piores pesadelos de Stanis se tornavam reais aquela noite. A figura humanoide brotava do abismo ou da Umbra para o plano físico. Sem ajuda, sem auxilio, ou teria Stanis sido descuidado. Merda. Estava ainda no inicio de seus estudos. Poucas coisas lhe foram reveladas. O que teria dado errado?

Gradualmente, a fúria do tremere aumente. Aquele ser primitivo e maléfico surgia das sombras de seu inconsciente. A besta em seu intimo urra pela frustração da noite. Ela ganha espaço paulatinamente. Segundo a segundo, seu corpo move-se por conta própria. Sua visão era obscurecida junto a seus sentidos. E seu peito era inundado por aquele sentimento de ódio, uma fúria avassaladora. Era quase insuportável segurar tanta raiva. Aquele sentimento estava explodindo sua vontade. Não havia porque lutar, a fera a espreita, sempre ganhava no final das contas. O ódio corroía suas forças, consumia sua vontade, esmagava a razão. Não havia como dê-te-la. Não existia controle. A fera era libertada. Stanis saia de cena, e ela surgia em seu esplendor. Alivio. Era como se uma pessoa estivesse mergulhada na água e segurasse o máximo de tempo o ar dentro de seus pulmões, mas chega uma hora que não da mais para segura, e junto do alivio, vinha a dor. A impotência. O desespero. Vislumbres rapidez. Flashs de imagens sem sentidos. Sangue. Ossos se partindo. Os sentimentos se mesclavam com a da besta. Satisfação. Prazer. Ódio. Fúria. Medo.

Um rugido ensandecido ecoa no fundo de sua mente. Stanis compreendia a essência de sua besta. E isso fazia agora parte dele, por toda a eternidade.

INICIATIVA:
Dados:1
MALIKA rolou 1 dado(s) com dificuldade 1 para Iniciativa e obteve 1 sucesso(s)
Dados:7
STANIS rolou 1 dado(s) com dificuldade 1 para Iniciativa e obteve 1 sucesso(s)
Dados:6
JACK rolou 1 dado(s) com dificuldade 1 para Iniciativa e obteve 1 sucesso(s)
Iniciativa:
Malika: 1+ 5 = 6
Stanis: 7+ 8 = 15
Jack: 6+5 = 11
TESTES:
Dados:10, 9, 10, 7, 7, 4, 1, 1
STANIS rolou 8 dado(s) com dificuldade 8 para Caldeirão de sangue e obteve 1 sucesso(s)
Dados:10, 8, 8, 2, 7, 5, 5
MALIKA rolou 7 dado(s) com dificuldade 6 para PAIXÃO e obteve 4 sucesso(s)
Dados:4, 5, 4
STANIS rolou 3 dado(s) com dificuldade 8 para Frenesi e obteve 0 sucesso(s)

[STATUS] Stanis
PDS – 9/14
FDV- 6/8
VTL – 7/7 (Saúde perfeita)
MDF – +2 destreza

_________________
A ressurreição de uma lenda.

avatar
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 26
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras! FINAL!

Mensagem por giulio em Sab Jun 16, 2018 12:23 pm

Finalmente ao que via em sua frente, para o Toreador Matilda havia entendido sobre a importância de encontrar Malika, afinal, ela foi ameaçada pelo demônio que era controlado por Katrina, então talvez A dona do demônio tinha algo por trás de tudo que estava acontecendo na cidade com os anarquistas... Após sua dúvida Giulio da um pequeno sorriso...

"Pensava em não ficar em uma cidade, pois sairia de cidade em cidade por todo o mundo para conhecer os maiores artistas, os melhores pintores, e até mesmo todas as Rosas que pudesse conhecer...talvez esse fosse uma boa forma de ser respeitado em seu clã..." Esses eram os pensamentos do Toreador ...

Logo eles vão adentrando, pouca iluminação, mas com os dons que tinha adquirido ao entrar no submundo dos cainita ele poderia ampliar seus sentidos... Em termo... Soa em sua mente um ponteiro de relógio...

"Que diabos um relógio estaria aqui por trás dessa porta..."

Mas seus pensamentos são interrompidos ao notar que não era apenas um relógio com seu ponteiro, e sim uma bomba...

Giulio sempre se levou priorizando não perder sobre seus sentimentos mortais... E ao ouvir o TIC tac... Suas costas se arrepiam perante toda aquele pensamento... Era medo... "Se fosse mesmo uma bomba, teria explosão, e com a explosão fogo, e adeus a sua não vida" pensava Giulio enquanto sentia o medo correr freneticamente.

"Porque diabos alguém manteria uma bomba aqui embaixo...O que estão planejando com isso?" Giulio tentava entender mais um quebra cabeça aquela noite...

Logo o Toreador era tomado por passos ao se virar... Via junto a Matilda o Líder dos Anarquistas. "Mas que diabos estava fazendo ali o Líder? " Não sabia e via em seu semblante que não obteria uma resposta decente...  Assim que ele diz algo Giulio entra em alerta total para a situação...
Nesse momento Giulio se prepara para o pior que vinha em sua mente... Um combate... Ali mesmo já a espera do pior Giulio utiliza de seu sangue enquanto poe a mão dentro do palitó segurando o cabo da adaga é utiliza de seus dons(presença-transe), para amenizar a situação enquanto cochichava​ para Matilda sem tirar os olhos do Líder...

--Se você for apta a utilizar seu poder de rainha majestosa que és, esse seria uma hora mais que apropriada para isso, pelo menos para que ele não nos ataque em confronto direto...  Dizia o toreador em resposta ao que acabará  e de ouvir e enquanto bombeava seu sangue para fica ainda mais ágil (2 PdS para destreza e 1 Rapidez) pois caso ele atacasse os Degenerados Giulio poderia se esquivar, ao mesmo tempo que utiliza de seu dom com uma voz doce (presença - transe +1Forca de vontade para garantir sucesso)...

-- Jack, Jack, Jack... Não sabemos dos seus desejos mais profundos... E por isso não pretendemos maldizer... O Toreador dizia apenas para amenizar a situação, sabia que um ataque de um Líder anarquista não seria uma boa opção, e sabia que ele não iria esitar em fazê-lo... Aquele sangue poderia ser em alguns casos de alguma vítima sua ...


Última edição por giulio em Sab Jun 16, 2018 3:51 pm, editado 1 vez(es) (Razão : Correção)
avatar
giulio

Data de inscrição : 24/11/2011
Idade : 28
Localização : PB-JP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras! FINAL!

Mensagem por @nonimous em Dom Jun 17, 2018 6:54 pm

Existe algo de errado, o que poderia ter dado errado? Essa pergunta ecoa nos recantos ainda sóbrios de minha mente imortal, eu me desvencilhei das munições, surpreendi meu atacante, um belo exemplar negro. Mas o espectro perseguidor demostrou uma nova arma, suas ilusões causam um efeito mais profundo, remexendo com minha cabeça, e claro, isso é um passo dado para a danação.
Meu toque deveria fulminar ele, mas apenas o irrita, talvez o assusta, não sei, eu nunca tinha sido algo do Caldeirão de sangue, mas imagino que deveria variar entre formigamento e uma ardência infernal, seja como for, parece que não me concentrei o suficiente.
Deus não joga dados e eu não acredito m coincidências.
Havia um jogador experiente por trás disso,  o belo exemplar crioulo era apenas uma peça, nenhum movimento era dado de cara limpa, mãos abertas, tudo era  plano e mentira, uma verdade e diversas mentiras.

Mas as coisas saem de controle, sinto uma fúria me dilacerar por dentro, toda a raiva e paixão me queimam internamente, minha alma é regueirada, e eu sou lançado no abismo, a besta vence essa primeira batalha.

Eu não sinto nada, apenas paz, sinto que alguém assumiu o controle, é tudo muito escuro e sereno, toda aquela fúria assassina parece ter obliterado minha razão e controle.

Externamente é uma parte de mim, um monstro em fúria assassina, internamente eu luto contra ela, minha experiência me diz que devo um monstro para um monstro não me tornar, mas aquilo era diferente, para alguns ceder a besta em campo de batalha era sinal de orgulho e vantagem, para mim, um amante do controle e amigo da escuridão, era um problema.

Então eu ainda ardendo em fúria, preso ao pior que havia em mim, tento recobrar o controle, a culpa rasga minha auto confiança, a loucura dirigi aquela situação como um diretor psicótico, e eu assisto envergonhado aquele show de horror.

Me concentro.

E clamo um mantra.

Eu Sou melhor que o monstro que habita em mim
Eu Sou melhor que o monstro que habita em mim
Eu Sou melhor que o monstro que habita em mim
Eu Sou melhor que o monstro que habita em mim
Eu Sou melhor que o monstro que habita em mim
Eu Sou melhor que o monstro que habita em mim

Gasto de Força de vontade:
Gasto um ponto de força de vontade para suprir minha raiva, nesse interín tento um novo teste de auto controle para recobrar nem que seja parcialmente minha consciência

_________________
Status 01 Ancillae em ascensão
Líder Nato


" Seu tolo, entregou sua lealdade para mestres profanos, agora sinta a dor da traição, não precisar implorar por perdão, eu sou o arauto da morte, nosso clã já te julgou culpado, e pouco me importo, tudo o que sei é que você é uma ameaça, e será expurgada da pirâmide."
avatar
@nonimous

Data de inscrição : 01/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras! FINAL!

Mensagem por HaSSaM em Seg Jun 18, 2018 3:56 pm

MALIKA

A aparição de Malika deixava sua essência vagar pelos quatro cantos daquele grande Galpão, por meio as brechas de engrenagens, maquinações enferrujadas e velhas estruturas em aço, a vampira conseguia identificar todos os membros que estavam participando da tortura do Malkaviano horas atrás, a mando de Carmen. Um a um, ela ia encontrando. Carmen, Ruiz, Spike, Jack com o Espectro, Primogenie caído em meio as sombras com uma estaca de madeira decorando suas vestimentas chamuscadas. Todos habilmente escondidos na escuridão. Sem rastros dos anarquistas, Malika focava seus olhos e se concentrava no espirito vingativo, nos seus sentimentos, nas suas emoções, e então, a elevava. Em todo seu esplendor. Ele teria sua vingança. E seria essa noite.

O espirito angustiado desaparece de suas vistas deixando que um objeto de vidro se espatifasse no chão, e reaparecendo segundos depois atrás de Jack que grita em agonia em plenos pulmões, girando o pescoço para trás, colocando os olhos no espectro, sua cor ébano parecia se empalidecer ainda mais. Medo do que via, caninos expostos. Grunhidos constantes emitidos do fundo de sua garganta. Como uma fera. Olhos bestiais em um tom amarelo-avermelhados que se destacavam em meio a escuridão do local. Era como brasas do inferno. Era a personificação do próprio mal encarnado.  O espectro era tomado por uma imensa cólera. Malika já havia assistido isso outras vezes. A besta emitia um violento rugido ensandecido. Suas pernas flexionam. Seu corpo cai sobre Jack que não apresenta nenhuma reação. Ossos estalam. Garganta dilacerada. Sangue. Gritos. Malika percebia agora nas trevas que já não estava mais na frente de um fantasma e sim de um vampiro. Teria seus olhos lhe enganado?

_________________
A ressurreição de uma lenda.

avatar
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 26
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras! FINAL!

Mensagem por Guidim em Qui Jun 21, 2018 10:55 am

Minha existência naquele mundo auspicioso era registrada pela minha mácula delgada e abstrata, sabia ao fundo que poderia alterar o curso que Deus nos proporcionava, mas aquele curso não era coisa de Deus, o membros moldaram a Jyhad para vossos próprios anseios, dobrando o destino e curvando a história a seu favor, não importando-se com os demais... A avareza que regia as ações desses seres das sombras não tardaria a cobrar seu preço... eu eu seria a espectadora percussora desses algozes, um breve sussurrar da vontade de Deus, presa entre os mundos, mas iluminada pela verdade.

O Espectro cobrava os atos de Jack, eu sorria, a justiça havia pairado, Deus diz claramente na Bíblia que homicídio é pecado (Êxodo 20:13). A vida é algo precioso, um dom dado por Deus. Além disso, como o homem e a mulher foram criados à imagem de Deus (Gênesis 1:26-27), assassinato é uma ofensa não só à pessoa assassinada, mas também ao Deus que a criou.

No entanto, Deus perdoa todos os pecados daqueles que se arrependem e colocam sua fé em Seu Filho, Jesus Cristo. Se arrepender significa reconhecer o pecado e decidir mudar.  Jack já havia tido oportunidade de se redimir, e não o fez... infelizmente.

Observava o espectro vingativo, tomado pela intensidade de suas vibrações aos poucos reconhecia a natureza de seus nunance, como se uma metamorfose lhe transmutasse de algo singelo e abstrato na personificação da nossa maldição vampírica, era como se a alma de Jack alimenta-se um espectro vingativo lhe fornecendo o dom da imortalidade novamente. "Será que funcionaria comigo? Poderia eu, reivindicar uma nova besta para hospedar minha alma maculada?"

Logo abandonava esse pensamento, pensamentos assim poderiam nos levar aos mais obscuros lados de nossa existência maldita, suspirava dentre as nuances daquele mundo mais uma vez, na plenitude do meu lampejo de existência e partia ao encontro de Katrina... minha sentença havia sido deferida , e mais uma vez aceitarei o plano de Deus, enfrentarei meu Destino.

Presa entre anarquistas, camarilla, Katrina e Carmem... eu vagava, certa de que em algum lugar meu corpo ainda sofria as transgressões por ser iluminada pela verdade...

_________________
FalasPensamentos[Offs/Testes]

"-A verdade está aí dentro...
avatar
Guidim

Data de inscrição : 31/08/2010
Idade : 29
Localização : Diadema

http://www.twitter.com/fe_orlando

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras! FINAL!

Mensagem por HaSSaM em Sab Jun 23, 2018 7:18 am

Crowley
off: Devido a falhar ao abrir o rolador de dados anterior, foi pelo Elisium mesmo Off:

A brisa fria resvala em seu rosto. As nuvens davam lugar ao Céu estrelado, de um azul claro de uma madrugada agradável. Calma. Tranquila demais para os perigos que se escondiam em cada esquina, no caso ali, em cada pedaço de sombra. Crowley entrava em seu carro, dava partida, e descia a encosta para a estrada a sua frente. Conseguia ver alguns veículos, caminhões e carros atravessando as cidades. Seus olhos de caçador não viam nenhuma outra presa, teria que parar um daqueles automóveis e se alimentar. Não queria ir até o posto, era longe demais, tempo demais desperdiçado banalmente, sendo que poderia já estar esmagando o cranio de algum parasita da camarilla. Ele encostava seu carro, descia e fazia alguns preparativos para tentar passar a impressão de que estaria com problemas. Olhava ao redor. Conseguia ver algumas fazendas distantes. Algumas cadas com jardim grande na frente. Alguns trailer espalhados pelo lugar remoto. Começava os preparativos, como um caçador organizando uma armadilha para capturar alguma alma altruísta que quisesse lhe ajudar.

Alguns minutos se passam. Crowley permanecia na estrada. Mão levantada. Aparatos jogados na estrada. Capô do carro levantado. Roupas sujas e rasgadas. Até que poderia muito bem se passar por uma vitima de algum acidente. Mas por mais convincente que tudo estivesse, nenhum carro ou veiculo parava para o guardião. Alguns ele poderia jurar que aumentavam a velocidade. O guardião entrava no carro e seguia em frente, rumo ao posto. O lugar estava deserto. Uma bomba de gasolina, um estabelecimento vendendo todo tipo de produtos para viajantes cansados. Crowley entrava no lugar. Um garoto de uns 25 anos, ainda com espinhas e preguiçoso atrás do balcão lento algum tipo de revista, ele não fala nada, apenas olha por cima da revista por breve segundos antes de voltar a ler.

Spoiler:
Crowley rolou 4 dados de 10 lados com dificuldade 8 para caçar que resultou 7, 7, 9, 1 - Total: 0 Sucessos

_________________
A ressurreição de uma lenda.

avatar
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 26
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras! FINAL!

Mensagem por HaSSaM em Sab Jun 23, 2018 5:28 pm

GIULIO

Perigo! Os sentidos de Giulio lhe alertava para o equipamento explosivo que estava atrás daquela porta de madeira, mas não era isso que lhe incomodava no momento, mesmo que aquela sensação primitiva lhe subisse a espinha, congelasse seus sentidos, tinha outra coisa que lhe causava mais medo. Estava a pouco passos de distancia e representava um perigo ainda mais real. Jack Keller.  Um brujah poderoso. Um líder temido. Um Anarquista propenso a ataques de fúria e inimigo declarado do príncipe.  O que tal personagem daquela orquestra demoníaca estava fazendo ali aquela noite? Aquela era a pergunta mais importante no momento, onde esta Malika?  Era uma indagação do passado, naquele momento, Giulio estava mais preocupado com o próprio rabo para dar importância para outros membros. Teria Matilda capacidade de deter aquele membro? Seria muito improvável, nas entrelinhas, Giulio dava algumas dicas tentando deter Jack.

- Não fale besteira - Ela sussurra.

Giulio deixava que sua vitae aprimora-se seus reflexos. Se preparando assim para um possível combate. Mas aquilo era um plano B, o plano A era dialogar, talvez, como Frank, Jack tenha seus pequena fraqueza. Os encantos de Giulio fluem por seu corpo. E suas palavras emergem de seus lábios ao mesmo tempo em que percebe Matilda dando um passo para trás. Deixando que Giulio cuidasse da situação sozinho, como homem protegendo sua donzela.

- Pior do que já falam? - Pergunta Jack serio

3 Portas atrás do imortal. Corredor de aproximadamente 2 metros de largura. Seria impossível sair dali sem passar pelo Brujah que se aproximava lentamente, passos vagarosos, como um caçador espreitando sua presa, pronto para atacar. A lamina girava em seus dedos. Seus olhar de assassino fitavam os olhos de Giulio. Mas nada acontece. Se queria ganhar tempo, Giulio havia sido bem sucedido, mas por quanto tempo? A noite avança, e as coisas ficam cada vez mais complicadas.

Spoiler:
Giulio rolou 7 dados de 10 lados com dificuldade 7 para transe que resultou 10, 1, 1, 7, 9, 9, 5 - Total: 2 Sucessos

[STATUS]
PDS – 11/15
FDV- 6/7
VTL – 7/7 (Saúde perfeita)
MDF – +2 destreza - Rapidez

_________________
A ressurreição de uma lenda.

avatar
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 26
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras! FINAL!

Mensagem por HaSSaM em Dom Jun 24, 2018 9:54 pm

Stanislav

Uma verdade, mas qual seria ela entre as diversas mentiras daquela noite? Stanis estava no escuro. Literalmente.Tinha olhos, mas não enxergava, tinha forças, mas não se movia. Nas brumas longínquas de seu inconsciente, o tremere percebia que algo em seus planos havia dado errado, mas onde havia falhado? Estava tudo programatizado, talvez tenha agido impetuosamente entrando daquela maneira ali dentro sem saber ao certo o que o aguardava. Talvez o espirito ancestral tivesse sua parcela de culpa. Seja o que for, stanis não estava no controle naquele momento e isso era degradante. Repugnante. Imagens borradas invadem sua mente, O criolo berrante em agonia, unhas dilacerando, carne sendo rasgada, sangue, alimento. Era um pesadelo que não podia mais acordar. Mas Stanislav Nottingham não era de desistir. Seria ele mais forte ou melhor do que o monstro que habita nele? Ele entoava um mantra, tentando se convencer disso. Utilizando de toda sua força.

Seus sentimentos se mesclam com algo verdadeiramente desprezível. Animalesco. Bestial. Seus olhos, já abertos, se abrem ao imortal. Músculos enrijecido pelo ódio, pela fúria, um rugido bestial preso no fundo da garganta como um nó sendo libertado aos poucos em grunhidos inaudíveis, uma luta interna era travada, e Stanislav conseguia o controle momentaneamente numa revanche avassaladora, seus caninos expostos como uma fera selvagem, primitiva, liquido pingando de seus lábios com gosto peculiar... Sangue. Vida. O pensamento de se alimentar era forte demais, mas sabia que não era seus desejos. Confusão. A besta priorizava as necessidades mais básicas do vampiro. Por entre os fios de seus cabelos jogados na face, o tremere conseguia ver suas mãos manchadas de sangue. Sua vitima em seus braços estraçalhada agonizando sem metade da jugular.  

No controle. Finalmente. Seus olhos capturam um vulto na escuridão. Algo veloz se aproximava das sombras mais densas, veloz demais para deter o ataque. Os punhos cerrados acertam a face do tremere sem nenhum pudor, sem culpa, sem lhe dar nenhuma chance. O maxilar sentia o impacto, o rosto era empurrado para o lado. O sangue que surgia na boca não era de sua vitima, era o seu proprio, sua face voltava para fitar seu oponente, mas já não era o tremere que estava no comando, aquele ser maligno tomava a razão, deixando o tremere fora de cena. Aquele corpo já não lhe pertencia. Não era pelo golpe, era pela ousadia. Tolice! Seu rival Tinha cabelos longos, chegando nos ombros, como o de Stanis. Expressões fortes. Características mais rusticas. Traços mexicano. E nas mãos, uma estaca afiada para acalmar a fera.

No outro extremo, surgia mais um vulto, algo se aproximava lentamente. Claramente o caçador se tornou a caça. De um momento para outro Stanis se colocou do lado errado da cadeia alimentar. O mexicano avança novamente, sem medo, pronto para lidar com as consequências.

Off: Pode interpretar seu frenesi.  
TESTES :
Stanis rolou 3 dados de 10 lados com dificuldade 9 para frenesi que resultou 1, 4, 5 - Total: -1 Sucessos
*** rolou 7 dados de 10 lados com dificuldade 6 para ataque que resultou 5, 5, 5, 1, 9, 10, 8 - Total: 2 Sucessos
*** rolou 3 dados de 10 lados com dificuldade 6 para dano que resultou 2, 2, 2 - Total: 0 Sucessos
Stanis rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para vigor que resultou 1, 1, 7, 8, 10 - Total: 1 Sucessos
Dano: 2

[STATUS] Stanis
PDS – 9/14
FDV- 5/8
VTL – 5/7 (machucado) -1
MDF – +2 destreza

_________________
A ressurreição de uma lenda.

avatar
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 26
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras! FINAL!

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 5 de 9 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum